Royale With Cheese

 Royale With Cheese

 
 



terça-feira, agosto 31, 2010  

HAWAI AZUL:

Titulo: Blue Hawaii
Realizador: Norman Taurog
Ano: 1961


Aqui há uns tempos escrevi um especial do Elvis, com cinco filme do Rei, e esqueci-me alarvemente de Hawai Azul. É quase imperdoável deixar passar aquele que foi o seu maior sucesso de bilheteira, mas tenho duas justificações que me perdoam esse lapso: primeiro, porque esse filme não vinha na box que comprei na FNAC; e segundo, porque falar de Hawai Azul ou de Paraíso Havaiano, Lindas Encrencas, As Garotas ou outro filme qualquer do Elvis é a mesma coisa, uma vez que eles são todos iguais. Quem vê um vê todos!

Mas mesmo assim, vale a pena mencionar Hawai Azul à parte porque foi aquele que mais gente levou às salas de cinema. As razões podem ser duas: o facto de ser ambientado no Hawai, num filme-propaganda turística à ilha paradisíaca como haviam uns quantos na altura (Amor Havaiano, com Bing Crosby, por exemplo, que é o autor do tema que dá nome a este Elvis flick), um ambiente exótico e atraente; ou o simples facto de Elvis andar de tronco nu. O que é certo é que a junção dessas e outras tantas contignências resultaram numa banda-sonora que se tornou num dos discos de maior sucesso do Rei, com o super-clássico Can't help falling in love with you, a versão de Blue Hawai ou do clássico hawaiano Aloha Oe ou algumas patetadas como Ku-u-i-Po ou Ito Eats.

Enfim, até para um filme do Elvis há cantoria a mais... No entanto, não deixa de ser curioso a opção de manter no alinhamento alguns temas tradicionais da ilha, transformando Hawai Azul no primeiro exemplo de world music, uma década antes de ter sido criado esse conceito, para catalogar o álbum Brian Jones Presents The Pipes of Pan At Jajouka, em que o fundador dos Rolling Stones descobriu e gravou a secular banda da aldeia marroquina de Jajouka.

Outra curiosidade de Hawai Azul é a forma como a história reflecte um pouco a vida e a carreira de Elvis Presley. Tal como na vida real, o Elvis do filme é um jovem que regressa da tropa para um destino há muito traçado para si, mas por terceiros. Só que enquanto na vida real esse fado era delineado pelo Coronel Tom Parker, o infame manager que geriu a sua carreira influenciado por obscuros motivos, em Hawai Azul são os seus pais (a mãe é Angela Lansbury, de Crime, Disse Ela, que já na altura era velha) que têm o seu futuro planeado: ser vice-presidente da empresa de ananases da família. Claro que o Rei prefere outra vida, próxima da sua namorada hawaiana (Joan Blackman) e dos seus amigos na praia, surfando e tocando guitarra. A diferença entre o filme e a vida real é que aqui Elvis Presley dá a volta por cima.

Hawai Azul é então uma sucessão de episódios mais ou menos desmiolados, que acabam invariavelmente com uma cantilena ou com uma piadola acompanhada por uma careta (Os Trapalhões a fazer escola) e que fazem rir de tão ingénuos. E, no final, Elvis dá uns açoites no rabo de uma adolescente reguila, tornando-a melhor pessoa e menos refilona. Porque levar palmadas do Rei é outra coisa! Só essa cena (reproduzida imediatamente em baixo) e a banda-sonora valem um Happy Meal.

Posted by: dermot @ 11:37 da manhã
|  




quarta-feira, agosto 25, 2010  

ATTACK OF THE 50 FOOT WOMAN:

Título: Attack Of The 50 Foot Woman
Realizador: Nathan Juran
Ano: 1958


Durante o período clássico de Hollywood, a ficção-científica foi vista como um género menor. Basicamente, servia apenas para agradar a uma minoria de geeks ou servia de alegoria para que alguns malucos passagem as suas mensagens de forma mascarada. É neste contexto que surge Attack Of The 50 Foot Woman, filme de culto da ficção-científica, mas no mesmo sentido dos filmes de Ed Wood: tão mau que se torna mau.

Por alguma razão obscura, os produtores de Attack Of The 50 Foot Woman decidiram apostar forte e feio na promoção do filme, quando este tinha sido feito apenas com meia-dúzia de miseráveis tostões e quando o próprio realizador recusava admitir que tinha sido ele o autor de tamanha peça. Não faço ideia o que lhes terá impressionado assim tanto. Terão sido os efeitos-especiais percursores dos home videos do Rei dos Gnomos? Terá sido a mulher-gigante que, de cena para cena, aumenta de tamanho consoante a distância a que está da câmara? Ou terá sido a inconsistência narrativa, em que automóveis mudam de modelo assim que os gigantes pegam neles?

Enfim, como qualquer b-movie, Attack Of The 50 Foot Woman não tem propriamente um argumento e começa direito ao assunto e logo com uma tipa a gritar desalmadamente (selo de qualidade de qualquer filme de segunda categoria). Temos então uma nave espacial a aterrar na Terra e lá dentro vem um gigante que, por qualquer razão, rouba diamantes como se não houvesse amanhã e que, por obra do acaso, arranha o pescoço de Allison Hayes. Também não se sabe porquê, mas a partir daí Allison Hayes começa a transformar-se numa gigantone destruidora, aproveitando o tamanho para ir perseguir o marido, que a trai à bruta com uma flausina qualquer.

O verdadeiro interesse de Attack Of The 50 Foot Woman é mesmo pôr a escultural Allison Hayes em trajes reduzidos, enquanto faz uns disparates sem sentido, antecipando a exploitation em década e meia. Mas de forma subversiva, Nathan Juran acaba por fabricar um panfleto feminista, com uma mulher que se emancipa cotnra os cornos que o marido lhe põe.

Attack Of The 50 Foot Woman é uma piada de filme, um clássico com apenas uma hora de duração e que, mesmo assim, ainda teve direito a um remake pior. E deve ser o único caso da história do cinema em que o cartaz é melhor que o próprio filme. Só por isso vale o Cheeseburger.

Posted by: dermot @ 9:07 da manhã
|  


 

A ORIGEM:

Título: Inception
Realizador: Cristopher Nolan
Ano: 2010


Consta por aí, em vários arraiais da internet, que a estória de A Origem foi roubada de um livro do Patinhas. Das duas uma, ou foi ou não foi. Mas as conslusões a que chego são: Cristophr Nolan é um realizador tão bom que até consegue fazer um grande filme a partir de uma máquina inventada pelo professor Pardal; e, ao contrário do que a minha mãe dizia, os livros da Disney que eu teimava em ler quando era gaiato não eram tão disparatados quanto isso.

A Origem é um thriller sci-fi que, apesar de parecer um simples blockbuster de verão, é muito mais que isso. Até porque os blockbusters de verão costumam ser mais acessíveis. Mindblowing movies não costumam atrair as massas... A culpa de parecer o típico filme de silly season começa logo pelo elenco de luxo, cheio de nomeados e vencedores de Oscares e liderado por um Leonardo Di Caprio cada vez mais feito actor, continua pelo orçamento de milhões e termina no aparente heist movie de tiros e explosões que a trailer oferece.

De forma simples, A Origem é assim: Di Caprio é um ladrão a soldo, especialista em roubar... sonhos. Há uma máquina que permite entrar na mente humana e, com uma equipa cheia de especialistas - um Arquitecto, um Químico e uma mão cheia de outros profissionais designados assim mesmo, com letra maiúscula, que parece que estamos a jogar Dungeons & Dragons -, é possível andar no subconsciente e descobrir coisas. E se dentro de um sonho criarem outro sonho, a coisa torna-se mais convicente. Mas o perigo aumenta exponecialmente, claro.

Ora então, à superfície A Origem é um heist movie e um thriller corporativista cheio de hi-tech e tecnocratas, mas no fundo é muito mais amplo, proque Nolan aproveita o formato blockbuster para construir um filme cheio das suas marcas: a manipulação temporal (olá Memento), a atmosfera clsutrofóbica (olá Insónia) e o filme de acção sério e adulto (olá Cavaleiro Das Trevas). E até no elenco encontramos habitués seus, como Cillian Murphy que volta a passar o filme com um saco na cabeça.

Como se isto não bastasse, A Origem é um filme intrigante, que pode segundas visualizações, mas também inovador. Ou seja, A Origem é o novo Matrix: não tem as cenas de acção tão vertiginosas, apesar de belas cenas em slow motion hd e uma inesquecível sequência em gravidade zero, mas tem o mesmo ambiente distópico, surreal e supratecnológico. E Nolan faz valer a sua faceta de esteta, marcando o filme visualmente sem ter que recorrer à parafernália visual do cgi.

No final, Cristopher Nolan deixa-nos ainda um intrigante fim em aberto, que faz lembrar o de Blade Runner - Perigo Iminente, oresta homenagem à prestação de Marion Cotillard enquanto Edith Piaff, ao colocar Non, Je Ne Regrette Rien como elemento de destaque da arratuva e dá visibilidade comecial a um dos melhores jovens actores da actualidade, Joseph-Gordon Levitt (para quem duvida, espreite Mysterious Skin). A Origem é um clássico instantâneo e um Le Bic Mac daqueles que vai dar muito que falar na história da ficção-científica e em que geeks demasiado desocupados vão criar clubes de discussão intermináveis na internet.

Posted by: dermot @ 9:04 da manhã
|  




segunda-feira, agosto 23, 2010  

OS MERCENÁRIOS:

Título: The Expendables
Realizador: Sylvester Stallone
Ano: 2010


Os Mercenários é o sonho húmido de qualquer cinéfilo de verdade: o filme de acção que junta os maiores brutamontes da sétima arte. Quem é que não passou os anos 90 a ansiar por ver Sylvester Stallone, Arnold Schwarzenegger e Bruce Willis reunidos no mesmo sítio que não fosse um Planet Hollywood, amaldiçoando os produtores de Hollywood pela falta de visão estratégica? O curioso é este filme surgir quando já ninguém esperava: Stallone é já um sexagenário, Schwarzenegger é governador da Califórnia e Willis, bem... Willis tem outro nível.

Mas Os Mercenários tem a visão mais ampla do que reunir apenas estes três dinossauros do cinema de acção. Até porque Arnie e Willis aparecem apenas num cameo, metade brincadeira de amigos, metade referêcia de cultura pop para emoldurar para a posterioridade. Em Os Mercenários, Stallone - realizador e impulsionador do filme - teve a ideia de reunir o leque certo de action heroes de ontem e de hoje. Do passado trouxe ainda Mickey Rourke e um muito acabado Dolph Lundgren, e do presente reuniu Jason Statham e Jet Li. Os bónus são Steve Austin e Randy Couture, da WWE e UFC respectivamene, e o ex-hóquista Terry Crews.

Portanto, Os Mercenários não engana ninguém e quem o vai ver à espera de outra cosia é porque é parvo. Temos uma equipa de cinco rambos e um deles sabe kung fu. E se um rambo causa muita destruição, imaginem uma mão cheia deles. A história é então um misto de homens a lutar com facas e corpo-a-corpo, a matarem-se ao tiro e a a provocarem explosões. Muitas explosões.

Por entre tanta testosterona, one-liners espirituosas e piadas machistas, há ainda um pseudo-argumento, simples, conciso e straight-to-the-point: uma ilha qualquer que não é mais do que o Brasil, um ditador-fantoche controlado pela CIA baseado livremente em Bolivar e os Mercenários a serem contratados para o limpar. Paralelamente a isto, há ainda uma história de amor associada a Statham e outra a Stallone, com a tipa das novelas, Giselle Itié, mas que, acreditem, não serve mesmo para nada, nem sequer para mostrar pele.

Vamos então ao que realmente intetressa em Os Mercenários: Jet li luta contra Dolph Lundgren e, mesmo acabado para a vida, Lundgren ganha. Só é pena o filme sofrer do síndrome MTV e a edição da luta ser algo confusa e epiléptica. Infelizmente, fica a faltar o rematch entre Rocky e Drago. Couture e Austin também se engalinham e o primeiro sai por cima. Stallone e Statham são os principais e o primeiro faz questão de passar ao segundo o testemunho da sua própria sucessão.

Os Mercenários é um McChicken desmiolado, mas não conseguimos evitar de nos sentirmos mais preenhidos depois de o vermos. E como ao que tudo indica vai haver ums sequela, resta-nos sugerir mais nomes para o próximo filme. Eis as minhas sugestões: Wesley Snipes, Bolo Yeung e, claro, Chuck Norris. Steven Seagul não, porque já vai aparecer no Machete.

Posted by: dermot @ 4:08 da tarde
|  




quarta-feira, agosto 11, 2010  

TERROR NA AUTO-ESTRADA:

Título: The Hitcher
Realizador: Robert Harmon
Ano: 1986


A minha avó sempre me avisou para não dar boleia a estranhos. Normalmente, dizia ela, quem anda de dedo espetado à beira da estrada quer é levar-nos para um sítio escuro e violar-nos no rabo. Eu sempre segui escrupulosamente esse conselho, mas C. Thomas "Punyboy" Howell aprendeu-o da pior forma, ao dar boleia a um misterioso Rutger Hauer.

C. Thomas Howell só queria companhia para não se deixar de dormir enquanto atravessava o deserto norte-americano para ir entregar um carro no outro extremo do estado. Mas Hauer tinha outros planos: cortar-lhe as pernas, os braços e a cabeça. Por isso, vai serpsegui-lo de forma cruél, implacável e perturbadora.

Toda a gente coloca o rótulo de thriller em Terror Na Auto-estrada, mas na verdade este é um filme de monstros. Aliás, até há muitas semelhanças entre este e Jeepers Creepers (jovens a serem perseguidos por um monstro carniceiro ao longo da auto-estrada, anyone?). A diferença é que o monstro de Terror Na Auto-estrada é humano. Mas a forma como aparece e desaparece sem ninguém dar por ele, a capacidade quase sobre-humana de escapar e massacrar a polícia e a forma serena de como persegue as suas vítimas, que por mais que corram têm-no sempre no encalço (Jason Voorhees a fazer escola) não enganam ninguém: Terror Na Auto-estrada é um filme de monstros.

O vilão criado por Rutger Hauer é mesmo o mais impressionante do filme. Talvez ainda inspirado pela impessoabilidade do seu ciborgue em Blade Runner - Perigo Iminente, Hauer faz de serial killer implacável e sangrento, cuja aura misteriosa em seu redor (não tem identificação, cadastro e ninguém sabe quem é - rima com o carácter simbólico do espaço onde se desenrola o filme: o incaracterístico deserto norte-americano, um não-lugar trespassado pela mítica route 66, metáfora intemporal da viagem, da mudança e do rumo ao desconhecido.

Terror Na Auto-estrada é ainda um filme de grande economia de meios (forma simpática de dizer que teve um orçamento baixo) que, aliado ao thriller psicológico e ao ambiente meio minimalista, faz lembrar outro filme do género: o primeiro Exterminador Implacável. Apesar de só ter tido este one hit wonder, o realizador Robert Harmon tira ainda meia-dúzia de coelhos da cartola (como a cena em que C. Thomas Howell encontra um dedo nas batatas-fritas do seu hamburga), sempre a preferir a sugestão ao grafismo extremo e com um tom negro pouco habitual nos anos 80.

Em última instância, Terror Na Auto-estrada ainda ensaia algo sobre o valor da vida humana e a validade e justeza da máxima olho por olho, dente por dente, antecipando numa década o final de Sete Pecados Mortais. Terror Na Auto-estrada é um filme de culto dos anos 80, uma das obras-primas de Rutger Hauer (vénia) e um McBacon que não merecia o remake ordinário de 2007.

Posted by: dermot @ 11:53 da manhã
|  




terça-feira, agosto 10, 2010  

TOY STORY 3:

Título: Toy Story 3
Realizador: Lee Unkrich
Ano: 2010


Em 1995, um filme de desenhos-animados revolucionou o género, conciliando a animação com o público adulto, introduzindo definitivamente a animação digital e consagrando a Pixar como o futuro da animação, dignos sucessores do entretenimento familiar da Disney, mas fundido-o com o carácter fabulástico e mais crescido do mestre Miyazaki (vénia). Quinze anos depois, a Pixar termina a trilogia com um capítulo que continua a soar pertinente no panorama cinematográfico actual, a respirar frescura e originalidade e a ter a mesma qualidade que o primeiro filme. Por isso, de certa forma, a trilogia Toy Story é o equivalente dos desenhos-animados da trilogia Indiana Jones.

Um dos problemas inevitáveis das sequelas é que o tempo nunca pára (nem sequer nos desenhos-animados) e as personagens não páram de envelhecer. Claro que há a excepção que confirma a regra e essa excepção chama-se Regresso Ao Futuro. Aparentemente, esse não era um problema que afectasse Toy Story 3, uma vez que os protagonistas são (quase) todos brinquedos que só ganham vida quando ninguém está a ver. Mas há uma personagem fundamental, humana, que está quinze anos mais velha em relação a Toy Story: Andy, o miúdo dono dos brinquedos em causa, já está tão crescido que está prestes a ir para a universidade. E, como qualquer universitário, Andy já não brinca com brinquedos. Por isso, o dilema dos seus brinquedos é: ou ir para o sótão ou fugir para os breços de outra criança que lhes dê o mesmo amor e atenção que o Andy nos seus anos de infância.

Claro que Toy Story 3, tal como os anteriores, tem a habitual estrutura de filme de aventura, em que os brinquedos vão parar por engano a um infantário controlado por um maligno urso de peluche que dá abracinhos, mas a premissa do filme tem a ver com o envelhecer e com aquela marcante fase de passagem para a adolescência. E fá-lo com doses iguais de drama, aventura e humor, que no final nos aperta o coração e nos deixa os olhos húmidos. Porque todos nós brincámos e sabemos como foi aquela fase. Mas ao contrário de Up - Altamente, por exemplo, Toy Story 3 é comovente sendo lamechas. O que não quer dizer que ser lamechas no cinema seja necessariamente mau.

Em relação a cenas e momentos memoráveis que perpetuem a tradição dos anteriores, Toy Story 3 tem dois: a nova personagem do Ken, boneco metrossexual e assustadoramente parecido ao José Castelo Branco; e o Buzz Lightyear em versão espanhola. E, claro, continua a haver o magnífico Cabeça-de-batata!
Não será porventura o melhor da trilogia, mas Toy Story 3 encerra a série (será?) com chave de ouro e um McRoyal Deluxe.

Posted by: dermot @ 11:39 da manhã
|  




segunda-feira, agosto 09, 2010  

A LISTA DE SCHINDLER:

Título: Schindler's List
Realizador: Steven Spielberg
Ano: 1993


A perseguição e o extermínio dos judeus durante a Segunda Guerra Mundial sempre foi um tema apreciado e bem visto pelo cinema. No entanto, o melhor filme sobre essa temática só surgiu em 1993, quando o judeu Steven Spielberg decidiu que já estava pronto para abordar o assunto. Portanto, A Lista De Schindler é o filme sobre o Holocausto (atentem no itálico do artigo definido).

A Lista De Schindler é um biopic sobre Oskar Schindler (Liam Neeson), um empresário (especulador?) alemão que aproveitou a situação socio-política da Segunda Grande Guerra para contratar judeus a preços mais baixos e enriquecer à conta de uma fábrica de esmalte. Contudo, à medida que a perseguição judaica ia apertando e a solução final ia se extremando, Oskar Schindler foi tomando aquela questão numa demanda pessoal e, empatando a sua fortuna, acabou por ajudar a escapar da morte nos campos de concentração 1100 trabalhadores, mantendo-os a trabalhar na sua fábrica. Hoje em dia são recordados como os Judeus de Schindler. E Spielberg presta tributo ao homem num filme que vale mais do que qualquer estátua, fundação ou nome de rua.

No entanto, A Lista De Schindler é mais do que a simples vida de Schindler, uma vez que, em pano de fundo, vai-se desenrolando o próprio Holocausto, com uma naturalidade tão grande que impressiona pela crueldade das acções. E a encarnar esta faceta está o então desconhecido Ralph Fiennes, na pele do oficial nazi Amon Goeth. Goeth é o oposto de Schindler: enquanto este é o espelho do respeito, da coragem, da bondade e do altruísmo, o primeiro é o rosto da crueldade, da injustiça, da impiedade e da violência arbitrária.

Spielberg filma a preto e branco (o filme mais caro de sempre rodado assim) e as duas cores não só servem para acentuar a habitual dicotomia do bem e do mal, como acentua a seriedade da própria história. A excepção é uma cena em que uma menina aparece trajando um casaco vermelho, que vai permitir o espectador reconhece-la mais lá para a frente do filme, em situação pouco aconselhável a corações menos preparados. Além disso, Spielberg filma o Holocausto com uma espécie de olhar europeu, num cinema observador que tanto acena ao neo-realismo italiano como ao sóbrio cinema nórdico.

A Lista De Schindler é um épico de três horas que se desenrolam de forma fluída por entre as atrocidades do regime nazi, com Spielberg a evitar a solenidade que este tipo de filmes costuma não conseguir contornar, obrigando-nos a todos a recordar para não esquecer um período da História tão negro. E Steven Spielberg tomou a tarefa tão a peito que, no final, não evitou (nem parece ter querido tentar evitar) prestar homenagem a Oskar Schindler, filmando os sobreviventes Judeus de Schindler a visitarem a sua campa e a perpetuarem no grande ecrã o seu respeito por aquele homem.

Pode não ser o melhor filme de Spielberg, mas é, certamente, o melhor filme sério sobre o Holocausto. E o melhor filme sobre o Holocausto é equivalente ao Le Big Mac.

Posted by: dermot @ 9:55 da manhã
|  




sábado, agosto 07, 2010  

A MANSÃO:

Título: The Haunting
Realizador: Jon De Bont
Ano: 1999


Há alguns anos atrás, Jan De Bont andava a pensar numa forma de provar a Hollywood que Speed - Perigo Em Alta Velocidade não tinha sido apenas sorte principiante quando apanhou numa sessão tardia da TCM a obra-prima de Robert Wise, A Casa Maldita. E de repente fez-se luz na sua cabecinha holandesa: fazer um remake desse clássico do terror, um filme em que apenas precisava de quatro pessoas e um local para filmar. Aparentemente, nada mais fácil.

A Mansão actualiza então esse exemplar superior do flick da casa assombrada, juntando quatro nomes semi-famosos de Hollywood (Liam Neeson, Lili Taylor, Catherine Zeta-Jones e Luke Wilson) numa mansão gigantesca, sob um pretexto manhoso - com a falso desculpa de fazer um estudo sobre insónias, o dr. Marrow (Neeson) reúne um grupo de pessoas com problemas em adormecer numa enorme mansão semi-abandonada e forja uns fenómenos paranormais para, na verdade, realizar um teste sobre o medo.

O que Jon De Bont não se lembrou (ou, se calhar, não percebeu ao ver A Casa Maldita) é que a personagem mais importante do filme não é a insonsa Eleanor (Lili Taylor), uma jovem traumatizada por uma vida inteira a cuidar da mãe tirana, mas sim a própria casa em si. É ela - a casa assombrada, ou melhor, a casa habitada pelas sombras - o leitmotiv de todo este subgénero do terror, mas De Bont ignora a questão e nem se preocupa em aproveitar essas questões arquitectónicas, manipulando as sombras, a luz, os espaços vazios ou mesmo os não-espaços. Mesmo quando tinha ao seu dispor uma mansão gigantesca, alguresw entre o castelo de sucata de Francisco Leitão, o rei dos Gnomos, e o Xanadu de Charles Forster Kane.

É então criada uma artifical (para não escrever ridícula) história de fantasmas, em que os espíritos de criancinhas mortas naquela casa ao longo de décadas pedem ajuda para se libertarem do jugo do antigo dono da casa, também já morto e em forma de espírito(!). No entanto, A Mansão é capaz de ser o primeiro filme de terror que experimenta a psicologia invertida para assustar o espectador: não só começa logo por revelar que os heróis vão ser encurralados naquela casa sob falso pretexto e que vão ser forjados momentos assustadores, como a própria heroína do filme confessa que fantasmas não a assustam: depois de uma vida de pasmaceira a pôr a mãe a fazer xixi e cocó, Lili Taylor diz que uma aventura fantasmática era mesmo o que precisava.

Como se isto não bastasse, A Mansão é ainda um daqueles filmes de terror lançados para o mercado com o intuito de arrecadar mais dinheiro possível. E a melhor forma de arrecadar umas massas é levar pais e filhos ao cinema. E para levar pais e filhos ao cinema, o entretenimento não pode ter sangue, gore e outras coisas más mais gráficas. Por isso, A Mansão é um filme de terror com fantasmas em que só morre uma pessoa e que não se vê sequer uma pinga de sangue. Então qual é o interesse disso? Exacto, pouco ou nenhum. A melhor coisa deste Happy Meal é mesmo o facto de nos fazer recordar desse fantástico filme que é A Casa Assombrada.

Posted by: dermot @ 4:09 da tarde
|  




quinta-feira, agosto 05, 2010  

OS NOVOS DEZ MANDAMENTOS:

Título: The Ten
Realizador: David Wain
Ano: 2007


Desde que os Monty Python's fizeram A Vida De Brian e passou a ser tolerável gozar com a religião, que não havia tamanha alarvice de humor bíblico como Os Novos Dez Mandamentos, um pequeno filme independente que fez sucesso em Sundance, em 2007. Se bem que chamar-lhe filme até é um pouco forçado, uma vez que Os Novos Dez Mandamentos é um conjunto de short stories sobre a mesma temática - os dez mandamentos escritos por Deus em tábuas de pedra e entregues ao profeta Moisés.

David Wain reinterpreta então essas dez leis divinas - adorar a Deus e amá-lo sobre todas as coisas, não invocar o nome de Deus em vão, santificar os domingos e festas de guarda, honrar o pai e mãe, não matar, guardar castidade nas palavras e nas obras, não roubar, não levantar falsos testemunhos, não cometer adultério e não cobiçar as coisas alheias - à luz dos dias de hoje, da cultura popular e de uma visão adolescente da coisa.

O resultado é uma comédia screwball, reminiscente de American Pie - A Primeira Vez, mas já com os olhos postos na nova vaga do humor dos chick flicks para gajos do Judd Apatow, em nove sketchs + um apresentados por Paul Rudd (que não perde um filme destes desde Virgem Aos 40 Anos). No entanto, o tipo de humor, ao contrário do que poderia parecer, não tem nada de javardo nem de escatológico. Ok, de escatológico tem um bocadinho, mas de forma inteligente. É antes um humor absurdo, que deve muito mais aos Monty Python's do que ao estilo ZAZ, mas tão vincado que passa o absurdo para ser apenas estúpido. Mas tão estúpido que mete piada.

Há, por exemplo, tipos que caem de avião sem pára-quedas e ficam para sempre enterrados até à cintura, desenhos-animados à Ren & Stimpy com rinocerontes que fazem poias com uma flor em cima, festas ao domingo de homens que faltam à missa para se despirem ou mulheres apaixonadas por bonecos de ventríloco. Claro que nessas dez histórias há umas melhores que outras; e há aquelas que se nota que custaram mesmo a parir e foram apenas diarreia mental.

No entanto, no geral, o balanço acaba por ser positivo e, inesperadamente, divertido. Claro que não é um humor propriamente convencional e para toda a gente, por isso atenção ao McChicken. Mesmo assim, a parte mais impressionante de Os Novos Dez Mandamentos é, mais ou menos a meio, quando ouvimos um estrondo enorme. É o barulho da carreira de Winona Ryder a bater oficialmente no fundo.

Posted by: dermot @ 6:06 da tarde
|  




terça-feira, agosto 03, 2010  

VOANDO SOBRE UM NINHO DE CUCOS:

Título: One Flew Over the Cuckoo's Nest
Realizador: Milos Forman
Ano: 1975


Há uma teoria que defende que os malucos é que podem estar certos e nós, aparentemente os sãos e normais, é que estaremos todos errados e a viver num mundo de ilusão. A ser verdade, todo o mundo como o conhecemos seria invertido. É sobre isto que Voando Sobre Um Ninho De Cucos se propõe a reflectir. Além disso, o filme é um alerta social sobre o que se passava nos hospícios do chamado mundo civilizado, uma realidade muitas vezes escondida, que chegava a ser pertubadora e cruél.

É por isso que o hospício de Voando Sobre Um Ninho De Cucos, para onde Jack Nicholson é mandado, parece-se mais com uma prisão do que com um hospital. Todo o filme é filmado no interior daquelas paredes, herméticas e sob vigilância apertada constante (com excepção de uma pequena escapadela dos pacientes para irem a uma pescaria, numa cena que Milos Forman, inicialmente, nem queria utilizar), aumentando o sentimento de claustrofobia e de isolamento. Há filmes de prisão que respiram mais liberdade que este...

Jack Nicholson vai então parar a um hospício onde estão uma série de malucos, entre eles um debutante Christopher Lloyd, um Danny DeVito ainda com cabelo, Vincent Schiavelli com umas olheiras todo o tamanho, o então desconhecido Brad Dourif e um índio enorme surdo-mudo (Mel Lambert). O objectivo é Nicholson ser avaliado para que se perceba se ele tem alguma desordem psicológica ou se é apenas um preguiçoso com mau-feitio, que está sempre a ser preso.

Este é daqueles papéis que parece ter sido feito à medida de Nicholson, onde pode dar liberdade a todo o seu ar demente, lunático e psicótico. A par deste só mesmo a sua encarnação de Joker. Nicholson vai então intregrar-se naquela comunidade muito própria e o seu comportamento rebelde vai fazer com que os doidos comecem a pensar pelas suas próprias cabeças e questionem todas aquelas regras. E, de repente, os papéis são invertidos: os doidos são as vítimas e os sãos os malucos autênticos. No fim, tudo descamba num daqueles finais à Clube Dos Poetas Mortos, com suicídios injustos, fugas desesperadas, castigos cruéis e, claro, muita lágrima derramada.

Aparentemente, Voando Sobre Um Ninho De Cucos nem tem argumento. Limita-se a ser uma sequência de episódios mundanos no quotidiano daqueles pacientes, com as suas psicoses e maluquices. Mas quando damos por nós estamos tão integrados com aquela gente que começamos a sentir na pele as mesmas injustiças que eles. E, de repente, estamos a insurgir-nos em voz alta contra aquela gente arrogante e com o rei na barriga e a revoltar-nos contra tudo aquilo, ameaçando partir qualquer coisa que esteja mais à mão na televisão.

Voando Sobre Um Ninho De Cucos é um dos grandes filmes da história da sétima arte e um dos poucos a vencer o grand slam dos Oscares: melhor filme, melhor argumento, melhor actor, melhor actriz e melhor realizador. Não é que isto seja um selo de qualidade inequívoco, eu sei que um Le Big Mac dos meus vale muito mais que isto. Mas já dá para ter uma ideia, não é?

Posted by: dermot @ 12:46 da tarde
|  




segunda-feira, agosto 02, 2010  

ADAM RENASCIDO:

Titulo: Adam Resurrected
Realizador: Paul Schrader
Ano: 2008


Existe uma mania no cinema norte-americano que me irrita solenemente. Eu até percebo que os produtores não queiram filmes falados noutras línguas que os obriguem a pôr legendas, porque os norte-americanos não gostam de (não sabem?) ler e que, por isso, todos os povos deste mundo (e, às vezes, até dos outros) falem inglês. Mas porque raio é que têm que falar inglês com sotaque desse país? Paul Schrader até já sabia que isso não era grande ideia, porque em A Última Tentação De Cristo a opção de pôr judeus e romanos a falar inglês com sotaques diferentes deu que falar. Então porque raio foi fazer um filme com alémães a falarr inglês ássim?

Paul Schrader é um óptimo argumentista, mas um realizador que sempre passou despercebido. Aliás, na vez que lhe deram oportunidade de brilhar e de fazer um filme com visibilidade, acabaram por lhe retirar o tapete debaixo dos pés. E a sua prequela de O Exorcista passou a ser uma alternativa ao alternativo. No entanto, como argumentista aplaudimo-lo de pé. Bravo Taxi Driver, bravo A Última Tentação De Cristo.

Resumindo, Schrader gosta de filmes que explorem a profundidade metafísica e humana do Homem. Gosta de sociopatas afectados e transformados pela sociedade que o rodeiam ou gosta de profetas incapazes de suportar o fardo de serem o salvador de todos os homens. E, por isso, enamorou-se pelo livro de Yoram Kaniuk, em que o judeu Adam Stein (Jeff Goldblum), o palhaço mais respeitado da Alemanha, seja obrigado a fazer de cão de um capitão nazi sem escrúpulos (Willem Dafoe, quem mais?) durante um ano.

Assim, depois de se ter transformado em mosca, Goldblum transformou-se em cão. Durante um ano andou como um, ladrou como um e privou com um, partilhando a mesma jaula. E isso enquanto a sua família era torturada e morta. Por isso, ficou afectado dos carretos e encontramo-lo agora internado numa instituição para sobreviventes do Holocausto que endoideceram, apesar de ser bom-falante, apraz e bem-disposto. Até que aparece um outro doente que também pensa que é um cão e faz Adam renascer e recuperar os seus fantasmas passados, vendo-se obrigado a limpar o armário.

Adam Renascido decorre no presente, ams recua constantemente em flashbacks a preto e branco ao Holocausto nazi, com Willem Defoe a humilhar cruelmente e de forma perversa Jeff Goldblum. E este faz do filme um tour de force brutal, com uma força dramática poderosa. E Paul Schrader sente-se nas sete quintas ao explorar este conflito humano, filmando de forma pouco convencional - tanto a câmara passeia ao ombro, qual dogma 95, como entra em picados ambiciosos e travellings arriscados. Além disso, Adam Renascido tem ainda uma vertente mística, que pode ser vista como uma realidade paranormal, surreal ou, apenas, alternativa. E, por isso, Adam Renascido é o filme mais parecido com A Última Tentação De Cristo sem ser sobre religião de que há memória.

Adam Renascido passou despercebido nas salas e a edição em DVD até tem sido mal tratada no nosso país, andando aí aos trambolhões nos supermercados por dois euros. Mas é uma pequena obra-prima que merece ser vista e analisada com olhos de ver. E aproveitem a ida ao supermercado e tragam um Le Big Mac para acompanhar.

Posted by: dermot @ 5:48 da tarde
|  





COTAÇÃO:
10 - Royale With Cheese
9 - Le Big Mac
8 - McRoyal Deluxe
7 - McBacon
6 - McChicken
5 - Double Cheeseburger
4 - Cheeseburger
3 - Caixinha de 500 paus (Happy Meal)
2 - Hamburga de Choco
1 - Pão com Manteiga

TAKE:
Take - cinema magazine | take.com.pt


ARE YOU TALKING TO ME:
DUELO AO SOL
CLARENCE HAD A LITTLE LAMB
GONN1000
BITAITES
ANTESTREIA
CINEBLOG
CINEMA NOTEBOOK
CONTRA CAMPO
ZONA NEGRA
O MELHOR BLOG DO UNIVERSO
A CAUSA DAS COISAS
O MEU PIU PIU
AMARCORD
LAURO ANTÓNIO APRESENTA
SARICES ARTÍSTICAS
A RAZÃO TEM SEMPRE CLIENTE
MIL E UM FILMES
AS IMAGENS PRIMEIRO
A DUPLA PERSONALIDADE
TRASH CINEMA TRASH
SUNSET BOULEVARD
CINEMA XUNGA


ARE YOU TALKIN' TO ME?
cinephilus@mail.pt


CRÍTICAS:
- A Armadilha
- A Arte De Pensar Negativamente
- A Árvore Da Vida
- A Balada de Jack And Rose
- A Bela E O Paparazzo
- A Boda
- À Boleia Pela Galáxia
- A Cabana Do Medo
- A Cela
- A Canção De Lisboa
- A Cara Que Mereces
- A Casa Dos 1000 Cadáveres
- A Casa Maldita
- A Cidade Dos Malditos
- A Ciência Dos Sonhos
- A Comunidade
- A Cor Do Dinheiro
- A Costa Dos Murmúrios
- A Criança
- A Dália Negra
- A Dama De Honor
- A Descida
- A Duquesa
- À Dúzia É Mais Barato
- A Encruzilhada
- A Estrada
- A Estranha Em Mim
- A Frieza Da Luz
- A Fúria Do Dragão
- A História De Uma Abelha
- A Honra Da Família
- A Janela (Maryalva Mix)
- A Lagoa Azul
- A Lenda Da Floresta
- A Liga Dos Cavalheiros Extraordinários
- A Lista De Schindler
- A Lojinha Dos Horrores
- A Mais Louca Odisseia No Espaço
- A Maldição Da Flor Dourada
- A Mansão
- A Maravilhosa Aventura De Charlie
- A Marcha Dos Pinguins
- A Máscara
- A Máscara De Cristal
- A Menina Jagoda No Supermercado
- A Minha Bela Lavandaria
- A Minha Vida Sem Mim
- A Morte Do Senhor Lazarescu
- A Mosca
- A Mulher Do Astronauta
- A Mulher Que Viveu Duas Vezes
- A Múmia
- A Noiva Cadáver
- A Noiva Estava De Luto
- A Origem
- A Outra Margem
- A Paixão De Cristo
- A Pele Onde Eu Vivo
- A Pequena Loja Dos Horrores
- A Prairie Home Companion - Bastidores Da Rádio
- A Presa
- À Procura Da Terra Do Nunca
- A Promessa
- À Prova De Morte
- A Rainha
- A Rai­nha Africana
- A Raiz Do Medo
- A Rapariga Santa
- A Rede Social
- A Religiosa Portuguesa
- A Ressaca
- A Residencial Espanhola
- A Sangue Frio
- A Secretária
- A Semente Do Diabo
- A Senhora Da Água
- A Severa
- A Sombra Do Caçador
- A Sombra Do Samurai
- A Tempestade No Meu Coração
- A Tempo E Horas
- A Torre Do Inferno
- A Turma
- A Última Famel
- A Última Tentação De Cristo
- A Valsa Com Bashir
- A Verdadeira História De Jack, O Estripador
- A Viagem De Chihiro
- A Viagem De Iszka
- A Vida De Brian
- A Vida É Um Jogo
- A Vida É Um Milagre
- A Vida Em Directo
- A Vida Secreta Das Palavras
- A Vila
- A Vítima Do Medo
- A Vizinha Do Lado
- A Volta Ao Mundo Em 80 Dias
- Aberto Até De Madrugada
- Abraços Desfeitos
- Acção Total
- Aconteceu No Oeste
- Across The Universe
- Actividade Paranormal
- Acusado
- Adam Renascido
- Admitido
- Adriana
- Aelita
- Ágora
- Água Aos Elefantes
- Air Guitar Nation
- Albert, O Gordo
- Aldeia Da Roupa Branca
- Alice
- Alice In Acidland
- Alice No País Das Maravilhas
- Alien - O Oitavo Passageiro
- Aliens - O Reencontro Final
- Alien - A Desforra
- Alien - O Regresso
- Alien Vs. Predador
- Alien Autopsy
- Alma Em Paz
- Almoço De 15 De Agosto
- Alphaville
- Alta Fidelidade
- Alta Golpada
- Alta Tensão
- Alucinação
- Amália
- Amarcord
- American Movie
- American Splendor
- Amor À Queima-Roupa
- Amor De Verão
- Amor E Corridas
- Amor E Vacas
- Amor Em Las Vegas
- Amor Ou Consequência
- And Soon The Darkness
- Angel-A
- Animal
- Annie Hall
- Anónimo
- Antes Do Anoitecer
- Antes Que O Diabo Saiba Que Morreste
- Anticristo
- Anvil! The True Story of Anvil
- Anytinhig Else - A Vida E Tudo Mais
- Appaloosa
- Apocalypto
- Aquele Querido Mês De Agosto
- Aracnofobia
- Aragami
- Arizona Dream
- Armin
- Arséne Lupin - O Ladrão Sedutor
- As Asas Do Desejo
- As Aventuras De Jack Burton Nas Garras Do Mandarim
- As Aventuras De Tintim - O Segredo Do Licorne
- As Aventuras Do Príncipe Achmed
- As Bandeiras Dos Nossos Pais
- As Bonecas Russas
- As Canções De Amor
- As Crónicas De Narnia - O Leão, A Feiticeira E O Guarda-Roupa
- As Diabólicas
- As Ervas Daninhas
- As Invasões Bárbaras
- As Lágrimas Do Tigre Negro
- As Leis Da Atracção
- As Noites Loucas Do Dr. Jerryll
- As Penas Do Desejo
- As Tartarugas Também Voam
- As Vidas Dos Outros
- Aberto Até De Madrugada
- Assalto À Esquadra 13 (1976)
- Assalto À Esquadra 13 (2005)
- Assalto Ao Santa Maria
- Assassinos Natos
- Ata-me
- Até Ao Inferno
- Até Ao Limite Do Terror
- Atraídos Pelo Crime
- Através Da Noite
- Attack Of The 50 Foot Woman
- Aurora
- Austrália
- Autocarro 174
- Avatar
- Aviva, Meu Amor
- Aztec Rex
- Azul Metálico

- Babel
- Backbeat, Geração Inquieta
- Balas E Bolinhos - O Regresso
- Balbúrdia No Oeste
- Bando À Parte
- Baraka
- Barbarella
- Barreira Invisí­vel
- Batman
- Batman Regressa
- Batman - O Início
- Be Cool
- Beijing Bastards
- Belleville Rendez-Vouz
- Bem-vindo À Zombieland
- Bem-vindo Ao Norte
- Berlin 36
- Birth - O Mistério
- Biutiful
- Black Sheep
- Black Snake Moan - A Redenção
- Blade Runner - Perigo Iminente
- Blueberry
- Boa Noite E Boa Sorte
- Bobby Darin - O Amor É Eterno
- Body Rice
- Bombom
- Bom Dia Noite
- Bom Dia Vietnam
- Bonnie E Clyde
- Boogie Nights
- Borat
- Brasil - O Outro Lado Do Sonho
- Breakfast On Pluto
- Brincadeiras Perigosas (2007)
- Brisa De Mudança
- Bronson
- Bruce, O Todo-poderoso
- Bruiser - O Rosto Da Vingança
- Bruno
- Buffalo 66
- Bubba Ho-Tep
- Bullit
- Bunker Palace Hotel
- Buried
- Busca Implacável
- Bz, Viagem Alucinante

- Cadillac Records
- Cães Danados
- Cães De Palha
- Café E Cigarros
- Call Girl
- Camino
- Capitão Alatriste
- Capitão América - O Primeiro Vingador
- Capote
- Carrie
- Cartas Ao Padre Jacob
- Cartas De Iwo Jima
- Casa De Loucos
- Casablanca
- Casino Royale
- Catwoman
- Cavalo De Guerra
- Cemitério Vivo
- Censurado
- Centurion
- Charlie E A Fábrica De Chocolate
- Che - Guerrilha
- Che - O Argentino
- Chemical Wedding
- Chéri
- Chinatown
- Chocolate
- Choke - Asfixia
- Chovem Almôndegas
- Christine - O Carro Assassino
- Cidade Fria
- Cinco Dias, Cinco Noites
- Cinema Paraíso
- Cinerama
- Cisne Negro
- Clube De Combate
- Coco Avant Chanel
- Coisa Ruim
- Cold Mountain
- Cold Weather
- Colete De Forças
- Colisão
- Com Outra? Nem Morta!
- Comboios Rigorosamente Vigiados
- Comer Orar Amar
- Complexo - Universo Paralelo
- Conan, O Bárbaro
- Contrato
- Control
- Controle
- Coração De Cavaleiro
- Coração De Gelo
- Coração Selvagem
- Corações De Aço
- Coragem De Mãe: Confrontando O Autismo
- Corre Lola Corre
- Correio De Risco
- Correio De Risco 3
- Corrida Contra O Futuro
- Corrupção
- Cozinhando A História
- Crank - Veneno No Sangue
- Crank - Alta Voltagem
- Cremaster
- Crime Ferpeito
- Crippled Masters
- Cristóvão Colombo - O Enigma
- Crónica Dos Bons Malandros
- Crueldade Intolerável
- Cubo
- Culture Boy
- Cypher
- Cyrano de Bergerac (1950)

- Daisy Town
- Dallas
- Danny The Dog - Força Destruidora
- Daqui P'ra Frente
- Dark City - Cidade Misteriosa
- De Cabeça Para Baixo
- De Homem Para Homem
- De Olhos Abertos
- De Olhos Bem Fechados
- De Sepultura Em Sepultura
- De Tanto Bater O Meu Coração Parou
- De-Lovely
- Delhi Belly
- Dead Snow
- Death Race 2000
- Deixa-me Entrar
- Delicatessen
- Demolidor - O Homem Sem Medo
- Dentro Da Garganta Funda
- Depois Do Casamento
- Destruir Depois De Ler
- Diamante De Sangue
- Diário Dos Mortos
- Diários De Che Guevara
- Dias De Futebol
- Dick E Jane - Ladrões Sem Jeito
- Dictado
- Die Hard 4.0 - Viver Ou Morrer
- Die You Zombie Bastards!
- Dogma
- Domino
- Don Juan DeMarco
- Donnie Brasco
- Doom - Sobrevivência
- Doomsday - Juízo Final
- Dorian Gray
- Dot.Com
- Dr. Estranhoamor
- Drácula 2001
- Drácula De Bram Stoker
- Drive - Risco Duplo
- Dreamgirls
- Duas Mulheres

- É Na Terra Não É Na Lua
- Easy A
- Easy Rider
- Eduardo Mãos De Tesoura
- Efeito Borboleta
- El Mariachi
- El Topo
- Ela Odeia-me
- Eles
- Eles Vivem
- Elvis
- Em Bruges
- Em Busca Da Felicidade
- Em Carne Viva
- Em Liberdade
- Em Nome De Caim
- Em Nome De Deus
- Em Paris
- Em Privado
- Embargo
- Encarnação Do Demónio
- Encontros Em Nova Iorque
- Encrenca Dupla
- Encurralada
- Ensaio Sobre A Cegueira
- Enterrado Na Areia
- Entre Os Dedos
- Entrevista
- Equilibrium
- Era Uma Vez No México
- Eraserhead - No Céu Tudo É Perfeito
- Escola De Criminosos
- Escolha Mortal
- Esporas De Aço
- Estado De Guerra
- Estamos Vivos
- Este É O Meu Lugar
- Este País Não É Para Velhos
- Estômago
- Estrada Perdida
- Estranhos
- Estrellita
- Eu Amo-te Phillip Morris
- Eu, Peter Sellers
- Eu Sou A Lenda
- Eu Sou Evadido
- Eu, Tu E Todos Os Que Conhecemos
- Everything Must Go
- Evil Dead - A Noite Dos Mortos-Vivos
- Evil Dead 2 - A Morte Chega De Madrugada
- Evil Dead 3 - O Exército Das Trevas
- Ex-Drummer
- Exterminador Implacável 1
- Exterminador Implacável 2 - O Dia Do Julgamento Final
- Exterminador Implacável 3 - Ascensão Das Máquinas
- Exterminador Implacável 4 - A Salvação

- Factory Girl - Quando Edie Conheceu Warhol
- Factotum
- Fados
- Fahrenheit 9/11
- Falso Alarme
- Fando E Lis
- Fantasmas De Marte
- Fargo
- Faster, Pussycat! Kill! Kill!
- Fausto 5.0
- Favores Em Cadeia
- Felicidade
- Feliz Natal
- Férias No Harém
- Festival Rocky De Terror
- Ficheiros Secretos: Quero Acreditar
- Fim De Ano Em Split
- Fim-De-Semana Alucinante
- Final Cut - A Última Memória
- Fish Tank
- Florbela
- Flores Partidas
- Fome
- Footloose - A Música Está Do Teu Lado
- Força Delta
- Forrest Gump
- Freddy Vs. Jason
- Frenético
- Frida
- Frost/Nixon
- Fruto Proibido
- Fuga De Los Angeles
- Fuga Para A Vitória
- Fur - Um Retrato Imaginário De Diane Arbus
- Fúria Cega
- Fúria De Viver
- Fúria Silenciosa

- Gabrielle
- Gainsbourg - Vida Heróica
- Gang Dos Tubarões
- Gangs de Nova Iorque
- Garden State
- Génova
- GI Joe - O Ataque Dos Cobra
- Godzilla
- Goodbye Lenine!
- Gosford Park
- Gothika
- Gran Torino
- Grande Mundo Do Som
- Gremlins
- Grizzly Man
- Gru - O Maldisposto
- Guerra Dos Mundos (2005)
- Guerra Dos Mundos (1953)

- Há Lodo No Cais
- Hairspray
- Half Nelson - Encurralados
- Hard Candy
- Harley Davidson E O Cowboy Do Asfalto
- Harold E Maude
- Harry Brown
- Haverá Sangue
- Hawai Azul
- He-Man - Mestres Do Universo
- Head On - A Esposa Turca
- Heartbreak Hotel
- Hell Ride
- Hellboy
- Hellboy 2: O Exército Dourado
- Helter Skelter - O Caso De Sharon Tate
- Henry E June
- Hereafter - Outra Vida
- Hiena
- História De Duas Irmãs
- História De Um Fotógrafo
- Hobo With A Shotgunbr> - Hollywood Ending
- Homem Aranha
- Homem Aranha 2
- Homem Aranha 3
- Homem De Ferro
- Homem Demolidor
- Homem Em Fúria
- Homens De Negro
- Homens De Negro 2
- Homens Que Matam Cabras Só Com O Olhar
- Hostel
- Hostel 2
- Hot Fuzz - Esquadrão De Província
- Howl - Grito
- Hugo

- I Am Sam - A Força Do Amor
- I Spit On Your Grave
- I'll See You In My Dreams
- Iluminados Pelo Fogo
- I'm Still Here
- I Wanna Hold Your Hand
- Imitação Da Vida
- Imortal
- In Search Of A Midnight Kiss
- Indiana Jones E O Reino Da Caveira De Cristal
- Indomável
- Infiltrado
- Inimigos Públicos
- INLAND EMPIRE
- Inquietos
- Insidioso
- Insónia
- Intervenção Divina
- Intriga Internacional
- Invictus
- Irmão, Onde Estás?
- It
- It Might Get Loud
- Italian Spiderman

- Jack Ketchum's The Girl Next Door
- Jackass 2
- Jackass 3D
- Jackie Brown
- Jacuzzi - O Desastre Do Tempo
- James Bond - Agente Secreto
- James Bond - Casino Royale
- James Bond - Quantum Of Solace
- Janela Indiscreta (1954)
- Janela Indiscreta (1998)
- Janela Secreta
- JCVD
- Joga Como Beckham
- John Rambo
- Jonestown - The Life And Death Of Peoples Temple
- Jovens Rebeldes - A Verdadeira História
- Julgamento
- Julie E Julia
- Juno
- Juventude Em Marcha
- Juventude Tardia

- Kalifórnia
- Kandahar
- Karate Kid
- Katyn
- Kenny
- Kick Ass - O Novo Super-herói
- Kids - Miúdos
- Kill Bill vol.2
- King Kong (2005)
- Kiss Kiss Bang Bang
- Kiss Me
- Klimt
- Kopps
- Kung-Fu-Zão
- Kung Pow - Punhos Loucos

- La Jetée
- La Vie En Rose
- Ladrões
- Lady Snowblood
- Laranja Mecânica
- Last Days - Os Últimos Dias
- Lavado Em Lágrimas
- Lemmy
- Léon, O Profissional
- Lichter
- Lindas Encrencas As Garotas
- Lobos
- Longe Da Terra Queimada
- Lost In Translation - O Amor É Um Lugar Estranho
- Lua De Mel, Lua De Fel
- Lucifer Rising
- Lucky Luke
- Lucky Number Slevin - Há Dias De Azar

- M - Matou!
- Má Educação
- Machete
- Madrigal
- Maldito United
- Mamma Mia
- Manhattan
- Manô
- Mamonas Pra Sempre
- Mar Adentro
- Maria E As Outras
- Marie Antoinette
- Marjoe
- Marte Ataca!
- Matança De Natal
- Match Point
- Matou A Família E Foi Ao Cinem
- McQuade, O Lobo Solitário
- Meia-Noite Em Paris
- Meio Metro De Pedra
- Melancolia
- Melinda E Melinda
- Menina
- Mephisto
- Metrópolis
- Meu Nome É Bruce
- Miami Vice
- Milhões
- Milk
- Millenium 1. Os Homens Que Odeiam As Mulheres
- Million Dollar Baby - Sonhos Vencidos
- Minha Mãe
- Minha Terra
- Misery - Capí­tulo Final
- Missão A Marte
- Missão Impossí­vel 3
- Missão Impossível - Missão Fantasma
- Missão Solar
- Mistérios De Lisboa
- Momentos Agradáveis
- Moneyball - Jogada De Risco
- Monsters - Zona Interdita
- Monstro
- Monty Phyton E O Cálice Sagradi
- Morte Cerebral
- Morte De Um Presidente
- Movimentos Perpétuos
- Mr. E Mrs. Smith
- Mrs. Henderson Presents
- Muito Bem, Obrigado
- Mulholland Drive
- Mundo Fantasma
- Mundos Separados
- Munique
- Murderball - Espírito De Combate
- Murish
- Mutilados
- Mysterious Skin

- Na Cama
- Nacho Libre
- Não Estou Aí
- Napoleon Dynamite
- Nas Costas Do Diabo
- Nas Nuvens
- Needle
- Nico: À Margem Da Lei
- Ninguém Sabe
- Nixon
- No Limite Do Amor
- No Vale De Elah
- Noite De Agosto
- Noite Escura
- Noivos Sangrentos
- Nome De Código: Cloverfield
- Northfork
- Nosferatu, O Vampiro
- Nothing
- Nova Iorque 1997
- Nove Raínhas
- Nunca Digas Sim

- O Acontecimento
- O Agente Da Broadway
- O Lugar Do Morto
- O Americano
- O Amor Acontece
- O Anjo Exterminador
- O Anti-Pai Natal
- O Artista
- O Assassínio De Jesse James Pelo Cobarde Robert Ford
- O Assassí­nio De Richard Nixon
- O Batedor
- O Bom Alemão
- O Bom, O Mau E O Vilão
- O Cabo Do Medo
- O Caminho De São Diego
- O Cão, O General E Os Pássaros
- O Capacete Dourado
- O Castelo Andante
- O Castor
- O Cavaleiro Das Trevas
- O China
- O Cobrador
- O Código Da Vinci
- O Comboio Dos Mortos
- O Comboio Mistério
- O Condenado
- O Couraçado Potemkin
- O Cowboy Da Meia-Noite
- O Crepúsculo Dos Deuses
- O Dedo De Deus
- O Delator!
- O Demónio
- O Despertar Da Besta
- O Despertar Da Mente
- O Deus Da Carnificina
- O Deus Elefante
- O Dia Em Que A Terra Parou (1951)
- O Dia Em Que A Terra Parou (2008)
- O Dia Da Besta
- O Discurso Do Rei
- O Enigma Do Espaço
- O Estranho Caso De Benjamin Button
- O Estranho Mundo De Jack
- O Evangelho Segundo São Mateus
- O Exorcista
- O Fatalista
- O Feiticeiro De Oz
- O Feitiço Do Tempo
- O Fiél Jardineiro
- O Gabinete Das Figuras De Cera
- O Gabinete Do Dr. Caligari
- O Gato Das Botas
- O Génio Do Mal (1976)
- O Grande Peixe
- O Grande Ditador
- O Guerreiro
- O Homem Duplo
- O Homem Que Copiava
- O Homem Que Sabia Demasiado
- O Homem Que Veio Do Futuro
- O Idealista
- O Jogo
- O Júri
- O Imperador Da Califórnia
- O Inquilino
- O Justiceiro Da Noite
- O Labirinto Do Fauno
- O Laço Branco
- O Lado Selvagem
- O Lago Perfeito
- O Leopardo
- O Livro Negro
- O Lobo Do Mar
- O Macaco De Ferro
- O Maquinista
- O Marinheiro De Água Doce
- O Menino De Ouro
- O Meu Tio
- O Milagre De Berna
- O Milagre Segundo Salomé
- O Mistério Galindez
- O Monstro Da Lagoa Negra
- O Mundo A Seus Pés
- O Nevoeiro (1980)
- O Ofício De Matar
- O Olho
- O Orfanato
- O Paciente Inglês
- O Padrinho - Parte I
- O Padrinho - Parte II
- O Padrinho - Parte III
- O Panda Do Kung Fu
- O Panda Do Kung Fu 2
- O Pesadelo De Darwin
- O Pistoleiro Do Diabo
- O Planeta Selvagem
- O Pó Dos Tempos
- O Portador Da Espada
- O Presidiário
- O Prisioneiro Do Rock
- O Protegido
- O Próximo A Abater
- O Quinto Elemento
- O Quinto Império
- O Regresso
- O Rei Dos Gazeteiros
- O Reino Proibido
- O Ritual
- O Ritual Dos Sádicos
- O Sabor Do Amor
- O Sargento Da Força Um
- O Segredo A Brokeback Mountain
- O Segredo De Um Cuscuz
- O Segredo Dos Punhais Voadores
- O Selvagem
- O Sentido Da Vida
- O Sétimo Selo
- O Sítio Das Coisas Selvagens
- O Sonho Comanda A Vida
- O Sonho De Cassandra
- O Sorriso De Mona Lisa
- O Tempo Do Lobo
- O Tesouro Da Sierra Madre
- O Tigre E A Neve
- O Tio Boonmee Que Se Lembra Das Suas Vidas Anteriores
- O Triunfo Da Vontade
- O Turista
- O Último Airbender
- O Último Grande Herói
- O Último Rei Da Escócia
- O Último Tango Em Paris
- O Último Voo Do Flamingo
- O Vingador Tóxico
- O Wrestler
- Ocean's Eleven - Façam As Vossas Apostas
- Odete
- Oldboy - Velho Amigo
- Olho Mágico
- Oliver Twist
- Ônibus 174
- Orca
- Órfã
- Os Amantes Regulares
- Os Amigos De Alex
- Os Bons E Os Maus
- Os Caça-Fantasmas
- Os Cavaleiros Do Asfalto
- Os Chapéus De Chuva De Cherburgo
- Os Cinco Venenos
- Os Clãs Da Intriga
- Os Condenados De Shawshank
- Os Descendentes
- Os Edukadores
- Os Famosos E Os Duendes Da Morte
- Os Filhos Do Homem
- Os Friedmans
- Os Guardiões Da Noite
- Os Homens Preferem As Loiras
- Os Imortais
- Os Inadaptados
- Os Índios Apache
- Os Invisíveis
- Os Irmãos Grimm
- Os Limites Do Controlo
- Os Marginais
- Os Mercenários
- Os Miúdos Estão Bem
- Os Novos Dez Mandamentos
- Os Olhos Da Serpente
- Os Olhos Sem Rosto
- Os Onze De Oceano
- Os Optimistas
- Os Pássaros
- Os Produtores (2005)
- Os Psico-Detectives
- Os Rapazes Da Noite
- Os Rapazes Não Choram
- Os Renegados Do Diabo
- Os Rutles - All You Need Is Cash
- Os Selvagens Da Noite
- Os Simpsons - O Filme
- Os Sonhadores
- Os Sorrisos Do Destino
- Os Super-Heróis
- Os Supeitos Do Costume
- Os Três Enterros De Um Homem
-Os Visistantes Da Idade Média
- Os 300 Espartanos

- Pagafantas
- Palpitações
- Papillon
- Para Onde O Vento Sopra
- Parada De Monstros
- Paraíso, Inferno... Terra
- Paranoid Park
- Paris Je T'Aime
- Party Monster
- Pecados Íntimos
- Pele
- Pequenas Mentiras Entre Amigos
- Performance
- Perigo Na Noite
- Perto Demais
- Pesadelo Em Elm Street
- Pink Floyd The Wall
- Piranha 3D
- Piratas Das Caraíbas - O Mistério do Pérola Negra
- Piratas Das Caraí­bas - O Cofre Do Homem Morto
- Piratas Das Caraíbas - Nos Confins Do Mundo
- Planeta Dos Macacos
- Planeta Dos Macacos: A Origem
- Planeta Terror
- Plano 9 Dos Vampiros Zombies
- Polaróides Urbanas
- Polí­cia Sem Lei (1992)
- Polícia Sem Lei (2009)
- Poltergeist, O Fenómeno
- Ponto De Mira
- Por Favor Rebobine
- Por Favor Não Me Morda O Pescoço
- Porcos & Selvagens
- Posto Fronteiriço
- Precious
- Predadores
- Presente De Morte
- Preto E Branco
- Primer
- Príncipe Da Pérsia - As Areias Do Tempo
- Procurado
- Profissão: Repórter
- Promessas Proibidas
- Proposta Indecente
- Proteger
- Psico
- Psicopata Americano
- Pulp Fiction
- Pulsação Zero
- Punch-Drunk Love - Embriagado De Amor
- Purana Mandir
- Purple Rain

- Quando Viste O Teu Pai Pela Última Vez
- Quarentena
- Quarteto Fantástico (1994)
- Quarteto Fantástico (2005)
- Quase Famosos
- Quatro Noites Com Anna
- Que Lugar Maravilhoso
- Que Se Mueran Los Feos
- Queijo E Marmelada
- Quem Quer Ser Bilionário
- Querida Famí­lia
- Querida Wendy

- R
- Rapariga Com Brinco De Pérola
- Rare Exports
- Ratatui
- Ratos Assassinos
- Ray
- [Rec]
- [REC]2
- Red Eye
- Relatório Kinsey
- Relatório Minoritário
- Religulous - Que O Céu Nos Ajude
- Relíquia Macabra
- Renascimento
- Resident Evil: Apocalypse
- Rio
- Rio Bravo
- Rock De Fogo
- Rock, Rock, Rock
- Rocknrolla - A Quadrilha
- Rocky Balboa
- Roger E Eu
- Roma
- Romance E Cigarros
- Roxanne
- RRRrrrr!!!
- Rubber - Pneu
- Ruídos Do Além
- Ruivas, Loiras E Morenas
- Rumo À Liberdade
- Ruptura Explosiva

- Sacanas Sem Lei
- Sala De Pânico
- Salazar - A Vida Privada
- Salto Mortal
- Samsara
- Sangue Do Meu Sangue
- Sangue Por Sangue
- Santa Sangre
- Sapatos Pretos
- Save The Green Planet!
- Saw - Enigma Mortal
- Saw II - A Experiência Do Medo
- Saw 3D - O Capítulo Final
- Scoop
- Scott Pilgrim Contra O Mundo
- Seconds Apart
- Seis Indomáveis Patifes
- Sem Ela
- Sem Limites
- Sem Rumo
- Sem Tempo
- Semi-Pro
- Ser E Ter
- Sereia
- Serpentes A Bordo
- Sete Anos No Tibete
- Sete Vidas
- Sexo E A Cidade
- Sgt. Pepper's Lonely Heart Club Band
- Shaolin Daredevils
- Shaolin Soccer - O Ás Da Bola
- Shaolin Vs. Evil Dead
- Shattered Glass - Verdade Ou Mentira
- Sherlock Holmes
- Sherlock Holmes - Jogo De Sombras
- Shining
- Shoot 'Em Up - Atirar A Matar
- Shortbus
- Shrek 2
- Shrek O Terceiro
- Shrek Para Sempre
- Sicko
- Sid And Nancy
- Sideways
- Simpatyhy For Mr. Vengeance
- Sin City - Cidade Do Pecado
- Sinais
- Sinais De Fogo
- Sinais Do Futuro
- Sinais Vermelhos
- Singularidades De Uma Rapariga Loira
- Sky Captain E O Mundo De Amanhã
- Slither - Os Invasores
- Soldados Da Fortuna
- Soldados Do Universo
- Sombras Da Escuridão
- Somewhere - Algures
- Sonho De Uma Noite De Inverno
- Sonny
- Sophie Scholl - Os Últimos Dias
- Soro Maléfico
- Sorte Nula
- Soul Kitchen
- Spartacus
- Spartan - O Rapto
- Splice
- Stacy - Attack Of The Schoolgirl Zombies
- Star Wars - A Ameaça Fantasma
- Star Wars - A Vingança Dos Sith
- Star Wars - O Ataque Dos Clones
- Stardust - O Mistério Da Estrela Cadente
- Stone - Ninguém É Inocente
- Stoned, Anos Loucos
- Submarino
- Super
- Super Baldas
- Super-Homem
- Super-Homem: O Regresso
- Super 8
- Superstar
- Suspeita
- Suspiria
- Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro De Fleet Street
- Swimming Pool
- Sword Of Vengeance
- Sympathy For The Devil

- Taking Woodstock
- Tarnation
- Tarzan, O Homem Macaco (1981)
- Taxidermia
- Team America - Polí­cia Mundial
- Tebas
- Tecumseh
- Teeth
- Tempestade Tropical
- Tennessee
- Terra De Cegos
- Terminal De Aeroporto
- Terra Dos Mortos
- Terror Em Setembro
- Terror Na Auto-estrada
- Terror Nas Montanhas
- Tetro
- The Bloodstained Butterfly
- The Brown Bunny
- The Darjeeling Limited
- The Departed: Entre Inimigos
- The Devil And Daniel Johnston - Loucuras De Um Génio
- The Devil's Double
- The First Great Train Robbery
- The Fountain - O Último Capítulo
- The Grudge - A Maldição
- The Host - A Criatura
- The Impossible Kid
- The King Of Kong
- The Langoliers - Meia-Noite E Um
- The Last House On The Left
- The Machine Girl
- The Man From Earth
- The Marine
- The Million Dollar Hotel - O Hotel
- The Mindscape Of Alan Moore
- The Mist - Nevoeiro Misterioso
- The Others - Os Outros
- The Prestige - O Terceiro Passo
- The 50 Worst Movies Ever Made
- The Way
- The Woman
- Thirst - Este É O Meu Sangue
- This Is It
- This Is Spinal Tap
- Thor
- Thriller - A Cruel Picture
- THX 1138
- Tirar Vidas
- Titanic 2
- Tony
- Tournée - Em Digressão
- Toy Story 3
- Tragam-me A Cabeça De Alfredo Garcia
- Transamerica
- Tron
- Tron: O Legado
- Tropa De Elite
- Tropa De Elite 2 - O Inimigo Agora É Outro
- Tsotsi
- Tubarão
- Tubarão 2
- Tubarão 3
- Tubarão IV - A Vingança
- Tucker E Dale Contra O Mal
- Tudo Ficará Bem
- Tudo Pode Dar Certo
- Twisted - Homicídios Ocultos

- Ultra Secreto
- Um Amor De Perdição
- Um Azar Do Caraças
- Um Bater De Corações
- Um Belo Par... De Patins
- Um Cão Andaluz
- Um Dia A Casa Vai Abaixo
- Um Dia De Raiva
- Um Homem Singular
- Um Longo Domingo De Noivado
- Um Lugar Para Viver
- Um Padrasto Para Esquecer
- Um Profeta
- Um Tiro No Escuro
- Um Trabalho Em Itália
- Uma Aventura Na Casa Assombrada
- Uma Boa Mulher
- Uma Canção De Amor
- Uma Espécie De Cavalheiro
- Uma Famí­lia À Beira De Um Ataque De Nervos
- Uma História De Violência
- Uma Pequena Vingança
- Uma Rapariga Com Sorte
- Uma Segunda Juventude
- Uma Segunda Vida
- Undefeatable
- Unseen Evil 2 - Alien 3000
- Up - Altamente

- V De Vingança
- Vai E Vive
- Vais Conhecer O Homem Dos Teus Sonhos
- Valhalla Rising - Destino De Sangue
- Valquíria
- Vampiros de John Carpenter
- Van Helsing
- Vanilla Sky
- Vanitas
- Vasilhame
- Veio Do Outro Mundo
- Veludo Azul
- Velvet Goldmine
- Vencidos Pela Lei
- Vendendo A Pele
- Veneno Cura
- Vera Drake
- Versus - A Ressurreição
- Vestida Para Matar
- Vice
- Vício - Quando Nada É Suficiente
- Vicky Cristina Barcelona
- Vidas Sombrias
- Vigilância
- Vingança Redentora
- Virgem Aos 40 Anos
- Vitus
- Viúva Rica Solteira Não Fica
- Viver A Sua Vida
- Voando Sobre Um Ninho De Cucos
- Voltando Para Casa
- Voltar
- Vontade Indómita
- Voo 93

- Walk Hard - A História De Dewey Cox
- Walk The Line
- WALL-E
- Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme
- Wassup Rockers - Desafios De Rua
- Watchmen - Os Guardiões
- Welcome To The Rileys
- White Irish Drunkers
- Wild Zero
- Win Win
- Wolf Creek
- Wristcutters: A Love Story

- X-Men
- X-Men 2
- X-Men 3 - O Confronto Final
- X-Men: O Início
- X-Men Origens: Wolverine

- Zack E Miri Fazem Um Porno
- Zardoz
- Zatoichi
- Zombies Party - Uma Noite... De Morte
- Zombies Strippers
- Zozo

- 007 - Agente Secreto
- 007 - Casino Royale
- 007 - Quantum Of Solace
- 10 Coisas Que Odeio Em Ti
- 100 Volta
- 10.000 AC
- 12 Homens Em Fúria
- 12 Macacos
- 12:08 A Este De Bucareste
- 1984
- 2LDK
- 24 Hour Party People
- 28 Dias Depois
- 20,13 - Purgatório
- 2012
- 300
- 4 Copas
- 48
- 50/50
- 6=0 Homeostética
- 8 1/2
- 9 Canções
- 98 Octanas


ENTREVISTAS:
- Fernando Fragata
- Festróia - Mário Ventura
- Filipe Melo
- Good N Evil
- IMAGO - Sérgio Felizardo
- José Barahona
- Nuno Markl
- Paulo Furtado
- Rodrigo Areias
- Sara David Lopes
- Solveig Nordlund
- Fernando Alle


TOPES:
- Top 8 dos Melhores Filmes de 2011
- Top 5 dos Piores Filmes de 2011
- Top 10 dos Melhores Filmes de 2010
- Top 5 dos Piores Filmes de 2010
- Top 5 dos filmes de Leslie Nielsen
- Top 10 Dos Filmes Low Cost
- Top 5 das Melhores Cenas de Dança
- Top 8 dos Melhores Filmes de 2009
- Top 5 dos Piores Filmes de 2009
- Top 5 dos Filmes Que Tenho Vergonha De Dizer Que Gosto
- Top 5 das Melhores Músicas de Ennio Morricone
- Top 5 dos filmes com Patrick Swayze
- Top 5 dos Telediscos do Michael Jackson
- Top 5 dos Filmes com David Carradine
- Top 5 dos Filmes com Lutadores de Luta-Livre
- Top 10 Os Melhores Filmes de 2008
- Top 5 Os Piores Filmes de 2008
- Top 5 dos Piores Filmes de Natal
- Top 5 das Coisas que não Esperávamos Ver no Cinema
- Top 5 dos Melhores Filmes de Paul Newman
- Top 5 Personagens Com Palas Nos Olhos
- Top 10 Melhores Cartazes De Cinema
- Top 5 dos Filmes de Chuck Norris
- Top 5 dos Filmes de Patrick Swayze
- Top 10 Os Melhores/Piores Vestidos dos Oscares
- Top 5 As Mortes de Crianças Mais Gratuitas
- Top 10 Os Melhores de 2007
- Top 5 Os Piores de 2007
- Top 7 Adaptações ao Cinema de Livros de Stephen King
- Top 5 Filmes Pela Paz
- Top 5 Os Melhores Beijos
- Top 5 Grandes Arquitectos
- Top 10 Filmes Que Mudaram A Minha Vida
- Top 5 Mulheres de Cabeça Rapada
- Top 5 As Cenas Mais Excitantes
- Top 10 Os Melhores de 2006
- Top 5 Os Piores de 2006
- Top 3 Filmes de Robert Altman
- Top 5 Os Vilões do Cinema
- Top 5 Filmes Com Mick Jagger
- Top 5 Filmes Com Steve Buscemi
- Top 5 Dos Cães no Cinema
- Top 5 Dos Filmes do Indie06
- Top 5 Dos Filmes do Fantas06
- Top 5 dos Presidentes
- Top 10 Os Melhores de 2005
- Top 5 Os Piores de 2005
- Top 5 Filmes com Pat Morita
- Top 10 Os Melhores Filmes Independentes
- Top 5 Os Piores Filmes da Saga Bond
- Top 5 Filmes com Dolph Lundgren
- Top 5 Adaptações de BD Para Cinema
- Top 10 Cenas Mais Assustadoras de Sempre
- Top 5 Vencedores do Óscar
- Top 5 Bond Girls
- Top 5 Filmes Sobre Doenças
- Top 5 Filmes de Natal
- Top 5 Melhores Batalhas Corpo-A-Corpo
- Top 10 Melhores Canções do Cinema
- Top 10 Melhores Filmes de Sempre
- Top 5 Melhores Momentos Musicais
- Top 5 Grandes Duelos do Cinema
- Top 10 Maiores Personagens do Cinema
- Top 5 Piores Momentos da Ficção Cientí­fica
- Top 10 Melhores Momentos da Ficção Cientí­fica
- Top 5 Filmes Religiosos


BAÚ DO TRASH:
- Needle
- Que Se Mueran Los Feos
- Easy A
- Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme
- Saw 3D - O Capítulo Final
- And Soon The Darkness
- Os Imortais
- Purana Mandir
- Pagafantas
- The Bloodstained Butterfly
- Cisne Negro


ROYALE WITH CHEESE APRESENTA:
- A Tasca Da Cultura
- A Causa Das Coisas - parte I
- A Causa Das Coisas - parte II
- A Momentary Lapse Of Reason


FILMES A VER ANTES DE MORRER:
- #1 As Lágrimas Do Tigre Negro
- #2 Alucarda
- #3 Time Enough At Last
- #4 Armageddon
- #5 The Favour, The Watch And The Very Big Fish
- #6 Italian Spiderman
- #7 The Soldier And Death


UMA CURTA POR DIA NÃO SABE O BEM QUE LHE FAZIA:
- 1# Rabbit, de Run Wrake
- 2# Aligato, de Maka Sidibé
- 3# The Cat Concerto, de Joseph Barbera & William Hanna
- 4# A Curva, de David Rebordão
- 5# Batman: Dead End, de Sandy Callora
- 6# O Código Tarantino, de Selton Mello
- 7# Malus, de António Aleixo & Crosswalk, de Telmo Martins
- 8# Three Blind Mice, de George Dunning
- 9# Bedhead, de Robert Rodriguez
- 10# Key To Reserva, de Martin Scorcese
- 11# Bambi Meets Godzilla, de Marv Newland
- 12# The Horribly Slow Murderer with the Extremely Inefficient Weapon, de Richard Gale
- 13# Stolz Der Nation, de Eli Roth
- 14# Papá Wrestling, de Fernando Alle
- 15# Glas, de Bert Haanstra
- 16# Fotoromanza, de Michelangelo Antonioni
- 17# Quem É Ricardo?, de José Barahona
- 17# Terra Incognita, de Peter Volkart


AS MELHORES PIORES CENAS DE SEMPRE:
- A Pior Luta
- A Cena Mais Metida A Martelo
- O Ataque Animal Mais Brutal
- A Perseguição Mais Alucinante
- O Duelo Mais Improvável


CLUBE DE CINEMA DE SETÚBAL:
- Janeiro
- Fevereiro
- Março
- Abril
- Maio
- Setembro
- Novembro


FESTIVAIS:
- 20º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9
- 21º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 22º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10
- 23º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10
- 24º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 26º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 12º Caminhos Do Cinema Português
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- Imago 2006
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8

;

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket



BLOCKBUSTERS:

04/01/2004 - 05/01/2004

05/01/2004 - 06/01/2004

06/01/2004 - 07/01/2004

07/01/2004 - 08/01/2004

08/01/2004 - 09/01/2004

09/01/2004 - 10/01/2004

10/01/2004 - 11/01/2004

11/01/2004 - 12/01/2004

12/01/2004 - 01/01/2005

01/01/2005 - 02/01/2005

02/01/2005 - 03/01/2005

03/01/2005 - 04/01/2005

04/01/2005 - 05/01/2005

05/01/2005 - 06/01/2005

06/01/2005 - 07/01/2005

07/01/2005 - 08/01/2005

08/01/2005 - 09/01/2005

09/01/2005 - 10/01/2005

10/01/2005 - 11/01/2005

11/01/2005 - 12/01/2005

12/01/2005 - 01/01/2006

01/01/2006 - 02/01/2006

02/01/2006 - 03/01/2006

03/01/2006 - 04/01/2006

04/01/2006 - 05/01/2006

05/01/2006 - 06/01/2006

06/01/2006 - 07/01/2006

07/01/2006 - 08/01/2006

08/01/2006 - 09/01/2006

09/01/2006 - 10/01/2006

10/01/2006 - 11/01/2006

11/01/2006 - 12/01/2006

12/01/2006 - 01/01/2007

01/01/2007 - 02/01/2007

02/01/2007 - 03/01/2007

03/01/2007 - 04/01/2007

04/01/2007 - 05/01/2007

05/01/2007 - 06/01/2007

06/01/2007 - 07/01/2007

07/01/2007 - 08/01/2007

08/01/2007 - 09/01/2007

09/01/2007 - 10/01/2007

10/01/2007 - 11/01/2007

11/01/2007 - 12/01/2007

12/01/2007 - 01/01/2008

01/01/2008 - 02/01/2008

02/01/2008 - 03/01/2008

03/01/2008 - 04/01/2008

04/01/2008 - 05/01/2008

05/01/2008 - 06/01/2008

06/01/2008 - 07/01/2008

07/01/2008 - 08/01/2008

08/01/2008 - 09/01/2008

09/01/2008 - 10/01/2008

10/01/2008 - 11/01/2008

11/01/2008 - 12/01/2008

12/01/2008 - 01/01/2009

01/01/2009 - 02/01/2009

02/01/2009 - 03/01/2009

03/01/2009 - 04/01/2009

04/01/2009 - 05/01/2009

05/01/2009 - 06/01/2009

06/01/2009 - 07/01/2009

07/01/2009 - 08/01/2009

08/01/2009 - 09/01/2009

09/01/2009 - 10/01/2009

10/01/2009 - 11/01/2009

11/01/2009 - 12/01/2009

12/01/2009 - 01/01/2010

01/01/2010 - 02/01/2010

02/01/2010 - 03/01/2010

03/01/2010 - 04/01/2010

04/01/2010 - 05/01/2010

05/01/2010 - 06/01/2010

06/01/2010 - 07/01/2010

07/01/2010 - 08/01/2010

08/01/2010 - 09/01/2010

09/01/2010 - 10/01/2010

10/01/2010 - 11/01/2010

11/01/2010 - 12/01/2010

12/01/2010 - 01/01/2011

01/01/2011 - 02/01/2011

02/01/2011 - 03/01/2011

03/01/2011 - 04/01/2011

04/01/2011 - 05/01/2011

05/01/2011 - 06/01/2011

06/01/2011 - 07/01/2011

07/01/2011 - 08/01/2011

08/01/2011 - 09/01/2011

09/01/2011 - 10/01/2011

10/01/2011 - 11/01/2011

11/01/2011 - 12/01/2011

12/01/2011 - 01/01/2012

01/01/2012 - 02/01/2012

02/01/2012 - 03/01/2012

03/01/2012 - 04/01/2012

04/01/2012 - 05/01/2012

05/01/2012 - 06/01/2012

06/01/2012 - 07/01/2012

07/01/2012 - 08/01/2012

08/01/2012 - 09/01/2012

09/01/2012 - 10/01/2012

10/01/2012 - 11/01/2012

11/01/2012 - 12/01/2012

12/01/2012 - 01/01/2013

01/01/2013 - 02/01/2013

02/01/2013 - 03/01/2013

03/01/2013 - 04/01/2013

04/01/2013 - 05/01/2013

05/01/2013 - 06/01/2013

06/01/2013 - 07/01/2013

07/01/2013 - 08/01/2013

08/01/2013 - 09/01/2013

09/01/2013 - 10/01/2013

10/01/2013 - 11/01/2013

10/01/2013 - 11/01/2013

11/01/2013 - 12/01/2013

12/01/2013 - 01/01/2014

01/01/2014 - 02/01/2014

02/01/2014 - 03/01/2014

03/01/2014 - 04/01/2014

04/01/2014 - 05/01/2014

05/01/2014 - 06/01/2014

06/01/2014 - 07/01/2014

07/01/2014 - 08/01/2014

08/01/2014 - 09/01/2014