Royale With Cheese

 Royale With Cheese

 
 



sexta-feira, setembro 30, 2005  

JAMES DEAN:

Celebra-se hoje meio século sobre o desaparecimento de James Dean.
Com apenas três filmes no currículo, Dean transcendeu o espaço e tempo, transformando-se em algo maior do que um simples ídolo cinematográfico - um ícone cultura. Em plenos anos 50, deu rosto a uma geração sem identidade e às suas frustrações. Além disso, foi ainda o inventor do cool.
Quando num dos seus filmes grita desesperado you tearing me apart, transformou-se automaticamente no verdadeiro rebelde sem causa, face visível de uma juventude desejosa de se libertar das malhas sociais estagnadas. Até que a estrada e o seu Little Bastard o levaram para longe.
Disse uma vez live fast, die young and leave a good looking corpse. O destino encarregou-se de lhe fazer justiça.



Apenas três filmes na carreira, filmados num curto espaço de dois anos, valeram-lhe um lugar na história. Foi o primeiro actor a receber uma nomeação para o Óscar póstuma. O Royale With Cheese decidiu elaborar o TOP 3 DOS FILMES DE JAMES DEAN:

3º Lugar - O Gigante (1956)
2º Lugar - A Lesta Do Paraíso (1955)
1º Lugar - Fúria De Viver (1955) - you tearing me apart

Para recordar Fúria de Viver, basta seguir este link.

Posted by: dermot @ 9:45 da manhã
|  




quinta-feira, setembro 29, 2005  

OS PSICO-DETECTIVES:

Título: I Heart Huckabees
Realizador: David O. Russell
Ano: 2004


Chegou-se a temer o pior: Os Psico-Detectives estiveram mais para o lado de lá do que o de cá, no que diz respeito a estrear no nosso país. O que não deixa de ser estranho, tendo em conta que os nomes de Jude Law, Dustin Hoffman e Mark Wahlberg (entre outros) se encontram no elenco. Qual era então o problema? Um filme demasiado inteligente para uma época propícia a um público habituado à cultura de supermercado.
No entanto, o filme sempre chegou às nossas salas, com um ano de atraso é certo, mas nada que não estejamos habituados. O problema foi a tradução. Mais uma vez nada que não estejamos habituados. Mas Os Psico-Detectives é mau demais para ser verdade. O título, não o filme, entenda-se.

Os Psico-Detectives foi um OVNI cinematográfico no ano transacto, no seguimento de O Despertar Da Mente. David O. Russell criou uma comédia existencial, que cruza delírios existencialistas com um humor absurdo, misturando no mesmo caldeirão as ideias mirabulantes de Charlie Kaufmann (que agora até nem parecem assim tão estranhas) e Wes Anderson, correntes filosóficas como o existencialismo ou o niilismo e autores como Sócrates, Descartes ou Kafka. Confuso?

Albert Markovski (Jason Schwartzman) é um activista ecológico com dificuldades em encontrar-se. E com uma estranha obsessão por um africano de dois metros de altura, que teima em cruzar a sua vida. Decide recorrer então a dois detectives existenciais, Vivian e Bernard (Lily Tomlin e Dustin Hoffman, absolutamente magistrais), que, qual Big Brother, vão observa-lo 24 horas por dia, tomando conta de todas as ocorrências da sua vida. Vida essa que conta ainda com a presença do playboy Brad Stand (Jude Law), dono da mega-cadeia de lojas Huckabees e rival numa coligação com a associação de Albert, a namroada deste, Dawn (Naomi Watts), e o bombeiro Tommy (Mark Wahlberg), outro cliente dos deectives existenciais, que acredita plenamente que o petróleo é a fonte de todos os males do planeta.

Cruzando perspectivas existencialistas de forma absurda, Os Psico-Detectives não é tanto um O Sentido Da Vida, mas sim um À Boleia Pela Galáxia, quando o computador supremo dá a resposta ao sentido da vida: 42! Tão absurdo quanto isto.
Acaba por ser esta a mensagem do realizador: a vida é absurda, não existe para ser explicada. Não são teorias positivistas, unificadoras da realidade, que a explicam, nem teorias negativistas, de caos e crueldade. Ou então até são ambas. Mas sempre moderadas, um meio-termo. É isso que constatamos quando os dois detectives existenciais passam a ser colegas de Caterine Vauban (Isabelle Huppert), uma rival francesa com métodos opostos.
Mas se a vida é um motor irracional, este tem que ser alimentado. E o único combustível é o amor. E a compreensão. Mas um e outro acabam por ser o mesmo. E o final feliz é o espelho desse sentido da vida.

Os Psico-Detectives é o típico filme que, ao chegar ao fim, nos leva a questionar se realmente gostámos ou não. A conclusão só pode ser positiva. Uma lição divertida, inteligente e até presunçosa. E não se esqueçam: um orgasmo, uma guerra ou um Le Big Mac, são tudo matéria da vida, tal como as partículas de uma manta.

Posted by: dermot @ 7:27 da tarde
|  




quinta-feira, setembro 22, 2005  

FREDDY VS. JASON:

Título: Freddy Vs. Jason
Realizador: Ronny Yu
Ano: 2003


Já todos nós, na nossa juventude, sonhámos com confrontos épicos entre os nosso super-heróis favoritos. É uma faceta natural do ser humano que nunca desaparece e só isso explica o nosso gesto instintivo de comprar todos os duelos do Godzilla, sempre que encontramos um novo nos escaparates da FNAC. Quem nunca perdeu horas a fio e rios de saliva a discutir sobre quem ganharia um hipotético confronto entre o Hulk e o Super-Homem ou o Hulk Hogan e o Mr. T?
Por isso, o cruzamento de dois franchisings como Freddy Vs. Jason é um sonho tornado realidade. Mas rapidamente esse sonho pode-se tornar num pesadelo para qualquer cinéfilo.

Freddy Krueger é Robert Englund, hoje e sempre. Além disso, era também um pedófilo esquartejador, que foi queimado vivo pelos pais de Elm Street, que fizeram justiça pelas próprias mãos. Mas Freddy voltou para assombrar as crianças nos seus sonhos, alimentando-se do medo e vingando-se à sua maneira. Para além de um carniceiro impiedoso, é também dono de um requintado senso de humor.
Jason Vorhees é aqui Ken Kirzinger, em vez de Kane Hodder. Variadas celeumas fizeram correr rios de tinta, mas Ronny Yu sempre se desculpou com o tamanho do actor para promover esta troca. Jason morreu afogado num campo de férias, quando tinha 11 anos, devido à negliência dos monitores. Depois disso, voltou sempre para se vingar nas crianças que visitavam essa colónia de féria. Jason não é um carniceiro como Freddy, mas é um filho-da-mãe vingativo. E cool, sempre muito cool e sempre sem soltar palavra.

Era complicado cruzar estas duas lendas do cinema de terror, que quer queiramos quer não, estiveram na génese dos actuais slasher teen movies. Ronny Yu fê-lo da seguinte maneira: já ninguém se lembra de Freedy Krueger em Elm Street. Os jovens que se recordavam dele foram postos de quarentena num hospício e uma droga expeirmental lavou-lhes o cérebro. Como Freddy se alimenta dos medos das pessoas, encontrava-se fraco. A solução encontrada foi manipular os sonhos de Jason, levando-o para Elm Street. Quando este iniciasse o banho de sangue o medo voltaria e, consequentemente, Freddy Krueger. Mas Jason Voorhees é uma máquina de matar e depois de provar o sangue não quer outra coisa. E começam a deixar de haver vítimas para Freddy se divertir...

A premissa do filme é engraçado e, no mínimo, curiosa. Não há muita metafísica nem muita inverosimilhança. Então qual é o problema? O problema é resto do filme.
Como Freddy Vs. Jason não poderia ser apenas as duas lendas a degladiarem-se, Ronny Yu criou uma trama com jovens atraentes que mostram muita pele, cruzando variada informação dos anteriores episódio de Pesadelo Em Elm Street. O resultado é uma mescla de ideias díspares, que se resolvem à velocidade da luz com um simples diálogo, em que as personagens se conhecem, se perdoam e se reencontram como se fosse a coisa mais natural do mundo. E ainda há tempo para raves, sexo e ganzas, ou não estivessemos na geração MTV.

Até esta altura o filme é mau, pura e simplesmente mau. Ponto final, parágrafo. Não há suspense, as mortes pouco mais têm de banho de sangue (com excepção da morte da cama, que ao que parece até nem era para ter sido filmada) e o argumento atropela-se. E depois há o main event; e aí sim, há interesse.
Ronny Yu apostou mais em Freddy do que em Jason; aproveitou o carisma do primeiro e transformou o segundo numa crinaça traumatizada, com emoções a mais. Há muitas recordações de infância e episódios lamechas, perfeitamente dispensáveis para uma personagem com dois metros de altura, que se diverte a cortar jovens ao meio.
Mas quando os dois se encontram, aí sim, estamos a falar de Freddy Vs. Jason. Há jorros de sangue na boa tradição japonesa, há cenas gore que nada devem ao gore italiano e há sadismo puro e cru. E mais importante de tudo, no final há um vencedor! Nada daquelas tretas dos empates; todos nós sabemos que uma luta de rua tem sempre um vencedor.

Freddy Vs. Jason não é um bom filme, nem faz juz aos títulos anteriores de ambas as séries. Além disso, quase que desrespeita completamente Jason, ao coloca-lo no meio de uma rave a chachinar jovens criados a junk food e música ordinária. No entanto, redime-se no ponto mais importante do filme, naquele que todos esperávamos.
Por isso, se alugar o DVD não se iluda. Salte os capítulos do filme até ao final, que não perderá nada. E garanto que o Cheeseburguer saberá ao mesmo.

Posted by: dermot @ 1:07 da tarde
|  




segunda-feira, setembro 19, 2005  

SHAOLIN VS. EVIL DEAD:

Título: Shaolin Vs. Evil Dead
Realizador: Douglas Kung
Ano: 2004


Mais do que uma série de filmes de culto, a triologia Evil Dead é uma autêntica instituição. Por isso, um filme como Shaolin Vs. Evil Dead pode ser encarado segundo dois ângulos: um acto de grande coragem ou um acto de enorme atrevimento. Claro que a segunda opção é a mais correcta...
No entanto, após ver o filme há uma emenda a fazer: no título, onde se lê evil dead deve-se ler zombies.

Gordon Liu (esse mesmo, o Pai Mei de Kill Bill) e Terry Fan Siu-Wong são Pak e Hak, respectivamente, dois irmãos padres shaolins que não se dão bem. E enquanto o primeiro se dedica a zelar pelo descanso eterno do espírito dos zombies (o zombie é uma criatura irrequieta, porque não consegue um descansar a alama em paz), o segundo prefere purga-los, estilhaçando-os aos pedaços. Esta atitude rebelde vai tornando-o maléovolo aos poucos e poucos, transportando-o para o lado negro da força. Pelo meio existe ainda uma história de amor poribido entre os aprendizes dos shaolins, qual Romeu E Julieta e uma maternidade zombie algo estranha.

Shaolin Vs. Evil Dead é algo mais do que um simples filme trash. Pouco mais, mas mais... É um zombie flick com direito a wi-fu, coreografias elaboradas e chinesices cósmicas, intercalado com comic reliefs, que vão desde o humor físico de Buster Keaton, que Jackie Chan tanto aprecia, até ao humor ocidental mais screwball. Mesmo assim, o seu baixo orçamento permite-lhe melhor aspecto do que o filme português de maior orçamento.

Resumindo: Shaolin Vs. Evil Dead é um filme de múltiplos confrontos entre os shaolins e os zombies, em que só muda o cenário, com alguns diálogos pelo meio, em que muitos não se entendem. Além disto, o argumento está cheio de lacunas (os dois irmãos odeiam-se porque um é rebelde e porque não tens nada a ver com isso) e alguns momentos rídiculos (como um combate de xadrez fantasma). E isto tudo em hora e meia de filme...
Depois, o padre-shaolin maléovolo desperta acidentalmente o Rei dos Vampiros, que por sua vez traz à tona o maior exército de zombies alguma vez visto. Os dois irmãos vão ter de esquecer as divergências e unir esforços, fundindo os cinco elementos, para uma batalha de proporções épicas. Esta é a melhor parte e, acredite ou não, dura dois minutos e ocorre de forma resumida, no canto superior esquerdo do ecrã, enquanto passam os créditos finais.

Shaolin Vs. Evil Dead é o verdadeiro entretenimento xunga que se confunde com pipocas e domingo à tarde. E o Happy meal explica-se facilmente da seguinte forma: um ponto para o inegualável Gordon Liu, outro ponto para os zombies orientais, algo que não se vê muitas vezes e outro ponto para a explicação derradeira de porque é que os zombies andam sempre com ambos braços esticados - para manter uma distância de segurança, de forma a não tropeçarem uns nos outros.

Posted by: dermot @ 11:44 da manhã
|  




domingo, setembro 18, 2005  

IMAGO 2005:

Desde o início que o Royale With Cheese se preocupou em dar destaque aos principais festivais nacionais, sempre que tal lhe era possível. Tem sido assim com o Festróia e foi assim, este ano, com o Festival Caminhos Do Cinema Português.
Agora, a poucos dias de começar, o Royale With Cheese decidiu fazer uma projecção sobre o IMAGO 2005, o festival de cinema do Fundão que se tem vindo a afirmar no panorama cinematográfico nacional. Este ano as expectativas são altas, num festival que prima pelo ecletismo, misturando cinema, música e artes plásticas. Este ano destacam-se os nomes de Jess Franco e Terry Gilliam.
Para dar a conhecer um pouco mais o festival, estivemos à conversa com Sérgio Felizardo, produtor executivo do certame.



Royale With Cheese – Não consigo iniciar esta conversa por outro lado: o que nos espera nesta edição do IMAGO 2005?
Sérgio Felizardo - Na Selecção Oficial do Festival, e para além das competições de curtas metragens - Oficial Internacional e Docs in Shorts (a que se junta no Heineken Open Space a competição Under 25) – em que o público se vai poder aperceber do panorama actual da produção cinematográfica mundial, nomeadamente do cinema feito por jovens realizadores, destaco os programas especiais dedicados às primeiras obras de Terry Gilliam, ao percurso carismático do veterano Jess Franco e à aposta no futuro com a "Prospectiva Rosto – Novas Fronteiras da Imagem”.
Penso que este ano temos também uma programação musical (iminentemente ligada à imagem) na secção Sound & Vision Experience bastante forte. Tenho de destacar as estreias absolutas em Portugal de Kid Koala e Erlend Oye a solo (já esteve várias vezes como DJ, mas nunca para tocar a solo e em concerto acústico). Também em estreia vão estar os Toolshed, de Graham Massey dos 808 State, e os Sirconical, projectos da editora de Andy Votel e Badly Drawn Boy, a Twisted Nerve, que apresentam filmes-concerto que prometem ser surpreendentes. E, claro, destaco ainda o Namosh, o projecto Ana e o DJ set da Alex, que decorrem numa festa patrocinada pela revista espanhola NEO2 e os portugueses Old Jerusalem, Musgo e Norton, estes com uma apresentação especial de versões de músicas indie que fazem parte da banda sonora de vários filmes.
Depois há exposições, vídeo-clips, VJ’s, lançamentos de DVD’s, entre muitas outras coisas, entre as quais é preciso não esquecer as master classes de Jess Franco e Rosto, bem como o workshop dirigido por Rita Nunes e em que, em três dias, se vai concretizar um vídeo-clip para uma música cedida por Namosh.

RWC – O IMAGO tem vindo a ganhar cada vez mais espaço no território nacional dos festivais de cinema e até mesmo maior visibilidade internacional. Até onde pode (e quer) chegar o Imago?
SF - O IMAGO quer chegar a cada vez mais países, quer ganhar cada vez maior visibilidade e reconhecimento internacional e nacional, de forma a que possa ser cada vez mais uma referência de peso no universo do cinema jovem, que é a nossa área por excelência e que pensamos ser aquela onde é mais aliciante apostar.

RWC – Este ano, nas secções paralelas, o festival vai homenagear Terry Gilliam e D. Quixote. Como surgiu a ideia de prestar tributo a estas duas figuras que acabam por ter tanto em comum? Foi a ideia de comemorar os 400 anos da publicação de D. Quixote que levou até Terry Gilliam ou foi o contrário?
SF - Esta ideia acabou por surgir um pouco à custa de várias coincidências felizes. A ideia de homenagear Terry Gilliam apareceu no âmbito do Early Years..., programa já habitual dedicado às primeiras obras de um realizador já consagrado. Ao mesmo tempo havia a ideia de dedicar um programa do Festival a obras cinematográficas inacabadas. Ora, aqui chegámos ao amaldiçoado “D. Quixote” do Gilliam e ao documentário que descreve a autêntica odisseia que foi a sua tentativa de filmar o Quixote, bem como chegámos ao D. Quixote de Orson Welles, que acabou por ser finalizado por Jess Franco. Daqui a substituirmos o programa pensado inicialmente por um dedicado aos 400 anos do Quixote, juntamente com curtas metragens oriundas de vários pontos do planeta foi um passo que nos pareceu lógico.

RWC – Confirma-se a presença de Terry Gilliam?
SF - Infelizmente para nós (felizmente para ele) Terry Gilliam acaba de lançar quase ao mesmo tempo os dois filmes que há anos tinha pendentes e, como tal, é-lhe impossível estar no Fundão. Mas foi extremamente simpático e interessado e recentemente alertou-nos para o facto de não poder vir, como gostava, mas que estava muito sensibilizado com a homenagem e tinha muita pena de não estar presente.

RWC – Porque não acontece mais vezes os actores e os realizadores deslocarem-se ao nosso país, não só para promover os seus filmes, mas mesmo para outras iniciativas?
SF - Penso que terá tudo a ver com uma questão de tamanho de mercado. Não somos um país onde se calhar valha muito a pena gastar uma imensidão de dinheiro para vir promover um filme .
No nosso caso, no entanto, e como dedicamos as competições exclusivamente a jovens realizadores, temos muitos cineastas interessados em estar no Fundão.

RWC – Da programação definitiva o que apontava do cartaz ao grande público, como conselho pessoal?
SF - Pessoalmente, no que ao cinema diz respeito, destaco as competições que na minha opinião estão muito interessantes. Depois, no que à parte musical diz respeito, as estreia do Kid Koala e do Erlend Oye, todo o programa da Twisted Nerve e o concerto especial dos Norton.

RWC – O Open Space, que o ano passado era uma mostra, este ano passou a ser uma competição. Quer falar disso?
SF - O Open Space não era uma mostra, o Open Space, sponsorizado pela Heineken, é um espaço multidisciplinar em que aliamos a componente mais social do Festival à mostra de coisas mais ligadas à área do vídeo, sejam vídeo-clips, trabalhos mais experimentais, ou programações temáticas, como é o caso do Sónarcinema, por exemplo, em parceria com o Festival Sónar, ou do Projecto VS, que este ano vai ver uma edição em DVD.
O que houve em 2004 foi um programado denominado Free Screen, dentro do Open Space, em que passámos trabalhos em vídeo de jovens realizadores portugueses. Este ano decidimos transformar o conceito em competição, mas abrindo-a também à participação internacional. Chama-se Under 25, é para jovens realizadores até aos 25 anos e com filmes de baixo orçamento, em vídeo, e tem a particularidade de atribuir um prémio geral a que concorrem todos os participantes, mas também um especificamente nacional.

RWC – O Júri Jovem também surge este ano em novo formato, certo?
SF - O formato já tinha sido pensado mais ou menos nestes moldes em 2004, mas este ano consolidou-se. Temos três elementos escolhidos a nível regional e 7 a nível nacional, que vão estar connosco toda a semana e atribuir um prémio no valor de mil euros. E posso dizer que foi um sucesso absoluto, pois recebemos 32 concorrentes de todo o País, que tiveram de escrever uma crítica a um filme e sujeitarem-se depois à avaliação dos elementos do Festival, da revista Premiere, da revista Raia e do IPJ – delegação de Castelo Branco, nossos parceiros nesta iniciativa.

RWC – Não queria terminar sem uma pequena e já tradicional ronda de perguntas directas, que já se tornou um hábito aqui no Royale With Cheese:
- Quem seria o convidado perfeito para visitar o Imago numa próxima edição?
Wes Anderson
- E musicalmente, quem seria o convidado perfeito?
Belle and Sebastian
- Se o festival contasse com uma rubrica de sua inteira responsabilidade, dedicada às obras imperdíveis da sétima arte, quais os filmes que estariam lá?
Jackie Brown, Lost in Translation - O Amor É Um Lugar Estranho, Scarface, Perseguido Pelo Passado, Alta Fidelidade, Era uma vez na América.

Posted by: dermot @ 10:50 da manhã
|  




sexta-feira, setembro 16, 2005  

CHARLIE E A FÁBRICA DE CHOCOLATE:

Título: Charlie And The Chocolate Factory
Realizador: Tim Burton
Ano: 2005


Tim Burton, Johnny Depp e Danny Elfman - uma tríade de sucesso, que já experimentaram a fórmula mágica por mais do que uma vez no passado e que agora se voltam a juntar para a segunda adaptação do clássico homónimo da literatura juvenil Charlie E A Fábrica De Chocolate. Logo à partida é uma aposta ganha: a capacidade para criar fábulas e contos de fadas de Burton, a magia e a criatividade das interpretações de Depp e a habilidade nata de Elfman para completar com música este triângulo de sucesso, ditam à partida condições para sucesso total.
O único problema chama-se A Maravilhosa Aventura De Charlie, a adaptação de 1971.

Sou um admirador confesso de Tim Burton, longe dos que pensam que é um realizador a viver dos louros passados. Eu que até nem desgosto de Planeta Dos Macacos... Mas como admirador incondicional de A Maravilhosa Aventura De Charlie é-me impossível não estabelecer comparações entre ambos. E no final chegar à constatação que Tim Burton falhou desta vez.

Mas deixem-me fazer uma breve sinopse: Willy Wonka (Johnny Depp) é um excêntrico chocolateiro(!), um fazedor de doces por natureza, que decide sair da reclusão a que se submetera e abrir as portas da sua gigantesca fábrica a cinco sortudos que descobrirem o bilhete premiado nas embalagens de chocolate. Dos cinco rapazes, o mais sortudo deles todos é Charlie (Freddie Highmore), proveniente de uma família mais pobre que a própria pobreza. O que se segue é uma aventura inesquecível, de cor, magia e emoção.

Charlie E A Fábrica De Chocolate é uma fábula para adultos, um filme familiar na boa tradição norte-americana, como O Feiticeiro De Oz. No entanto, ao contrário do livro, Burton não deixa nada implícito e sugestionável, explicando tudo o que se passa. Ao contrário de A Maravilhosa Aventura De Charlie, que é um filme mais negro e mais misterioso, Charlie E A Fábrica De Chocolate assemelha-se a um cartune em que o cartunista escreveu por baixo uma nota explicativa. Como se as caricaturas extremas das crianças não chegassem...

Mas Burton não se limitou à história original e inventou. Inventou demais! E o problema não está nas salas descabidas de fogo de artífico ou de private jokes de ovelhas cor de rosa; o problema está em Willy Wonka. Wonka é uma criança aprisionada num corpo de adulto, mas que despreza fedelhos. É um excêntrico, um doido e ao mesmo tempo um génio. Não precisa de estrutura familiar para o suportar, nem precisa de dar justificações. Mas Burton, tal como fez com o filme, decidiu explicar o que se passa com Wonka. Deu-lhe um passado, deu-lhe traumas de infância, apresentou o pai e criou um fim estapafúrdio, que estica a história para sítios escusados.

Se formos comparar com a versão de 71 percebemos que esta tem uma aura mais mágica, enquanto que a outra é mais verosímil - resultado dos avanços tecnológicos. Mas mesmo assim, os Oompa Loompas conseguem ser mais interessantes em 1971. Mais uma vez não são os nativos da Oompalândia, mas sim clones digitalmente manipulados de Deep Roy. Tudo bem que é um actor com uma expressão engraçada, mas clona-lo até à exaustão é uma decisão que não se compreende. Os Oompa Loompa são uma raça indígena, não o exército de clones de George Lucas.

E depois há a comparação inveitável: Johnny Depp e Gene Wilder. Johnny Depp é perfeito na criação de bonecos como este e, diga o que disser, desta vez o seu molde foi mesmo Michael Jackson (e Howard Hughes). Mas Gene Wilder construiu uma reputação à conta dessa personagem. Ambos fazem uma abordagem bastante pessoal de Willy Wonka: Depp é mais louco e detesta mais crianças; Wilder é mais excêntrico e contido. Ambos estão perfeitos. Mas Gene Wilder será sempre Willy Wonka e Johnny Depp Eduardo Mãos De Tesoura.

Charlie E A Fábrica De Chocolate não é um mau filme, Burton não o sabe fazer, mas é sem dúvida, um dos mais fracos do realizador dos últimos anos. E o primeiro problema é haver um ponto de comparação (curiosamente como em Planeta Dos Macacos). Danny Elfman acaba por ser o elo mais forte desta ligação, criando uma fabulosa banda-sonora para os Oompa Loompas, subsituíndo as aborrecidas canções de A Maravilhosa Aventura De Charlie.
Por tudo isto Charlie E A Fábrica De Chocolate é um McChicken. De chocolate, obivamente.



Para os que querem recordar A Maravilhosa Aventura De Charlie sem os incovenientes de o procurarem na extensa lista do vosso lado direito do ecrã, fica aqui um link directo.

Posted by: dermot @ 12:18 da manhã
|  




domingo, setembro 11, 2005  

À BOLEIA PELA GALÁXIA:

Título: The Hitchhiker's Guide To The Galaxy
Realizador: Garth Jennings
Ano: 2005


No princípio era o caos. Depois deu-se o big bang e no seu local apareceu a Terra. Saltamos depois vários capítulos e chegamos a Douglas Adams, o criador da triologia de cinco(!) livros The Hitchhiker's Guide To The Galaxy, que formaram uma autêntica legião de fãs e viciados, tal como Tolkien e o seu O Senhor Dos Anéis. No entanto, apesar da triologia de Adams ser muito menos acessível, o culto criou-se e deu azo a programa de rádio, série televisiva, peça de teatro e toalha de banho(!).

À Boleia Pela Galáxia foi o último sonho de Douglas Adams que demorou quase vinte anos a ser realizado; tarde demais. Douglas Adams não resistiu à doença e morreu antes de finalizar o argumento para esta adaptação cinematográfica. Garth Jennings, realizador de telediscos, cocluiu a tarefa e pode-se dizer que honrou a memória do criador. À Boleia Pela Galáxia é resumo adaptado do essencial do primeiro livro dos cincos: uma paródia ao absurdo da vida (lembram-se de O Sentido Da Vida?), satírica, nonsense e por vezes polémica, num registo de ficção-científica, uma vez que é o único suporte capaz de dar alguma credibilidade às teorias criadas.

A terra vai então se destruída para deixar passar uma auto-estrada. As auto-estradas têm de passar e por isso a Terra tem de ser destruída. Arthur Dent (Martin Freeman) é, no entanto, um terráqueo com sorte, uma vez que o seu amigo Ford (Mos Def) salva-o, levando à boleia pela galáxia. Ford é na realidade o alienígena autor do guia para andar à boleia pela galáxia, um best-seller universal bastante acessível, mais barato que a enciclopédia e que contém o aviso "Nada de Pânico". Os dois amigos, juntamente com o rebelde presidente da galáxia Zaphod Beeblebrox (Sam Rockwell) e a sua namorada Trillian (Zooey Deschanel), uma terráquea ansiosa por viajar, vão embarcar numa empresa épica e prodigiosa, onde mais não vou adiantar para não estragar a surpresa.

À Boleia Pela Galáxia vive da supresa, desconstruindo e colocando em causa factos empíricos, manietando o absurdo à boa maneira do humor inglês. Os Monty Phytons são regularmente relembrados, principalmente com o momento musical inicial e a hilariante cena em que é revelada a Verdade Da Vida, Do Universo E De Tudo Mais. Também a condição humana é parodiada, principalmente através do robot depressivo Marvin (Warwick Davis), que será sem dúvida a mais popular e divertida figura do cinema de 2005.

Comédia existencialista de ficção-científica, é um filme surreal de momentos hilariantes que faz rir verdadeiramente. Com um rol de interpretações brilhantes (Mos Def you can quit your day job), com destaque para o sempre genial Sam Rockwell, é John Malkovich quem sai prejudicado no papel do líder religioso Humma Kavula, persongaem criada por Douglas Adams de propósito para o filme; a personagem ressente-se dessa pouca atenção que lhe fazem, sendo mais um boneco fugaz do que uma personagem.

À Boleia Pela Galáxia é um filme fabuloso, uma comédia muito british de um humor inteligente, não acessível a muita boa gente. Além disso, conta com umas animações geniais para ilustrar o Guia Para Andar À Boleia Pela Galáxia. Só é pena que a palavra belgium, a palavra mais rude do universos, seja usada como palavrão sem nenhuma explicação. Mas para isto servem as outras visualizações. E todas elas merecerão um Le Big Mac.

Posted by: dermot @ 10:31 da manhã
|  




sábado, setembro 10, 2005  

ROYALE WITH CHEESE:

Tal como a indústria cinematográfica, também o Royale With Cheese se prepara em força para este último trimestre de um ano que está a ser bastante pobre em termos cinéfilos.
Adeus silly season, olá rentreé cinematrográfica.
Assim, para marcar o regresso às actividades regulares longe do piloto automático, o Royale With Cheese apresenta o seu logotipo oficial, cortesia de Vitrugo. Por isso já sabem, se começarem a ver por aí este símbolo, não se admirem.
Quanto a actividades paralelas, já na semana que se adivinha lançarei uma antevisão sobre o Imago 2005, o festival de cinema do Fundão que se aproxima.

Image hosted by Photobucket.com

Posted by: dermot @ 4:11 da tarde
|  




terça-feira, setembro 06, 2005  

SALTO MORTAL:

Título: Somersault
Realizador: Cate Shortland
Ano: 2004


Salto Mortal não é um filme fácil, antes pelo contrário, é mesmo bastante difícil; um filme complicado que exige uma enorme disposição e um cansativo esforço mental para ligar certos fragmentos dispersos, frágeis demais para serem lineares. E para entender o quão complicado é, imagine um road movie sem estradas e viagem...
Apesar de ter sido um papa-orémios na sua Austrália natal, os sete anos que demoraram a fazer Salto Mortal deixavam já um leve presságio no ar: não tinha sido um parto totalmente feliz.

Heidi (Abbie Cornish) é uma jovem de 16 anos, ingénua e incorrupta pela consciência da idade, à procura de si própria, que se acaba por envolver com o namorado da mãe; o choque leva-a a fugir de casa até às terras nevadas da New South Wales, onde vai procurar independência, tomar consicência de si e do Mundo e, especialmente, descobrir as diferenças entre o sexo e o amor. E descobrir que o amor deixa algumas nódoas negras.
Com a ingenuidade das crianças que descobrem o Mundo nas folhas secas caídas numa piscina vazia ou no piar de uma coruja à noite, Heidi vai conhecer novos amigos e envolver-se em relacionamentos perigosos, através da melhor escola da vida: a da experimentação. É aí que conhece Joe (Sam Worthington), um jovem à procura de amor, seja próprio, o de uma mulher, o de um homem, ou o do seu pai.

Salto Mortal não é um filme feliz. Tem boas ideias e perspectivas interessantes, mas funciona demasiado na base da sugestão, em que tudo são pontas soltas demasiado frágeis que nem sempre se ligam. Além disso tem um início desastroso; o filme arranca em cima dos acontecimentos, não dá tempo para conhecermos Heidi, o que a deixa sempre envolta numa aura a parecer a fraude; nunca percebemos quais são os seus antecedentes que a levaram áquela crise, apenas sabemos que sim porque sim. Melhor sorte tem Joe, cuja personagem ganha profundidade e dimensão, longe da caricatura que Heidi é muitas vezes.
Além disso, Salto Mortal passa demasiadas vezes por lugares comuns, como as imagens na estrada à road movie e os planos do céu com nevoeiro e nuvens a passar.

Melhor mesmo é a banda-sonora e, principalmente, as interpretações dos dois protagonistas. Abbie Cornish não só é linda como ingenuamente angelical, mas que deixa transparecer uma ponta de perversidade maliciosa; e Sam Worthington é expressivo e contido, num papel que lhe agoira um promissor futuro.

Salto Mortal é um filme demasiado extrapolado e algo pretensioso, em que a intenção é bastante melhor que a acção. E quando falo em Double Cheeseburger já estou a contar, obviamente, com o strip sensual de Abbie Cornish com os fabulosos Jailbait a tocar por cima.

Posted by: dermot @ 11:14 da tarde
|  


 

UMA BOA MULHER:

Título: A Good Woman
Realizador: Mike Barker
Ano: 2004


A estreia de Uma Boa Mulher passou completamente ao lado da comunicação social, apesar de contar com a presença do mais badalado ícone cinematográfico feminino actual, Scarlett Johansson. Só podemos lamentar que isso tenha acontecido, mas é o preço a pagar em plena silly season.

Adaptação fiél do romance de Oscar Wilde O Leque Da Senhora Windermere (que por sua vez foi adaptado também com sucesso para o teatro), Uma Boa Mulher é a estória de Mrs. Erlynne (Helen Hunt), uma americana liberal na América dos anos 30, autêntico terror das mulheres casadas de Nova Iorque, o que lhe valia constantemente apelidos como libertina ou promíscua, apenas para citar os melhores. Quando a sua boa fortuna se esgotou, Mrs. Erlynne decidiu aproveitar a nova porta que se abriu; mudada para Amalfi, numa Itália mais cosmopolita do que seria de supor, vai estabelecer contacto com a recém-casada Mrs. Windermere (scarlett Johansonn) e, sobretudo, com o marido desta (Mark Umbers).
Num meio pequeno e socialmente agitado como Amalfi é difícil esconder o que quer que seja e os boatos, verdadeiros ou falsos, começam a correr livremente. E pelo meio há ainda Lord Darlington (Stephen Campbell Moore), que acredita que a felicidade conjugal é um fardo demasiado pesado para ser carregado por ambas as partes do casal...

Uma Boa Mulher tem um início algo precoce, mas rapidamente aterra numa plataforma de interesse; e quando começa a estabilizar sofre um safanão, ganhando nova direcção e renovado interesse, com tamanha imprevibilidade na intriga.
Filme de época clássico, comprovado pela banda-sonora e, especialmente, pela cinematografia-tipo-postal-de-recordações, Mike Barker cria um comédia de valores crítica, valendo-se de um magnífico guarda-roupa.

O mais interessante do filme são os diálogos, que demonstra um excelente trabalho do realizador no apanhado da obra ímpar de Oscar Wilde, que continua tão actual como há sete décadas arás; uma crónica de costumes que Buñuel não faria melhor, sobre a realidade social da classe alta inglesa, com intrigas, boatos e adultério, tudo julgado pelos olhares perscrutadores dos restantes, que mais parecem os velhotes dos Marretas.

Quanto às interpretações, uma vez que não sou da opinião generalizada de que Scralett Johansonn seja de um talento acima da média - acho sim que é uma actriz com uma cara bonita que executa de maneira incopetente aquilo para que lhe pagam - vou dedicar este parágrafo a Helen Hunt. Muitas vezes esquecida, Helen Hunt está aqui num papel que seria perfeito para a diva Sophia Loren, numa interpretação deslumbrante de femme fatale, em que cada ruga é um sinal de charme irresistível.

Uma Boa Mulher é uma rara excepção da adaptação cinematográfica que não é pior que o livro, fazendo jus a um dos maiores nomes da literatura mundial, Oscar Wilde. Além disto, o Le Big Mac justifica-se ainda pela decisão acertada de Mike Barker de trocar o título original enigmático por um mais ambíguo, que dá maior profundidade à trama.

Posted by: dermot @ 8:42 da manhã
|  





COTAÇÃO:
10 - Royale With Cheese
9 - Le Big Mac
8 - McRoyal Deluxe
7 - McBacon
6 - McChicken
5 - Double Cheeseburger
4 - Cheeseburger
3 - Caixinha de 500 paus (Happy Meal)
2 - Hamburga de Choco
1 - Pão com Manteiga

TAKE:
Take - cinema magazine | take.com.pt


ARE YOU TALKING TO ME:
DUELO AO SOL
CLARENCE HAD A LITTLE LAMB
GONN1000
BITAITES
ANTESTREIA
CINEBLOG
CINEMA NOTEBOOK
CONTRA CAMPO
ZONA NEGRA
O MELHOR BLOG DO UNIVERSO
A CAUSA DAS COISAS
O MEU PIU PIU
AMARCORD
LAURO ANTÓNIO APRESENTA
SARICES ARTÍSTICAS
A RAZÃO TEM SEMPRE CLIENTE
MIL E UM FILMES
AS IMAGENS PRIMEIRO
A DUPLA PERSONALIDADE
TRASH CINEMA TRASH
SUNSET BOULEVARD
CINEMA XUNGA


ARE YOU TALKIN' TO ME?
cinephilus@mail.pt


CRÍTICAS:
- A Armadilha
- A Arte De Pensar Negativamente
- A Árvore Da Vida
- A Balada de Jack And Rose
- A Bela E O Paparazzo
- A Boda
- À Boleia Pela Galáxia
- A Cabana Do Medo
- A Cela
- A Canção De Lisboa
- A Cara Que Mereces
- A Casa Dos 1000 Cadáveres
- A Casa Maldita
- A Cidade Dos Malditos
- A Ciência Dos Sonhos
- A Comunidade
- A Cor Do Dinheiro
- A Costa Dos Murmúrios
- A Criança
- A Dália Negra
- A Dama De Honor
- A Descida
- A Duquesa
- À Dúzia É Mais Barato
- A Encruzilhada
- A Estrada
- A Estranha Em Mim
- A Frieza Da Luz
- A Fúria Do Dragão
- A História De Uma Abelha
- A Honra Da Família
- A Janela (Maryalva Mix)
- A Lagoa Azul
- A Lenda Da Floresta
- A Liga Dos Cavalheiros Extraordinários
- A Lista De Schindler
- A Lojinha Dos Horrores
- A Mais Louca Odisseia No Espaço
- A Maldição Da Flor Dourada
- A Mansão
- A Maravilhosa Aventura De Charlie
- A Marcha Dos Pinguins
- A Máscara
- A Máscara De Cristal
- A Menina Jagoda No Supermercado
- A Minha Bela Lavandaria
- A Minha Vida Sem Mim
- A Morte Do Senhor Lazarescu
- A Mosca
- A Mulher Do Astronauta
- A Mulher Que Viveu Duas Vezes
- A Múmia
- A Noiva Cadáver
- A Noiva Estava De Luto
- A Origem
- A Outra Margem
- A Paixão De Cristo
- A Pele Onde Eu Vivo
- A Pequena Loja Dos Horrores
- A Prairie Home Companion - Bastidores Da Rádio
- A Presa
- À Procura Da Terra Do Nunca
- A Promessa
- À Prova De Morte
- A Rainha
- A Rai­nha Africana
- A Raiz Do Medo
- A Rapariga Santa
- A Rede Social
- A Religiosa Portuguesa
- A Ressaca
- A Residencial Espanhola
- A Sangue Frio
- A Secretária
- A Semente Do Diabo
- A Senhora Da Água
- A Severa
- A Sombra Do Caçador
- A Sombra Do Samurai
- A Tempestade No Meu Coração
- A Tempo E Horas
- A Torre Do Inferno
- A Turma
- A Última Famel
- A Última Tentação De Cristo
- A Valsa Com Bashir
- A Verdadeira História De Jack, O Estripador
- A Viagem De Chihiro
- A Viagem De Iszka
- A Vida De Brian
- A Vida É Um Jogo
- A Vida É Um Milagre
- A Vida Em Directo
- A Vida Secreta Das Palavras
- A Vila
- A Vítima Do Medo
- A Vizinha Do Lado
- A Volta Ao Mundo Em 80 Dias
- Aberto Até De Madrugada
- Abraços Desfeitos
- Acção Total
- Aconteceu No Oeste
- Across The Universe
- Actividade Paranormal
- Acusado
- Adam Renascido
- Admitido
- Adriana
- Aelita
- Ágora
- Água Aos Elefantes
- Air Guitar Nation
- Albert, O Gordo
- Aldeia Da Roupa Branca
- Alice
- Alice In Acidland
- Alice No País Das Maravilhas
- Alien - O Oitavo Passageiro
- Aliens - O Reencontro Final
- Alien - A Desforra
- Alien - O Regresso
- Alien Vs. Predador
- Alien Autopsy
- Alma Em Paz
- Almoço De 15 De Agosto
- Alphaville
- Alta Fidelidade
- Alta Golpada
- Alta Tensão
- Alucinação
- Amália
- Amarcord
- American Movie
- American Splendor
- Amor À Queima-Roupa
- Amor De Verão
- Amor E Corridas
- Amor E Vacas
- Amor Em Las Vegas
- Amor Ou Consequência
- And Soon The Darkness
- Angel-A
- Animal
- Annie Hall
- Anónimo
- Antes Do Anoitecer
- Antes Que O Diabo Saiba Que Morreste
- Anticristo
- Anvil! The True Story of Anvil
- Anytinhig Else - A Vida E Tudo Mais
- Appaloosa
- Apocalypto
- Aquele Querido Mês De Agosto
- Aracnofobia
- Aragami
- Arizona Dream
- Armin
- Arséne Lupin - O Ladrão Sedutor
- As Asas Do Desejo
- As Aventuras De Jack Burton Nas Garras Do Mandarim
- As Aventuras De Tintim - O Segredo Do Licorne
- As Aventuras Do Príncipe Achmed
- As Bandeiras Dos Nossos Pais
- As Bonecas Russas
- As Canções De Amor
- As Crónicas De Narnia - O Leão, A Feiticeira E O Guarda-Roupa
- As Diabólicas
- As Ervas Daninhas
- As Invasões Bárbaras
- As Lágrimas Do Tigre Negro
- As Leis Da Atracção
- As Noites Loucas Do Dr. Jerryll
- As Penas Do Desejo
- As Tartarugas Também Voam
- As Vidas Dos Outros
- Aberto Até De Madrugada
- Assalto À Esquadra 13 (1976)
- Assalto À Esquadra 13 (2005)
- Assalto Ao Santa Maria
- Assassinos Natos
- Ata-me
- Até Ao Inferno
- Até Ao Limite Do Terror
- Atraídos Pelo Crime
- Através Da Noite
- Attack Of The 50 Foot Woman
- Aurora
- Austrália
- Autocarro 174
- Avatar
- Aviva, Meu Amor
- Aztec Rex
- Azul Metálico

- Babel
- Backbeat, Geração Inquieta
- Balas E Bolinhos - O Regresso
- Balbúrdia No Oeste
- Bando À Parte
- Baraka
- Barbarella
- Barreira Invisí­vel
- Batman
- Batman Regressa
- Batman - O Início
- Be Cool
- Beijing Bastards
- Belleville Rendez-Vouz
- Bem-vindo À Zombieland
- Bem-vindo Ao Norte
- Berlin 36
- Birth - O Mistério
- Biutiful
- Black Sheep
- Black Snake Moan - A Redenção
- Blade Runner - Perigo Iminente
- Blueberry
- Boa Noite E Boa Sorte
- Bobby Darin - O Amor É Eterno
- Body Rice
- Bombom
- Bom Dia Noite
- Bom Dia Vietnam
- Bonnie E Clyde
- Boogie Nights
- Borat
- Brasil - O Outro Lado Do Sonho
- Breakfast On Pluto
- Brincadeiras Perigosas (2007)
- Brisa De Mudança
- Bronson
- Bruce, O Todo-poderoso
- Bruiser - O Rosto Da Vingança
- Bruno
- Buffalo 66
- Bubba Ho-Tep
- Bullit
- Bunker Palace Hotel
- Buried
- Busca Implacável
- Bz, Viagem Alucinante

- Cadillac Records
- Cães Danados
- Cães De Palha
- Café E Cigarros
- Call Girl
- Camino
- Capitão Alatriste
- Capitão América - O Primeiro Vingador
- Capote
- Carrie
- Cartas Ao Padre Jacob
- Cartas De Iwo Jima
- Casa De Loucos
- Casablanca
- Casino Royale
- Catwoman
- Cavalo De Guerra
- Cemitério Vivo
- Censurado
- Centurion
- Charlie E A Fábrica De Chocolate
- Che - Guerrilha
- Che - O Argentino
- Chemical Wedding
- Chéri
- Chinatown
- Chocolate
- Choke - Asfixia
- Chovem Almôndegas
- Christine - O Carro Assassino
- Cidade Fria
- Cinco Dias, Cinco Noites
- Cinema Paraíso
- Cinerama
- Cisne Negro
- Clube De Combate
- Coco Avant Chanel
- Coisa Ruim
- Cold Mountain
- Cold Weather
- Colete De Forças
- Colisão
- Com Outra? Nem Morta!
- Comboios Rigorosamente Vigiados
- Comer Orar Amar
- Complexo - Universo Paralelo
- Conan, O Bárbaro
- Contrato
- Control
- Controle
- Coração De Cavaleiro
- Coração De Gelo
- Coração Selvagem
- Corações De Aço
- Coragem De Mãe: Confrontando O Autismo
- Corre Lola Corre
- Correio De Risco
- Correio De Risco 3
- Corrida Contra O Futuro
- Corrupção
- Cozinhando A História
- Crank - Veneno No Sangue
- Crank - Alta Voltagem
- Cremaster
- Crime Ferpeito
- Crippled Masters
- Cristóvão Colombo - O Enigma
- Crónica Dos Bons Malandros
- Crueldade Intolerável
- Cubo
- Culture Boy
- Cypher
- Cyrano de Bergerac (1950)

- Daisy Town
- Dallas
- Danny The Dog - Força Destruidora
- Daqui P'ra Frente
- Dark City - Cidade Misteriosa
- De Cabeça Para Baixo
- De Homem Para Homem
- De Olhos Abertos
- De Olhos Bem Fechados
- De Sepultura Em Sepultura
- De Tanto Bater O Meu Coração Parou
- De-Lovely
- Delhi Belly
- Dead Snow
- Death Race 2000
- Deixa-me Entrar
- Delicatessen
- Demolidor - O Homem Sem Medo
- Dentro Da Garganta Funda
- Depois Do Casamento
- Destruir Depois De Ler
- Diamante De Sangue
- Diário Dos Mortos
- Diários De Che Guevara
- Dias De Futebol
- Dick E Jane - Ladrões Sem Jeito
- Dictado
- Die Hard 4.0 - Viver Ou Morrer
- Die You Zombie Bastards!
- Dogma
- Domino
- Don Juan DeMarco
- Donnie Brasco
- Doom - Sobrevivência
- Doomsday - Juízo Final
- Dorian Gray
- Dot.Com
- Dr. Estranhoamor
- Drácula 2001
- Drácula De Bram Stoker
- Drive - Risco Duplo
- Dreamgirls
- Duas Mulheres

- É Na Terra Não É Na Lua
- Easy A
- Easy Rider
- Eduardo Mãos De Tesoura
- Efeito Borboleta
- El Mariachi
- El Topo
- Ela Odeia-me
- Eles
- Eles Vivem
- Elvis
- Em Bruges
- Em Busca Da Felicidade
- Em Carne Viva
- Em Liberdade
- Em Nome De Caim
- Em Nome De Deus
- Em Paris
- Em Privado
- Embargo
- Encarnação Do Demónio
- Encontros Em Nova Iorque
- Encrenca Dupla
- Encurralada
- Ensaio Sobre A Cegueira
- Enterrado Na Areia
- Entre Os Dedos
- Entrevista
- Equilibrium
- Era Uma Vez No México
- Eraserhead - No Céu Tudo É Perfeito
- Escola De Criminosos
- Escolha Mortal
- Esporas De Aço
- Estado De Guerra
- Estamos Vivos
- Este É O Meu Lugar
- Este País Não É Para Velhos
- Estômago
- Estrada Perdida
- Estranhos
- Estrellita
- Eu Amo-te Phillip Morris
- Eu, Peter Sellers
- Eu Sou A Lenda
- Eu Sou Evadido
- Eu, Tu E Todos Os Que Conhecemos
- Everything Must Go
- Evil Dead - A Noite Dos Mortos-Vivos
- Evil Dead 2 - A Morte Chega De Madrugada
- Evil Dead 3 - O Exército Das Trevas
- Ex-Drummer
- Exterminador Implacável 1
- Exterminador Implacável 2 - O Dia Do Julgamento Final
- Exterminador Implacável 3 - Ascensão Das Máquinas
- Exterminador Implacável 4 - A Salvação

- Factory Girl - Quando Edie Conheceu Warhol
- Factotum
- Fados
- Fahrenheit 9/11
- Falso Alarme
- Fando E Lis
- Fantasmas De Marte
- Fargo
- Faster, Pussycat! Kill! Kill!
- Fausto 5.0
- Favores Em Cadeia
- Felicidade
- Feliz Natal
- Férias No Harém
- Festival Rocky De Terror
- Ficheiros Secretos: Quero Acreditar
- Fim De Ano Em Split
- Fim-De-Semana Alucinante
- Final Cut - A Última Memória
- Fish Tank
- Florbela
- Flores Partidas
- Fome
- Footloose - A Música Está Do Teu Lado
- Força Delta
- Forrest Gump
- Freddy Vs. Jason
- Frenético
- Frida
- Frost/Nixon
- Fruto Proibido
- Fuga De Los Angeles
- Fuga Para A Vitória
- Fur - Um Retrato Imaginário De Diane Arbus
- Fúria Cega
- Fúria De Viver
- Fúria Silenciosa

- Gabrielle
- Gainsbourg - Vida Heróica
- Gang Dos Tubarões
- Gangs de Nova Iorque
- Garden State
- Génova
- GI Joe - O Ataque Dos Cobra
- Godzilla
- Goodbye Lenine!
- Gosford Park
- Gothika
- Gran Torino
- Grande Mundo Do Som
- Gremlins
- Grizzly Man
- Gru - O Maldisposto
- Guerra Dos Mundos (2005)
- Guerra Dos Mundos (1953)

- Há Lodo No Cais
- Hairspray
- Half Nelson - Encurralados
- Hard Candy
- Harley Davidson E O Cowboy Do Asfalto
- Harold E Maude
- Harry Brown
- Haverá Sangue
- Hawai Azul
- He-Man - Mestres Do Universo
- Head On - A Esposa Turca
- Heartbreak Hotel
- Hell Ride
- Hellboy
- Hellboy 2: O Exército Dourado
- Helter Skelter - O Caso De Sharon Tate
- Henry E June
- Hereafter - Outra Vida
- Hiena
- História De Duas Irmãs
- História De Um Fotógrafo
- Hobo With A Shotgunbr> - Hollywood Ending
- Homem Aranha
- Homem Aranha 2
- Homem Aranha 3
- Homem De Ferro
- Homem Demolidor
- Homem Em Fúria
- Homens De Negro
- Homens De Negro 2
- Homens Que Matam Cabras Só Com O Olhar
- Hostel
- Hostel 2
- Hot Fuzz - Esquadrão De Província
- Howl - Grito
- Hugo

- I Am Sam - A Força Do Amor
- I Spit On Your Grave
- I'll See You In My Dreams
- Iluminados Pelo Fogo
- I'm Still Here
- I Wanna Hold Your Hand
- Imitação Da Vida
- Imortal
- In Search Of A Midnight Kiss
- Indiana Jones E O Reino Da Caveira De Cristal
- Indomável
- Infiltrado
- Inimigos Públicos
- INLAND EMPIRE
- Inquietos
- Insidioso
- Insónia
- Intervenção Divina
- Intriga Internacional
- Invictus
- Irmão, Onde Estás?
- It
- It Might Get Loud
- Italian Spiderman

- Jack Ketchum's The Girl Next Door
- Jackass 2
- Jackass 3D
- Jackie Brown
- Jacuzzi - O Desastre Do Tempo
- James Bond - Agente Secreto
- James Bond - Casino Royale
- James Bond - Quantum Of Solace
- Janela Indiscreta (1954)
- Janela Indiscreta (1998)
- Janela Secreta
- JCVD
- Joga Como Beckham
- John Rambo
- Jonestown - The Life And Death Of Peoples Temple
- Jovens Rebeldes - A Verdadeira História
- Julgamento
- Julie E Julia
- Juno
- Juventude Em Marcha
- Juventude Tardia

- Kalifórnia
- Kandahar
- Karate Kid
- Katyn
- Kenny
- Kick Ass - O Novo Super-herói
- Kids - Miúdos
- Kill Bill vol.2
- King Kong (2005)
- Kiss Kiss Bang Bang
- Kiss Me
- Klimt
- Kopps
- Kung-Fu-Zão
- Kung Pow - Punhos Loucos

- La Jetée
- La Vie En Rose
- Ladrões
- Lady Snowblood
- Laranja Mecânica
- Last Days - Os Últimos Dias
- Lavado Em Lágrimas
- Lemmy
- Léon, O Profissional
- Lichter
- Lindas Encrencas As Garotas
- Lobos
- Longe Da Terra Queimada
- Lost In Translation - O Amor É Um Lugar Estranho
- Lua De Mel, Lua De Fel
- Lucifer Rising
- Lucky Luke
- Lucky Number Slevin - Há Dias De Azar

- M - Matou!
- Má Educação
- Machete
- Madrigal
- Maldito United
- Mamma Mia
- Manhattan
- Manô
- Mamonas Pra Sempre
- Mar Adentro
- Maria E As Outras
- Marie Antoinette
- Marjoe
- Marte Ataca!
- Matança De Natal
- Match Point
- Matou A Família E Foi Ao Cinem
- McQuade, O Lobo Solitário
- Meia-Noite Em Paris
- Meio Metro De Pedra
- Melancolia
- Melinda E Melinda
- Menina
- Mephisto
- Metrópolis
- Meu Nome É Bruce
- Miami Vice
- Milhões
- Milk
- Millenium 1. Os Homens Que Odeiam As Mulheres
- Million Dollar Baby - Sonhos Vencidos
- Minha Mãe
- Minha Terra
- Misery - Capí­tulo Final
- Missão A Marte
- Missão Impossí­vel 3
- Missão Impossível - Missão Fantasma
- Missão Solar
- Mistérios De Lisboa
- Momentos Agradáveis
- Moneyball - Jogada De Risco
- Monsters - Zona Interdita
- Monstro
- Monty Phyton E O Cálice Sagradi
- Morte Cerebral
- Morte De Um Presidente
- Movimentos Perpétuos
- Mr. E Mrs. Smith
- Mrs. Henderson Presents
- Muito Bem, Obrigado
- Mulholland Drive
- Mundo Fantasma
- Mundos Separados
- Munique
- Murderball - Espírito De Combate
- Murish
- Mutilados
- Mysterious Skin

- Na Cama
- Nacho Libre
- Não Estou Aí
- Napoleon Dynamite
- Nas Costas Do Diabo
- Nas Nuvens
- Needle
- Nico: À Margem Da Lei
- Ninguém Sabe
- Nixon
- No Limite Do Amor
- No Vale De Elah
- Noite De Agosto
- Noite Escura
- Noivos Sangrentos
- Nome De Código: Cloverfield
- Northfork
- Nosferatu, O Vampiro
- Nothing
- Nova Iorque 1997
- Nove Raínhas
- Nunca Digas Sim

- O Acontecimento
- O Agente Da Broadway
- O Lugar Do Morto
- O Americano
- O Amor Acontece
- O Anjo Exterminador
- O Anti-Pai Natal
- O Artista
- O Assassínio De Jesse James Pelo Cobarde Robert Ford
- O Assassí­nio De Richard Nixon
- O Batedor
- O Bom Alemão
- O Bom, O Mau E O Vilão
- O Cabo Do Medo
- O Caminho De São Diego
- O Cão, O General E Os Pássaros
- O Capacete Dourado
- O Castelo Andante
- O Castor
- O Cavaleiro Das Trevas
- O China
- O Cobrador
- O Código Da Vinci
- O Comboio Dos Mortos
- O Comboio Mistério
- O Condenado
- O Couraçado Potemkin
- O Cowboy Da Meia-Noite
- O Crepúsculo Dos Deuses
- O Dedo De Deus
- O Delator!
- O Demónio
- O Despertar Da Besta
- O Despertar Da Mente
- O Deus Da Carnificina
- O Deus Elefante
- O Dia Em Que A Terra Parou (1951)
- O Dia Em Que A Terra Parou (2008)
- O Dia Da Besta
- O Discurso Do Rei
- O Enigma Do Espaço
- O Estranho Caso De Benjamin Button
- O Estranho Mundo De Jack
- O Evangelho Segundo São Mateus
- O Exorcista
- O Fatalista
- O Feiticeiro De Oz
- O Feitiço Do Tempo
- O Fiél Jardineiro
- O Gabinete Das Figuras De Cera
- O Gabinete Do Dr. Caligari
- O Gato Das Botas
- O Génio Do Mal (1976)
- O Grande Peixe
- O Grande Ditador
- O Guerreiro
- O Homem Duplo
- O Homem Que Copiava
- O Homem Que Sabia Demasiado
- O Homem Que Veio Do Futuro
- O Idealista
- O Jogo
- O Júri
- O Imperador Da Califórnia
- O Inquilino
- O Justiceiro Da Noite
- O Labirinto Do Fauno
- O Laço Branco
- O Lado Selvagem
- O Lago Perfeito
- O Leopardo
- O Livro Negro
- O Lobo Do Mar
- O Macaco De Ferro
- O Maquinista
- O Marinheiro De Água Doce
- O Menino De Ouro
- O Meu Tio
- O Milagre De Berna
- O Milagre Segundo Salomé
- O Mistério Galindez
- O Monstro Da Lagoa Negra
- O Mundo A Seus Pés
- O Nevoeiro (1980)
- O Ofício De Matar
- O Olho
- O Orfanato
- O Paciente Inglês
- O Padrinho - Parte I
- O Padrinho - Parte II
- O Padrinho - Parte III
- O Panda Do Kung Fu
- O Panda Do Kung Fu 2
- O Pesadelo De Darwin
- O Pistoleiro Do Diabo
- O Planeta Selvagem
- O Pó Dos Tempos
- O Portador Da Espada
- O Presidiário
- O Prisioneiro Do Rock
- O Protegido
- O Próximo A Abater
- O Quinto Elemento
- O Quinto Império
- O Regresso
- O Rei Dos Gazeteiros
- O Reino Proibido
- O Ritual
- O Ritual Dos Sádicos
- O Sabor Do Amor
- O Sargento Da Força Um
- O Segredo A Brokeback Mountain
- O Segredo De Um Cuscuz
- O Segredo Dos Punhais Voadores
- O Selvagem
- O Sentido Da Vida
- O Sétimo Selo
- O Sítio Das Coisas Selvagens
- O Sonho Comanda A Vida
- O Sonho De Cassandra
- O Sorriso De Mona Lisa
- O Tempo Do Lobo
- O Tesouro Da Sierra Madre
- O Tigre E A Neve
- O Tio Boonmee Que Se Lembra Das Suas Vidas Anteriores
- O Triunfo Da Vontade
- O Turista
- O Último Airbender
- O Último Grande Herói
- O Último Rei Da Escócia
- O Último Tango Em Paris
- O Último Voo Do Flamingo
- O Vingador Tóxico
- O Wrestler
- Ocean's Eleven - Façam As Vossas Apostas
- Odete
- Oldboy - Velho Amigo
- Olho Mágico
- Oliver Twist
- Ônibus 174
- Orca
- Órfã
- Os Amantes Regulares
- Os Amigos De Alex
- Os Bons E Os Maus
- Os Caça-Fantasmas
- Os Cavaleiros Do Asfalto
- Os Chapéus De Chuva De Cherburgo
- Os Cinco Venenos
- Os Clãs Da Intriga
- Os Condenados De Shawshank
- Os Descendentes
- Os Edukadores
- Os Famosos E Os Duendes Da Morte
- Os Filhos Do Homem
- Os Friedmans
- Os Guardiões Da Noite
- Os Homens Preferem As Loiras
- Os Imortais
- Os Inadaptados
- Os Índios Apache
- Os Invisíveis
- Os Irmãos Grimm
- Os Limites Do Controlo
- Os Marginais
- Os Mercenários
- Os Miúdos Estão Bem
- Os Novos Dez Mandamentos
- Os Olhos Da Serpente
- Os Olhos Sem Rosto
- Os Onze De Oceano
- Os Optimistas
- Os Pássaros
- Os Produtores (2005)
- Os Psico-Detectives
- Os Rapazes Da Noite
- Os Rapazes Não Choram
- Os Renegados Do Diabo
- Os Rutles - All You Need Is Cash
- Os Selvagens Da Noite
- Os Simpsons - O Filme
- Os Sonhadores
- Os Sorrisos Do Destino
- Os Super-Heróis
- Os Supeitos Do Costume
- Os Três Enterros De Um Homem
-Os Visistantes Da Idade Média
- Os 300 Espartanos

- Pagafantas
- Palpitações
- Papillon
- Para Onde O Vento Sopra
- Parada De Monstros
- Paraíso, Inferno... Terra
- Paranoid Park
- Paris Je T'Aime
- Party Monster
- Pecados Íntimos
- Pele
- Pequenas Mentiras Entre Amigos
- Performance
- Perigo Na Noite
- Perto Demais
- Pesadelo Em Elm Street
- Pink Floyd The Wall
- Piranha 3D
- Piratas Das Caraíbas - O Mistério do Pérola Negra
- Piratas Das Caraí­bas - O Cofre Do Homem Morto
- Piratas Das Caraíbas - Nos Confins Do Mundo
- Planeta Dos Macacos
- Planeta Dos Macacos: A Origem
- Planeta Terror
- Plano 9 Dos Vampiros Zombies
- Polaróides Urbanas
- Polí­cia Sem Lei (1992)
- Polícia Sem Lei (2009)
- Poltergeist, O Fenómeno
- Ponto De Mira
- Por Favor Rebobine
- Por Favor Não Me Morda O Pescoço
- Porcos & Selvagens
- Posto Fronteiriço
- Precious
- Predadores
- Presente De Morte
- Preto E Branco
- Primer
- Príncipe Da Pérsia - As Areias Do Tempo
- Procurado
- Profissão: Repórter
- Promessas Proibidas
- Proposta Indecente
- Proteger
- Psico
- Psicopata Americano
- Pulp Fiction
- Pulsação Zero
- Punch-Drunk Love - Embriagado De Amor
- Purana Mandir
- Purple Rain

- Quando Viste O Teu Pai Pela Última Vez
- Quarentena
- Quarteto Fantástico (1994)
- Quarteto Fantástico (2005)
- Quase Famosos
- Quatro Noites Com Anna
- Que Lugar Maravilhoso
- Que Se Mueran Los Feos
- Queijo E Marmelada
- Quem Quer Ser Bilionário
- Querida Famí­lia
- Querida Wendy

- R
- Rapariga Com Brinco De Pérola
- Rare Exports
- Ratatui
- Ratos Assassinos
- Ray
- [Rec]
- [REC]2
- Red Eye
- Relatório Kinsey
- Relatório Minoritário
- Religulous - Que O Céu Nos Ajude
- Relíquia Macabra
- Renascimento
- Resident Evil: Apocalypse
- Rio
- Rio Bravo
- Rock De Fogo
- Rock, Rock, Rock
- Rocknrolla - A Quadrilha
- Rocky Balboa
- Roger E Eu
- Roma
- Romance E Cigarros
- Roxanne
- RRRrrrr!!!
- Rubber - Pneu
- Ruídos Do Além
- Ruivas, Loiras E Morenas
- Rumo À Liberdade
- Ruptura Explosiva

- Sacanas Sem Lei
- Sala De Pânico
- Salazar - A Vida Privada
- Salto Mortal
- Samsara
- Sangue Do Meu Sangue
- Sangue Por Sangue
- Santa Sangre
- Sapatos Pretos
- Save The Green Planet!
- Saw - Enigma Mortal
- Saw II - A Experiência Do Medo
- Saw 3D - O Capítulo Final
- Scoop
- Scott Pilgrim Contra O Mundo
- Seconds Apart
- Seis Indomáveis Patifes
- Sem Ela
- Sem Limites
- Sem Rumo
- Sem Tempo
- Semi-Pro
- Ser E Ter
- Sereia
- Serpentes A Bordo
- Sete Anos No Tibete
- Sete Vidas
- Sexo E A Cidade
- Sgt. Pepper's Lonely Heart Club Band
- Shaolin Daredevils
- Shaolin Soccer - O Ás Da Bola
- Shaolin Vs. Evil Dead
- Shattered Glass - Verdade Ou Mentira
- Sherlock Holmes
- Sherlock Holmes - Jogo De Sombras
- Shining
- Shoot 'Em Up - Atirar A Matar
- Shortbus
- Shrek 2
- Shrek O Terceiro
- Shrek Para Sempre
- Sicko
- Sid And Nancy
- Sideways
- Simpatyhy For Mr. Vengeance
- Sin City - Cidade Do Pecado
- Sinais
- Sinais De Fogo
- Sinais Do Futuro
- Sinais Vermelhos
- Singularidades De Uma Rapariga Loira
- Sky Captain E O Mundo De Amanhã
- Slither - Os Invasores
- Soldados Da Fortuna
- Soldados Do Universo
- Sombras Da Escuridão
- Somewhere - Algures
- Sonho De Uma Noite De Inverno
- Sonny
- Sophie Scholl - Os Últimos Dias
- Soro Maléfico
- Sorte Nula
- Soul Kitchen
- Spartacus
- Spartan - O Rapto
- Splice
- Stacy - Attack Of The Schoolgirl Zombies
- Star Wars - A Ameaça Fantasma
- Star Wars - A Vingança Dos Sith
- Star Wars - O Ataque Dos Clones
- Stardust - O Mistério Da Estrela Cadente
- Stone - Ninguém É Inocente
- Stoned, Anos Loucos
- Submarino
- Super
- Super Baldas
- Super-Homem
- Super-Homem: O Regresso
- Super 8
- Superstar
- Suspeita
- Suspiria
- Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro De Fleet Street
- Swimming Pool
- Sword Of Vengeance
- Sympathy For The Devil

- Taking Woodstock
- Tarnation
- Tarzan, O Homem Macaco (1981)
- Taxidermia
- Team America - Polí­cia Mundial
- Tebas
- Tecumseh
- Teeth
- Tempestade Tropical
- Tennessee
- Terra De Cegos
- Terminal De Aeroporto
- Terra Dos Mortos
- Terror Em Setembro
- Terror Na Auto-estrada
- Terror Nas Montanhas
- Tetro
- The Bloodstained Butterfly
- The Brown Bunny
- The Darjeeling Limited
- The Departed: Entre Inimigos
- The Devil And Daniel Johnston - Loucuras De Um Génio
- The Devil's Double
- The First Great Train Robbery
- The Fountain - O Último Capítulo
- The Grudge - A Maldição
- The Host - A Criatura
- The Impossible Kid
- The King Of Kong
- The Langoliers - Meia-Noite E Um
- The Last House On The Left
- The Machine Girl
- The Man From Earth
- The Marine
- The Million Dollar Hotel - O Hotel
- The Mindscape Of Alan Moore
- The Mist - Nevoeiro Misterioso
- The Others - Os Outros
- The Prestige - O Terceiro Passo
- The 50 Worst Movies Ever Made
- The Way
- The Woman
- Thirst - Este É O Meu Sangue
- This Is It
- This Is Spinal Tap
- Thor
- Thriller - A Cruel Picture
- THX 1138
- Tirar Vidas
- Titanic 2
- Tony
- Tournée - Em Digressão
- Toy Story 3
- Tragam-me A Cabeça De Alfredo Garcia
- Transamerica
- Tron
- Tron: O Legado
- Tropa De Elite
- Tropa De Elite 2 - O Inimigo Agora É Outro
- Tsotsi
- Tubarão
- Tubarão 2
- Tubarão 3
- Tubarão IV - A Vingança
- Tucker E Dale Contra O Mal
- Tudo Ficará Bem
- Tudo Pode Dar Certo
- Twisted - Homicídios Ocultos

- Ultra Secreto
- Um Amor De Perdição
- Um Azar Do Caraças
- Um Bater De Corações
- Um Belo Par... De Patins
- Um Cão Andaluz
- Um Dia A Casa Vai Abaixo
- Um Dia De Raiva
- Um Homem Singular
- Um Longo Domingo De Noivado
- Um Lugar Para Viver
- Um Padrasto Para Esquecer
- Um Profeta
- Um Tiro No Escuro
- Um Trabalho Em Itália
- Uma Aventura Na Casa Assombrada
- Uma Boa Mulher
- Uma Canção De Amor
- Uma Espécie De Cavalheiro
- Uma Famí­lia À Beira De Um Ataque De Nervos
- Uma História De Violência
- Uma Pequena Vingança
- Uma Rapariga Com Sorte
- Uma Segunda Juventude
- Uma Segunda Vida
- Undefeatable
- Unseen Evil 2 - Alien 3000
- Up - Altamente

- V De Vingança
- Vai E Vive
- Vais Conhecer O Homem Dos Teus Sonhos
- Valhalla Rising - Destino De Sangue
- Valquíria
- Vampiros de John Carpenter
- Van Helsing
- Vanilla Sky
- Vanitas
- Vasilhame
- Veio Do Outro Mundo
- Veludo Azul
- Velvet Goldmine
- Vencidos Pela Lei
- Vendendo A Pele
- Veneno Cura
- Vera Drake
- Versus - A Ressurreição
- Vestida Para Matar
- Vice
- Vício - Quando Nada É Suficiente
- Vicky Cristina Barcelona
- Vidas Sombrias
- Vigilância
- Vingança Redentora
- Virgem Aos 40 Anos
- Vitus
- Viúva Rica Solteira Não Fica
- Viver A Sua Vida
- Voando Sobre Um Ninho De Cucos
- Voltando Para Casa
- Voltar
- Vontade Indómita
- Voo 93

- Walk Hard - A História De Dewey Cox
- Walk The Line
- WALL-E
- Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme
- Wassup Rockers - Desafios De Rua
- Watchmen - Os Guardiões
- Welcome To The Rileys
- White Irish Drunkers
- Wild Zero
- Win Win
- Wolf Creek
- Wristcutters: A Love Story

- X-Men
- X-Men 2
- X-Men 3 - O Confronto Final
- X-Men: O Início
- X-Men Origens: Wolverine

- Zack E Miri Fazem Um Porno
- Zardoz
- Zatoichi
- Zombies Party - Uma Noite... De Morte
- Zombies Strippers
- Zozo

- 007 - Agente Secreto
- 007 - Casino Royale
- 007 - Quantum Of Solace
- 10 Coisas Que Odeio Em Ti
- 100 Volta
- 10.000 AC
- 12 Homens Em Fúria
- 12 Macacos
- 12:08 A Este De Bucareste
- 1984
- 2LDK
- 24 Hour Party People
- 28 Dias Depois
- 20,13 - Purgatório
- 2012
- 300
- 4 Copas
- 48
- 50/50
- 6=0 Homeostética
- 8 1/2
- 9 Canções
- 98 Octanas


ENTREVISTAS:
- Fernando Fragata
- Festróia - Mário Ventura
- Filipe Melo
- Good N Evil
- IMAGO - Sérgio Felizardo
- José Barahona
- Nuno Markl
- Paulo Furtado
- Rodrigo Areias
- Sara David Lopes
- Solveig Nordlund
- Fernando Alle


TOPES:
- Top 8 dos Melhores Filmes de 2011
- Top 5 dos Piores Filmes de 2011
- Top 10 dos Melhores Filmes de 2010
- Top 5 dos Piores Filmes de 2010
- Top 5 dos filmes de Leslie Nielsen
- Top 10 Dos Filmes Low Cost
- Top 5 das Melhores Cenas de Dança
- Top 8 dos Melhores Filmes de 2009
- Top 5 dos Piores Filmes de 2009
- Top 5 dos Filmes Que Tenho Vergonha De Dizer Que Gosto
- Top 5 das Melhores Músicas de Ennio Morricone
- Top 5 dos filmes com Patrick Swayze
- Top 5 dos Telediscos do Michael Jackson
- Top 5 dos Filmes com David Carradine
- Top 5 dos Filmes com Lutadores de Luta-Livre
- Top 10 Os Melhores Filmes de 2008
- Top 5 Os Piores Filmes de 2008
- Top 5 dos Piores Filmes de Natal
- Top 5 das Coisas que não Esperávamos Ver no Cinema
- Top 5 dos Melhores Filmes de Paul Newman
- Top 5 Personagens Com Palas Nos Olhos
- Top 10 Melhores Cartazes De Cinema
- Top 5 dos Filmes de Chuck Norris
- Top 5 dos Filmes de Patrick Swayze
- Top 10 Os Melhores/Piores Vestidos dos Oscares
- Top 5 As Mortes de Crianças Mais Gratuitas
- Top 10 Os Melhores de 2007
- Top 5 Os Piores de 2007
- Top 7 Adaptações ao Cinema de Livros de Stephen King
- Top 5 Filmes Pela Paz
- Top 5 Os Melhores Beijos
- Top 5 Grandes Arquitectos
- Top 10 Filmes Que Mudaram A Minha Vida
- Top 5 Mulheres de Cabeça Rapada
- Top 5 As Cenas Mais Excitantes
- Top 10 Os Melhores de 2006
- Top 5 Os Piores de 2006
- Top 3 Filmes de Robert Altman
- Top 5 Os Vilões do Cinema
- Top 5 Filmes Com Mick Jagger
- Top 5 Filmes Com Steve Buscemi
- Top 5 Dos Cães no Cinema
- Top 5 Dos Filmes do Indie06
- Top 5 Dos Filmes do Fantas06
- Top 5 dos Presidentes
- Top 10 Os Melhores de 2005
- Top 5 Os Piores de 2005
- Top 5 Filmes com Pat Morita
- Top 10 Os Melhores Filmes Independentes
- Top 5 Os Piores Filmes da Saga Bond
- Top 5 Filmes com Dolph Lundgren
- Top 5 Adaptações de BD Para Cinema
- Top 10 Cenas Mais Assustadoras de Sempre
- Top 5 Vencedores do Óscar
- Top 5 Bond Girls
- Top 5 Filmes Sobre Doenças
- Top 5 Filmes de Natal
- Top 5 Melhores Batalhas Corpo-A-Corpo
- Top 10 Melhores Canções do Cinema
- Top 10 Melhores Filmes de Sempre
- Top 5 Melhores Momentos Musicais
- Top 5 Grandes Duelos do Cinema
- Top 10 Maiores Personagens do Cinema
- Top 5 Piores Momentos da Ficção Cientí­fica
- Top 10 Melhores Momentos da Ficção Cientí­fica
- Top 5 Filmes Religiosos


BAÚ DO TRASH:
- Needle
- Que Se Mueran Los Feos
- Easy A
- Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme
- Saw 3D - O Capítulo Final
- And Soon The Darkness
- Os Imortais
- Purana Mandir
- Pagafantas
- The Bloodstained Butterfly
- Cisne Negro


ROYALE WITH CHEESE APRESENTA:
- A Tasca Da Cultura
- A Causa Das Coisas - parte I
- A Causa Das Coisas - parte II
- A Momentary Lapse Of Reason


FILMES A VER ANTES DE MORRER:
- #1 As Lágrimas Do Tigre Negro
- #2 Alucarda
- #3 Time Enough At Last
- #4 Armageddon
- #5 The Favour, The Watch And The Very Big Fish
- #6 Italian Spiderman
- #7 The Soldier And Death


UMA CURTA POR DIA NÃO SABE O BEM QUE LHE FAZIA:
- 1# Rabbit, de Run Wrake
- 2# Aligato, de Maka Sidibé
- 3# The Cat Concerto, de Joseph Barbera & William Hanna
- 4# A Curva, de David Rebordão
- 5# Batman: Dead End, de Sandy Callora
- 6# O Código Tarantino, de Selton Mello
- 7# Malus, de António Aleixo & Crosswalk, de Telmo Martins
- 8# Three Blind Mice, de George Dunning
- 9# Bedhead, de Robert Rodriguez
- 10# Key To Reserva, de Martin Scorcese
- 11# Bambi Meets Godzilla, de Marv Newland
- 12# The Horribly Slow Murderer with the Extremely Inefficient Weapon, de Richard Gale
- 13# Stolz Der Nation, de Eli Roth
- 14# Papá Wrestling, de Fernando Alle
- 15# Glas, de Bert Haanstra
- 16# Fotoromanza, de Michelangelo Antonioni
- 17# Quem É Ricardo?, de José Barahona
- 17# Terra Incognita, de Peter Volkart


AS MELHORES PIORES CENAS DE SEMPRE:
- A Pior Luta
- A Cena Mais Metida A Martelo
- O Ataque Animal Mais Brutal
- A Perseguição Mais Alucinante
- O Duelo Mais Improvável


CLUBE DE CINEMA DE SETÚBAL:
- Janeiro
- Fevereiro
- Março
- Abril
- Maio
- Setembro
- Novembro


FESTIVAIS:
- 20º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9
- 21º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 22º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10
- 23º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10
- 24º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 26º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 12º Caminhos Do Cinema Português
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- Imago 2006
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8

;

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket



BLOCKBUSTERS:

04/01/2004 - 05/01/2004

05/01/2004 - 06/01/2004

06/01/2004 - 07/01/2004

07/01/2004 - 08/01/2004

08/01/2004 - 09/01/2004

09/01/2004 - 10/01/2004

10/01/2004 - 11/01/2004

11/01/2004 - 12/01/2004

12/01/2004 - 01/01/2005

01/01/2005 - 02/01/2005

02/01/2005 - 03/01/2005

03/01/2005 - 04/01/2005

04/01/2005 - 05/01/2005

05/01/2005 - 06/01/2005

06/01/2005 - 07/01/2005

07/01/2005 - 08/01/2005

08/01/2005 - 09/01/2005

09/01/2005 - 10/01/2005

10/01/2005 - 11/01/2005

11/01/2005 - 12/01/2005

12/01/2005 - 01/01/2006

01/01/2006 - 02/01/2006

02/01/2006 - 03/01/2006

03/01/2006 - 04/01/2006

04/01/2006 - 05/01/2006

05/01/2006 - 06/01/2006

06/01/2006 - 07/01/2006

07/01/2006 - 08/01/2006

08/01/2006 - 09/01/2006

09/01/2006 - 10/01/2006

10/01/2006 - 11/01/2006

11/01/2006 - 12/01/2006

12/01/2006 - 01/01/2007

01/01/2007 - 02/01/2007

02/01/2007 - 03/01/2007

03/01/2007 - 04/01/2007

04/01/2007 - 05/01/2007

05/01/2007 - 06/01/2007

06/01/2007 - 07/01/2007

07/01/2007 - 08/01/2007

08/01/2007 - 09/01/2007

09/01/2007 - 10/01/2007

10/01/2007 - 11/01/2007

11/01/2007 - 12/01/2007

12/01/2007 - 01/01/2008

01/01/2008 - 02/01/2008

02/01/2008 - 03/01/2008

03/01/2008 - 04/01/2008

04/01/2008 - 05/01/2008

05/01/2008 - 06/01/2008

06/01/2008 - 07/01/2008

07/01/2008 - 08/01/2008

08/01/2008 - 09/01/2008

09/01/2008 - 10/01/2008

10/01/2008 - 11/01/2008

11/01/2008 - 12/01/2008

12/01/2008 - 01/01/2009

01/01/2009 - 02/01/2009

02/01/2009 - 03/01/2009

03/01/2009 - 04/01/2009

04/01/2009 - 05/01/2009

05/01/2009 - 06/01/2009

06/01/2009 - 07/01/2009

07/01/2009 - 08/01/2009

08/01/2009 - 09/01/2009

09/01/2009 - 10/01/2009

10/01/2009 - 11/01/2009

11/01/2009 - 12/01/2009

12/01/2009 - 01/01/2010

01/01/2010 - 02/01/2010

02/01/2010 - 03/01/2010

03/01/2010 - 04/01/2010

04/01/2010 - 05/01/2010

05/01/2010 - 06/01/2010

06/01/2010 - 07/01/2010

07/01/2010 - 08/01/2010

08/01/2010 - 09/01/2010

09/01/2010 - 10/01/2010

10/01/2010 - 11/01/2010

11/01/2010 - 12/01/2010

12/01/2010 - 01/01/2011

01/01/2011 - 02/01/2011

02/01/2011 - 03/01/2011

03/01/2011 - 04/01/2011

04/01/2011 - 05/01/2011

05/01/2011 - 06/01/2011

06/01/2011 - 07/01/2011

07/01/2011 - 08/01/2011

08/01/2011 - 09/01/2011

09/01/2011 - 10/01/2011

10/01/2011 - 11/01/2011

11/01/2011 - 12/01/2011

12/01/2011 - 01/01/2012

01/01/2012 - 02/01/2012

02/01/2012 - 03/01/2012

03/01/2012 - 04/01/2012

04/01/2012 - 05/01/2012

05/01/2012 - 06/01/2012

06/01/2012 - 07/01/2012

07/01/2012 - 08/01/2012

08/01/2012 - 09/01/2012

09/01/2012 - 10/01/2012

10/01/2012 - 11/01/2012

11/01/2012 - 12/01/2012

12/01/2012 - 01/01/2013

01/01/2013 - 02/01/2013

02/01/2013 - 03/01/2013

03/01/2013 - 04/01/2013

04/01/2013 - 05/01/2013

05/01/2013 - 06/01/2013

06/01/2013 - 07/01/2013

07/01/2013 - 08/01/2013

08/01/2013 - 09/01/2013

09/01/2013 - 10/01/2013

10/01/2013 - 11/01/2013

10/01/2013 - 11/01/2013

11/01/2013 - 12/01/2013

12/01/2013 - 01/01/2014

01/01/2014 - 02/01/2014

02/01/2014 - 03/01/2014

03/01/2014 - 04/01/2014

04/01/2014 - 05/01/2014

05/01/2014 - 06/01/2014

06/01/2014 - 07/01/2014

07/01/2014 - 08/01/2014

08/01/2014 - 09/01/2014