Royale With Cheese

 Royale With Cheese

 
 



domingo, agosto 28, 2005  

VEIO DO OUTRO MUNDO:

Título: The Thing
Realizador: John Carpenter
Ano: 1982


John Carpenter parece andar anestesiado para o cinema há sensivelmente uma década; mas o seu trabalho anterior, com obras-primas como Eles Vivem, Nevoeiro ou A Bíblia De Satanás, deram-lhe crédito suficiente para realizar mais uma série de banhadas como Vampiros ou Fantasmas De Marte. Quanto a Veio Do Outro Mundo é uma das suas obras-primas.

No meio da gelada e árida Antártida existe uma base norte-americana que vê a sua paz e rotina ser quebrada com a chegada de um helicóptero com dois pistoleiros noruegueses a tiros com um husky fugidio. Estes acabam mortos e uma rápida visita às instalações norueguesas, a poucos quilómetros de distância, decifram o enigma: uma nave espacial despenhada há centenas de anos fora desenterrada e o seu tripulante havia despertado. O problema é que essa criatura é um monstro assassino capaz de assumir a forma de qualquer ser vivo. E agora esse bicho está à solta na base americana, matando um por um. Entre aqueles doze homens um deles é aquela... coisa!

Kurt Russel está para John Carpenter assim como Johnny Depp está para Tim Burton ou Leonardo DiCaprio para Martin Scorcese: aliado de vários anos, foi a escolha natural para assumir as rédeas daquele grupo de homens plantados no meio do nada a braços com uma ameça mortal, bem ao seu jeito de action hero.
Mas Veio Do Outro Mundo é mais do que um simples confronto de ficção científica, ou não fosse Carpenter o Mestre do Fantástisco; enclausurados na deserta Antártida, os doze homens vão ver-se a braços com a claustrofobia e a paranóia, não só provocada pela solidão, mas também por aquela coisa arrepiante. E quando Carpenter cruza o suspense cortante com as mais assustadoras cenas gore pré-CGI, como é possível não estarmos com o coração nas mãos no final do filme?

Carpenter contou ainda com um aliado de peso para esta espécie de Gosford Park fantástico, versão sci-fi: Ennio Morricone. Bem vistas as coisas, o deserto gélido da Antártida não é muito diferente do deserto poeirento de Almeria e Morricone sente-se nas suas sete quintas, criando uma banda-sonora genial, gelada como a Antártida e arrepiante como o monstro.
Além disso, Veio Do Outro Mundo conta também com uma das mais assustadoras cenas do cinema de terror, provando aos mais cépticos que havia vida antes do CGI - quando Norris (Charles Hallahan) é decapitado, a coisa faz questão de lembrar aos restantes de que não será fácil de deter, ultrapassando as dificuldades ao transformar-se numa asquerosa cabeça-aranhuço de pernas arqueadas.

John Carpenter é um dos mais interessantes realizadores do cinema fantástico; e enquanto não regressa aos bons velhos tempos, resta-nos saborear os seus antigos êxitos. Veio Do Outro Mundo é um delicioso McRoyal Deluxe, com ketchup a escorrer e batata-frita q.b.

Posted by: dermot @ 10:15 da tarde
|  




sábado, agosto 27, 2005  

MILHÕES:

Título: Millions
Realizador: Danny Boyle
Ano: 2004


Quando o prémio do Euromilhões começa a acumular, jackpot após jackpot, e a euforia é generalizada ao ponto de se abrirem os telejornais com isso, normalmente as perguntas são sempre as mesmas: O que faria se lhe saísse tanto dinheiro?
Depois da loucura de 28 Dias Depois, Danny Boyle decidiu fazer essa pergunta a dois jovens adolescentes com este Milhões.

Damian (Alexander Nathan Etel) e o seu irmão Anthony (Lewis Owen McGibbon) encontram-se numa fase da vida delicada: enfrentam uma mudança de casa, após a morte precoce da mãe. No entanto, ambos enfrentam a situação bastante bem. Damian é um rapaz generoso e puro de coração, cuja alma ainda não foi conspurcada pela consciência da idade. O mesmo não se pode dizer de Anthony, que já sabe bem o que é o consumismo. É então que Damian é confrontado com uma "oferenda dos céus", ou pelo menos assim pensava, ele que tem uma relação bastante curiosa com os santos: um saco cheio de dinheiro cai dos céus e fica ao dispor dos dois irmãos.
Seja como for, a solução passa por gasta-lo; mas apenas têm uma semana, uma vez que a Inglaterra vai aderir ao Euro nos próximos dias.

Em Milhões há um confronto constante: Damian quer reservar o seu lugar no céu e seguir o seu coração, dando o dinheiro aos pobres; Anthony sabe que ninguém dá nada a ninguém e que eles estão por conta própria. No entanto, no caso de um e de outro, o dinheiro será sempre um entrave e irá sempre trazer complicações, seja quando usado com muita ou nenhuma moderação.
O dinheiro conspurca a visão e a alma dos Homens - Damian aprende isso no final do filme, da boca da própria mãe, mas não era preciso; o Santo António, José ou São Pedro já o haviam dito por outras palavras, ao longo do filme (é aliás o ponto mais divertido e interessante do filme, os diálogos constantes do jovem Damian com alguns santos e mártires).

Milhões é um filme fresco e descontraído em que Danny Boyle cruza uma realização modernista com uma fábula daquelas que costumam passar domingo à tarde na televisão, mas em bom. Aliás, pode ser comparada até a uma mistura entre Big (dois jovens que subitamente vêm-se a braços com um poder de compra apenas ao alcance dos adultos) e Sozinho Em Casa (dois jovens por conta própria, perseguidos por um assaltante de gorro escuro), mas em tons mais sérios.
Interessante é a forma como Boyle escurece a história quando introduz a personagem do assaltante (Christopher Fulford), quase como um pesadelo na história de uma criança. Isso e a forma como utiliza a troca da moeda, algo que nós ultrapassamos bastante calmamente, mas que Boyle consegue transformar numa histeria algo semelhante ao bug do ano 2000.

Milhões é um filme simpático e bem-disposto, uma fábula familiar que quase exigia a presença de Danny Elfman na banda-sonora.
Imaginem quantos McBacons comprariam se vos saísse o Euromilhões.

Posted by: dermot @ 7:53 da tarde
|  




quinta-feira, agosto 25, 2005  

A MULHER DO ASTRONAUTA:

Título: The Astronaut's Wife
Realizador: Rand Ravich
Ano: 1999


1999 foi um ano bom para Johnny Depp: começou com o interessante A Nona Porta e terminou com o aclamado A Lenda Do Cavaleiro Sem Cabeça. Pelo meio teve ainda o peculiar A Mulher Do Astronauta. Digo peculiar porque o filme aparece um pouco como um OVNI, não só entre estes dois filmes de Depp, mas entre toda a sua filmografia. Mas este objecto estraho não é só um filme de Johnny Depp; é sobretudo um filme de Charlize Theron.

A Esposa Do Astronauta inicia-se então com Spencer (Johnny Depp) e Jillian (Charlize Theron) Armacost, qual casal perfeito, a assistirem a Asas Do Desejo. Logo de seguida, Spencer telefona-lhe do espaço sideral para lhe dizer o quanto a ama. Por momentos, é o filme mais belo de sempre. Contudo, durante a sua missão no espaço, Spencer e o seu colega Streck (Nick Cassavetes) têm um acidente e ficam completamente isolados durante dois minutos, dois longos e intermináveis minutos. E quando voltam, não são a mesma pessoa.
Afectado com o acidente, Spencer decide mudar de vida e muda-se com Jillian para Nova Iorque. Tal como em O Advogado Do Diabo, Charlize Theron vai ressentir-se da mudança. O seu marido está alterado, Nova Iorque é uma cidade stressante. No entanto, as causas dessa mudança estão mais próximas de A Semente Do Diabo do que de O Advogado Do Diabo. E quase que podemos afirmar que A Esposa Do Astronauta é um rip-off mal feito do clássico de Polanski.

Com efeito, A Mulher Do Astronauta é um filme esquisito. Não que seja mau, porque Rand Ravich, apesar de ter sido a sua única experiência na realização, tem um controlo perfeito da câmara, um timing excelente e um director de fotografia abismal. No entanto, quando o filme entra pelo território dos "homenzinhos verdes com antenas na cabeça" é que se descontrola: a narrativa não tem credibilidade, há uma reconstituição do episódio passado no espaço absolutamente foleira e a trama é bastante desconexa.
A Mulher Do Astronauta safa-se então pela sua faceta de filme de suspense, que cresce de maneira perfeita e encadeada, com uma interpretação fantástica da bela Charlize Theron, muito mais activa que Johnny Depp, um pouco em piloto automático na maioria das alturas.

Mediano, banal e Double Cheeseburguer - três adjectivos que encaixam que nem uma luva a A Mulher Do Astronauta.

Posted by: dermot @ 12:10 da tarde
|  




terça-feira, agosto 23, 2005  

TOP 5:

Completamente embrenhado no marasmo que é a silly season, o Royale With Cheese encontra-se um pouco em piloto automático. Para quebrar um pouco a monotonia e aproveitando a anterior recuperação de um dos clássicos de Dolph Lundgren, um dos granes ícones da representação, eis de volta mais uma lista, desta vez apresentando o TOP 5 DOS FILMES COM DOLPH LUNDGREN:

5º Lugar - John Mnemonic (1995) - um papel secundário memorável, na pele de um pregador de rua
4º Lugar - Máquinas De Guerra (1992) - em confronto directo com outro ícone do cinema de acção, Jean-Claude Van Damme
3º Lugar - He-Man - Mestres Do Universo (1987) - arruinando um dos nossos ícones de infância
2º Lugar - Fúria Silenciosa (1989) - envergando pela primeira vez a t-shirt mais famosa dos super-heróis, a do Justiceiro
1º Lugar - Rocky IV (1985) - Dolph lundgren será para toda a posterioridade Ivan Drago

Posted by: dermot @ 1:30 da tarde
|  




segunda-feira, agosto 22, 2005  

HE-MAN - MESTRES DO UNIVERSO:

Título: Masters Of The Universe
Realizador: Gary Goddard
Ano: 1987


Bem-vindos ao maravilhoso mundo dos filmes xunga.
He-Man foi um dos maiores heróis da nossa infância, graças aos desenhos-animados que a RTP passava e que nós assistiamos religiosamente, durante a nossa infância. Logicamente, o sucesso da série levou a uma adaptação cinematográfica.
O meu baptismo no cinema deu-se com este He-Man - Mestres Do Universo, mas a única recordação que retenho dessa tarde são as bolachas de baunilha que comi ao intervalo. Por isso, foi com uma saudosa nostalgia que me sentei para rcuperar este clássico intemporal do cinema xunga.

O primeiro minuto do filme dá-nos logo uma achega sobre o que nos preparamos para assistir: primeiro o logotipo da Cannon, qual selo de garantia de filme xunga; depois o genérico, com uma imitação foleira de Star Wars - Guerra Das Estrelas, a prometer algo no campo da ficção científica rasca; e por fim o rol de actores, estrelando o superior Dolph Lundgren, o rei das interpretações minimalistas. Verdade seja dita que era complicado adaptar para a grande tela um herói que traja uma tanga cor-de-laranja e umas correntes à volta dos músculos; mas Gary Goddard e o seu baix(íssim)o orçamento conseguiram fazer ainda pior, ao transportar as personagens do desenho-animado para um universo perdido, algures entre os troopers de Star Wars - Guerra Das Estrelas e os monstros carnavalescos de Power Rangers.
Ou seja, de fiél a He-Man o filme tem muito pouco. Até o próprio herói de Eternia anda munido de uma arma de fogo.

No centro do universo existe o castelo de Greyskull, algures na fronteira entre o Bem e o Mal; quem o controla, controla o Mundo e por isso não convém que caia nas mãos erradas. Mas quando He-Man - Mestres Do Universo começa já o tirano Skeletor (Frank Langella) se apoderou de Greyskull após sangrenta batalha. Na resistência, He-Man junta-se a Teela (Chelsea Field) e ao seu pai (Jon Cypher), para um último assalto contra as forças de Skeletor. Para isso, servem-se de uma passagem secreta que liga a casa de um ferreiro anão, Gwildor (Billy Barty), ao castelo de Greyskull(!). A empresa corre mal e a única escapatória é fugir através de um portal dimensional, que os transporta até a um mundo de penteados terríveis e música ordinária - os anos 80.

Falar de He-Man - Mestres Do Universo é enumerar os seus aspectos negativos. Ou seja, em He-Man - Mestres Do Universo tudo é mau. O orçamento limitado transforma o filme em algo de Ed Wood, que o realizador Gary Goddard faz de o favor de comprovar, ao manter cenas em que os cenários tremem, os actores tropeçam, ou as roupas se rasgam. Depois não há actores figurantes, o que faz parecer que a California é um deserto desabitado. E como se não chegasse, o filme abusa ainda dos efeitos especiais da época, que nem o meu spectrum faria melhor.

Dolph Lundrgen é Dolph Lundgren, ostentando os seus músculos e abanando uma espada sobre a cabeça, numa interpretação física tão má quanto a dos seus companheiros, Courtney Cox incluída. O único que se safa é Frank Langella, que dá algum respeito ao filme na pele do déspota Skeletor, uma caricatura mal amanhada de Darth Vader (com direito a uma faixa sonora só para si e tudo), cuja caracterização facial lhe permite falar sem mexer a boca. Há ainda um anão, Gwildor (Billy Barty), que merece referência: a sua presença no filme é semelhante à de C3PO e R2-D2 em Star Wars - Guerra Das Estrelas: o comic relief. Mas aqui é algo tão nonsense, que faz questionar o que se passa de errado na cabeça doentia do realizador.

He-Man - Mestres Do Universo é oficialmente o pior filme que já vi até hoje, algo mau demais para ser verdade e que ainda por cima é turtuosamente longo. E a única coisa positiva que consigo encontrar para dizer é que tem a presença de Purple Haze na banda-sonora. Obviamente, um Pão Com Manteiga.

Posted by: dermot @ 6:01 da tarde
|  




domingo, agosto 21, 2005  

A RAÍNHA AFRICANA:

Título: The African Queen
Realizador: John Huston
Ano: 1951


A época de ouro de Hollywood produziu muitos dos mais belos romances da história do cinema; um deles foi A Raínha Africana, realizado por um dos mais americanos dos realziadores norte-americanos, John Huston, e que juntou pela única vez, duas das mais glamourosas estrelas de sempre, Humphrey Bogart e Katharine Hepburn.

Adaptado do romance homónimo de C.S. Forester, A Raínha Africana passa-se em 1914, no início da I Guerra Mundial; no entanto, decorre longe do circo da guerra, em pleno continente africano, mais propriamente, na África alemã. Aí, Rose Sayer (Katharine Hepburn) vive com o seu irmão, o reverendo Samuel Sayer (Robert Morley), onde tentam em conjunto, passar a palavra de Deus ao povo africano. Quando a guerra eclode no velho continente e chega a terras africanas, Rose vai ficar sozinha no meio de África e a sua única saída vai ser o The African Queen, um pequeno barco a vapor, comandado pelo carteiro Charlie Allnut(Humphrey Bogart). Mas a viagem rio abaixo é mais complicada do que parece.

A Raínha Africana é um drama com contornos de romance, mascarado numa imensa jornada digna do mais emociante filme de aventuras de uma matiné domingueira. Ao longo do rio Ulama, John Huston cria uma perigosa empresa, em que são colocados em jogo vários binómios contraditórios: dois inadptados que não se aturam irão conviver obrigatoriamente um com o outro, até descobrirem que os opostos se atraem. Mas depois também há a inoportuna colonização, como se comprova pela deliciosa cena inicial, em que os dois ocidentais tentam "civilizar" os negros através de uma missa calamitosa; ou o confronto desadaptado de dois homens contra a natureza - duas presas às mãos de um caçador impiedoso.

O próprio filme é uma mistura explosiva de estilos: uma aventura perigosa, um romance pouco convencional, um retrato histórico fantástico de África e uma comédia deliciosa de pequenos apontamentos. A fotografia de África é apaixonante, aproveitando ao pormenor a fauna e a flora típica do continente negro, para ilustrar aquele par deveras particular: a ingénua e católica Katharine Hepburn e o rude e bebedor de gin Humphrey Bogart, este último particularmente inspirado, o que lhe valeu o único Óscar da carreira.

A Raínha Africana é um alternativo filme de guerra acerca da I Grande Guerra, que se transforma num dos mais interessantes romances da sétima arte, cruzando uma dupla especial e cheia de química. Peca apenas pela falta de suspense, que uma aventura tão grande exigia. Em compensação, conta com um clímaxe inesquecível, com uma das mais fabulosas citações, quando o capitão alemão declara o par marido e mulher, para depois envia-los para a forca. A Raínha Africana é um McBacon, em que o hamburga está coberto daquela patine cativante dos anos 50 e a alface tem aquela cor esverdeada das fitas antigas.

Posted by: dermot @ 4:52 da tarde
|  




segunda-feira, agosto 15, 2005  

O PROJECTO "DUELO"

Em 2002, os realizadores japoneses Yukihiko Tsutsumi e Ryuhei Kitamura fizeram uma aposta: numa semana, ambos realizariam um filme com um conceito comum, que posteriormente levariam num périplo pelos festivais locais. O que recebesse melhores críticas seria considerado o vencedor.
O conceito do filme era bastante simples: duas pessoas, um local, um duelo, um vencedor. O primeiro assinou 2LDK; o segundo assinou Aragami. O vencedor? Será desvendado no final.

2LDK

Título: 2LDK
Realizador: Yukihiko Tsutsumi
Ano: 2002


Colocadas sobre a mesa as regras do jogo, o realizador Yukihiko Tsutsumi partiu para o desafio. O conceito do filme consistia em colocar duas personagens em confronto num determinado local.
As personagens escolhidas foram duas jovens raparigas, Lana (Maho Nonami) e Nozomi (Eiko Koike); o espaço, o recente apartamento que ambas partilham.

Lana e Nozomi são duas jovens aspirantes a actriz, em busca do mesmo papel de heroína, no mesmo filme. Além destas coincidências dividem ainda o mesmo apartamento, bastante luxuoso diga-se de passagem, que até dá nome ao filme - 2LDK é a tradução japonesa de T4 (2 quartos, uma sala de estar [living room], uma sala de jantar [dinning room] e uma cozinha [kitchen]). E como se ainda não chegasse partilham ainda um sentimento comum entre ambas: um ódio de morte!

As mulheres são terríveis. São seres cínicos, sádicos e hipócritas e Yukihiko Tsutsumi sabia-o. E colocou dois destes seres em confronto.
Frente a frente, ambas escondem o seu desprezo pela outra por trás de uma máscara de cinismo, que o realizador faz cair de quando em vez ao revelar os seus pensamentos, como se de uma sequela de Olha Quem Fala se tratasse.
Lana é uma materialista hipócrita que esconde o seu passado vergonhoso de assassinatos indirectos, traições e filmes pornográficos atrás das jóias caras, as roupas de marcas e os perfumes Channel; Nozomi é uma provinciana virgem, obcecada com a privacidade e com as críticas da sua mãe. Ambas detestam o jeito uma da outra; e se de início ainda o conseguem esconder, no final não se vão fazer rogadas para puxar da serra eléctrica ou do picador de gelo.

2LDK é um filme sádico e sem grandes presunções. Presta-se ao que se propõe, sem rodriguinhos e sem artifícios desnecessários.
O microcosmos criado pelo apartamento é minimalista e, consequentemente, claustrofóbico, o que coloca as personagens em confronto directo mesmo que estas não o queiram. Este sentimento é intensificado com o uso constante de grandes planos por parte do realizador, qual câmara cândida escondida. O filme é um crescendo de suspense, até rebentar num final de jactos de sangue, à boa maneira japonesa.

Duas mulheres, um apartamento onde apenas há a presença de um papagaio (os olhos de Deus, uma vez que o papagaio é considerado pelos peruanos como a encarnação de Deus) e deonde apenas uma das mulheres pode sair viva. Só esta frase é suficiente para justificar o McRoyal Deluxe.



ARAGAMI

Título: Aragami
Realizador: Ryuhei Kitamura
Ano: 2003


Apesar de o conceito ser o mesmo - duas pessoas, um local, um duelo até à morte - a abordagem que Ryuhei Kitamura fez ao projecto Duelo não podia ser mais diferente da de 2LDK. Em Aragami as personagens são dois homens e até o espaço temporal é totalmente distinto - um pouco usual templo no antigo Japão feudal, o que implica logo à partida samurais.

Aragami começa então com a chegada de dois samurais gravemente feridos a um templo perdido numa montanha; dos dois lutadores, apenas um sobrevive (Takao Osawa), graças à boa vontade do sinistro e misterioso anfitrião (Masaya Kato). Este, enquanto se dedicam a um pequeno périplo por algumas bebidas do mundo - sake, vinho e vodka - explica-lhe que é Aragami, o deus da guerra, e que deseja morrer em duelo, cansado da vida aborrecida sem sonhos e cansado da irracionalidade do Mundo e da guerra. Como testemunha, uma mulher (Kanae Uotani), apenas uns olhos vigilantes a tomar conta de que o duelo tem mesmo lugar.

Tal como em 2LDK, também aqui são dispensados todos os caprichos desnecessários ao desenrolar da história do filme: sabemos que há uma guerra lá fora, mas não sabemos qual; sabemos que estamos num templo perdido numa montanha, mas não sabemos aonde... No entanto, enquanto que 2DLK era um filme directo ao assunto, Aragami vai introduzindo novos dados no arumento, à medida que a missiva avança.
Aragami decorre enclausurado num templo japonês muito pouco habitual, como que decorado pelo irmão gémemo maligno de Tim Burton. E reflexo dessa arquitectura sinistra é o seu dono, o temível espadachim Aragami, cuja presença imponente naquele ambiente claustrofóbico faz lembrar Entrevista Com O Vampiro, quando Christian Slater é confrontado com a presença do vampiro.

Fiél ao misticismo oriental, Aragami recorre ainda a vários simbolismos religiosos, num filme cujo principal trunfo é o estilo, criado a partir de uma banda-sonora moderna e com ritmo, de coreografias dignas de Yimou Zhang, da construção perfeita das personagens e de um apurado sentido de humor negro. Além disso, há ainda uma referência deliciosa a Versus, o pouco comum filme de zombies japonês, realizado pelo próprio Kitamura.

Um samurai, um deus da guerra. Um templo esquisito perdido no Japão feudal. Um duelo até à morte. A sinopse não é muito diferente da de 2LDK, mas ambos são tão parecidos quanto a água e o azeite. Aliás, ambos só voltam a encontrar um ponto em comum quando chega a altura de atribuir uma nota final - McRoyal Deluxe.



O VEREDICTO:

Tecnicamente, o resultado final seria um empate. No entanto, como num duelo não podem haver empates, tenho mesmo de escolher um vencedor.
Assim, apesar de 2LDK ser um filme mais fresco e moderno, desenhado a traços finos de ironia e hipocrisia, Aragami acaba por ser o vencedor, por ser um filme mais arrojado e, principalmente, por ser um filme com estilo.

Posted by: dermot @ 5:23 da tarde
|  




sexta-feira, agosto 12, 2005  

9 CANÇÕES:

Título: 9 Songs
Realizador: Michael Winterbottom
Ano: 2004


Já aqui manifestei, mais do que uma vez, o meu desagrado e a minha não concordância em cenas de sexo explícito no cinema. Porque raramente é justificável e a maioria das vezes é gratuito (alguém mencionou Ken Park). Então o que dizer de um filme que faz do sexo explícito o seu conceito?

Sexo, drogas e rock n' roll. Dá-se enfâsa-se ao primeiro e foca-se de vez em quando o terceiro. O segundo também por lá anda, mas muito raramente. Eis 9 Canções. Literalmente.
De forma mais breve, pode-se resumir assim: dois jovens, Matt (Kieran O'Brien) e Lisa (Margo Stilley) conhecem-se (ou pelo menos o narrador diz que sim, porque nós não vemos nada disto) num concerto dos Black Rebel Motorcycle Club e acabam por se envolver numa relação promíscua e bem picante, que partilham por entre outras oito idas a concertos na Brixton Academy. Ou seja: sexo explícito, cena musical, sexo explícito, cena musical, sexo explícito, cena musical...

Podia-se dizer que 9 Canções é um filme sobre uma relação carnal, o instinto selvagem de dois indivíduos que se desejam. Não é amor, é foder. Mas também se podia dizer mil e uma coisas, porque o filme não diz nada. Não há argumento e há apenas diálogos minimalistas.
Também podia dizer que é uma espécie de Último Tango Em Paris, versão voyeur, mas é mais acertado dizer que é algo parecido com a sequela do vídeo perdido da lua-de-mel da Pamela Anderson e do Tommy Lee ou com o malfadado filme da Paris Hilton.

9 Canções foi filmado em suporte digital com um orçamento reduzidíssimo, o que se nota perfeitamente no filme, transformando-o de vez em quando em algo ridículo. Os momentos musicais são bem escolhidos e é sempre bom poder ver excertos de actuações dos Von Blondies, dos Franz Ferdinand ou dos Primal Scream. Mas... e o resto?
Michael Winterbottom já nos habituou à provocação e ao vanguardismo, mas desta vez, por mais que ele diga que tentava uma aproximação ao sexo literário sem tabus, não conseguirá fugir ao rótulo de pretensioso.

9 Canções é chocante, mas também não é um filme pornográfico, porque a sua essência passa completamente ao lado. Mas a sua validade não anda muito longe da nulidade. Safa-se pelos acertados momentos musicais e por uma pérola perdida entre as poucas falas do filme - Apenas os infelizes não sabem dançar. 9 Canções não é bem um filme, assim como uma Hamburga de Choco também não é bem uma refeição.

Posted by: dermot @ 4:18 da tarde
|  




quarta-feira, agosto 10, 2005  

A SOMBRA DO CAÇADOR:

Título: The Night Of The Hunter
Realizador: Charles Laughton
Ano: 1955


Se já atingi a perfeição, porque hei-de continuar a tentar?
Todos nós sabemos que Charles Laughton não realizou mais nenhum filme após A Sombra Do Caçador por este ter sido mal recebido nas salas de cinema, mas bem que podia ter sido esta a verdadeira razão. Com efeito, Laughton almejou alcançar à primeira tentativa aquilo que muitos realizadores não conseguem numa vida inteira de trabalho e dedicação, algo só ao alcance dos predestinados.

A Sombra Do Caçador é um filme atípico, um film noir que não se limita ao género, ultrapassando as barreiras do suspense e desafiando novos limites do terror, numa obra singular com uma perspectiva poética fora do comum - um filme muito à frente da sua época.

Robert Mitchum é Harry Powell, um pastor que tem tatuado numa mão a palavra ódio e na outra a palavra amor, o temível díptico de Deus, demonstrando que, tal como Willy Wonka era mais do que um tarado que oferece chocolates, também aqui nem tudo o que parece é. Harry Powell é um "falso" pastor, com uma interpretação diferente das palavras do Senhor, defendendo uma religião em que convive com o roubo e o assassinato.
Por sua vez, Peter Graves é Ben Harper, um modesto trabalhador da classe baixa, condenado à morte por ter assassinado duas pessoas num assalto a um banco. Cansado de ver as crianças famintas e a pedir de porta em porta, Ben Harper tratou de providenciar um futuro melhor aos seus dois filhos, John (Billy Chapin) e Pearl (Sally Jane Bruce), escondendo o dinheiro que tinha roubado num esconderijo seguro, segredo que apenas partilhou com ambos os rebentos.
Os dois homens conheceram-se na prisão e até ao último fôlego de Ben Harper, Harry Powell tentou arrancar-lhe a confissão deonde tinha escondido o dinheiro. Harper levou o segredo consigo para cova, mas Powell não desistiu de encontrar o tesouro. E quando foi libertado, foi procurar as duas crianças.

Numa interpretação genial de Robert Mitchum, no papel de um demente assassino sobre o disfarce de um respeitável pastor (o lobo sob a pele de um cordeiro), Charles Laughton assinou uma fábula singular e poética.
Apesar do seu registo claustrofóbico e arrepiante, A Sombra Do Caçador não anda longe do registo de fábula infantil, o que não é de estranhar quando o vemos eleito na lista dos filmes que deviam ser obrigatoriamente vistos por todas as crianças - Robert Mitchum é uma sombra ameaçadora na janela do quarto das crianças, um papão que anseia pelas crianças que se portam mal.

Charles Laughton enverda numa deambulação introspectiva, quando lança os jovens fugitivos numa fuga desesperada, numa espécie de road movie em que o alcatrão é substituído pelo curso de um rio, ilustrando essa viagem da mesma forma que Terrence Mallick filma a sua ideia de crescimento do carácter humano em Noivos Sangrentos.
A Sombra Do Caçador é também uma espécie de etapa de amadurecimento das crianças, implícito nessa viagem, que termina numa casa de mulheres que perderam o amor. Nesta fase, o filme assume um carácter assustador, de uma casa sitiada rondada pela sombra ameaçadora do "caçador", a cantar canções de embalar.

Com uma fotografia masgistral, cada plano do filme é inesquecível, em composições poéticas e de enorme significado simbólico. Além disso, a corrente só fica completa com uns elos musicais, algo que na altura não era habitual ver-se.
A Sombra Do Caçador foi um filme mal recebido pelo público na altura, mas facilmente se vê que foi uma obra que nasceu muito antes do seu tempo. Filme de culto automático, é um dos grandes marcos do cinema noir dos anos 50 e uma das portas de entrada para o cinema de suspense e terror dos anos seguintes. Um McRoyal Deluxe não é certamente uma rima muda para esta história mascarada de poema fabular.

Posted by: dermot @ 6:26 da tarde
|  




terça-feira, agosto 09, 2005  

A MARAVILHOSA AVENTURA DE CHARLIE:

Título: Willy Wonka And The Chocolate Factory
Realizador: Mel Stuart
Ano: 1971


Numa altura em que Tim Burton revisitou o clássico da literatura infantil, Charlie And The Chocolate Factory, vale a pena recuperar a primeira adaptação cinematográfica da história de Roald Dahl, antes que caia imerecidamente no esquecimento.
Realizada em 1971 por Mel Stuart, A Maravilhosa Aventura De Charlie imortalizou a personagem de Willy Wonka, através da genial interpretação de Gene Wilder, que tal como na recente adaptação em que a personagem foi fortemente disputada por Marilyn Manson, também na altura Fred Astaire revelou interesse na dita cuja.

O meu ódio por Gene Wilder é proporcional à sua cara de parvo; não é tanto pelas suas qualidades representativas, mas sobretudo por me ter assombrado a juventude cinematográfica, com clássicos como A Mulher De Vermelho ou Lua De Mel Assombrada. No entanto, em A Maravilhosa Aventura De Charlie tenho de dar o braço a torcer: Gene Wilder está perfeito ao encarnar uma das mais memoráveis personagens da sétima arte, numa interpretação contida de um excêntrico e insano citador dos grandes mestres da literatura, que colocado ao lado de Michael Jackson fá-lo parecer um tipo vulgar.

Contudo, tal como o próprio título indica, a história não é tanto sobre Willy Wonka, mas sim sobre Charlie. Peter Ostrum é Charlie, um rapaz pobre, tão pobre, que o seu agregado familiar, privado de uma figura paterna, conta com os quatro avós entravados na mesma cama(!). Charlie divide então o seu tempo entre a escola e o trabalho, mas tal como os jovens da sua idade também tem sonhos. Nem Charles Dickens teria feito melhor.

Quando Willy Wonka anuncia que vai abrir as portas da sua fábrica a cinco sorteados é depsoletado um autêntico frenesim a nível mundial, sem dó nem piedade, com alguns momentos caricatos. E Charlie acaba por ser um dos vencedores.
Convém fazer um aparte para voltar à personagem de Gene Wilder - Wonka não é só uma criança crescida, é também o maior e o melhor fabricante de doces do Mundo. E tal como não se questiona como é que um peixe sabe nadar, também não se questiona como é que Willy Wonka faz os doces.

A visita dos cinco jovens às instalações da fábrica Wonka vai ser uma jornada mágica, um conto moral e uma fábula sobre a infância, a educação e o crescimento.
A fábrica Wonka é o reflexo do seu dono, um lugar imprevisível e louco, de cascatas de chocolate, árvores de gomas e povoado pelos Oompa Loompas, um povo de anões de cara laranja e cabelo verde. No entanto, pairará por todo o filme uma nuvem sinistra, que confere algum negrume à fábula. E não é só devido à presença corrupta de Slugworth. Porque nem tudo o que parece é.

Num ambiente colorido digno de O Feiticeiro De Oz, A Maravilhosa Aventura De Charlie disseca os pecados da infância, projectados nas cinco crianças, deonde Charlie sairá recompensado no final graças ao seu coração bondoso e justo. E como há magia no ar, também há momentos musicais. É aqui, no entanto, que a porca torce o rabo: estes são normalmente frouxos e de parca qualidade musical.

A Maravilhosa Aventura De Charlie é um clássico dentro de um clássico, um filme para toda a família como já não se faz. E só não é nota máxima devido aos tais momentos mugicais. Obrigatório, mesmo sendo um Le Big Mac.

Posted by: dermot @ 6:28 da tarde
|  




quinta-feira, agosto 04, 2005  

CRIME FERPEITO:

Título: Crimen Ferpecto
Realizador: Álex de la Iglesia
Ano: 2004


O realizador espanhol Álex de la Iglesia é um dos realizadores contemporâneos mais admirado aqui neste antro de sabedoria e curiosidade cinéfila. A sua obra, descomprometida e descontraída, mostra sempre um realizador a filmar o que gosta (pequenos caprichos ou paixões de infância, como o universo dos westerns no anterior 800 Balas), que se traduz num cinema divertido, feito por alguém que se diverte realmente ao fazer o que gosta.
Em Crime Ferpeito, Álex de la Iglesia mantem-se igual a si próprio, com um filme incaracterístico, dinâmico e original, sempre fiél ao humor negro.

Rafael Gonzalez (Guillermo Toledo) é o exemplo máximo da auto-estima, um homem com estilo e carisma, fabricado pela globalização. Rafael Gonzalez é o homem mais cool do cinema desde Ferris Bueller, em O Rei Dos Gazeteiros.
Rafael é vendedor de roupa na secção feminina dos armazéns Yeyo's, onde é um autêntico sultão de um harém de mulheres lindas e fatais. No entanto, o seu objectivo é tornar-se chefe de piso e para isso terá de competir com o seu rival, Don Antonio (Luis Varela). No entanto, será este que ganhará na corrida e Rafael só irá conseguir pensar em mata-lo. E se esse crime acontecer mesmo? Para acontecer, terá de ser o crime perfeito!

Crime Ferpeito não é um filme que se insira num determinado estilo; vai-se reinventando e nunca esgota a sua fórmula. O realizador cria um microcosmos cativante, tal como em Terminal Do Aeroporto (aqui, o hiper-mercado substituiu o aeroporto), mas menos radical, para logo depois mudar o registo, primeiro criando um cenário de crime, como em Gosford Park e depois, voltando a retirar o tapete debaixo dos pés, transformando-o num registo de Fim-de-semana Com O Morto. E o que ao princípio era uma tenativa de encobrir um crime, no final será a tentativa de fabricar o crime perfeito, com alvos completamente diferentes.
Esta opção traduz-lhe dinâmica e nunca deixa o espectador conformar-se com o que está a ver - um filme diferente de vinte em vonte minutos.

Crime Ferpeito é uma comédia negra sobre o amor - um jogo do rato e do gato, em que o mínimo descuido pode ser fatal (alguém mencionou Mr. E Mrs. Smith?), tal como a mudança de duas letras altera o perfeito para ferpeito.
Além disso, é ainda uma homenagem a um dos momentos mais geniais de Astérix, O Gaulês - em Os Louros De César, o bonacheirão Obélix passa a história a embebedar-se e a clamar a plenos pulmões "Fepeitamente!".
De Álex de la Iglesia não se esperaria menos do que um McRoyal Deluxe.

Posted by: dermot @ 10:57 da manhã
|  




segunda-feira, agosto 01, 2005  

NOIVOS SANGRENTOS:

Título: Badlands
Realizador: Terrence Malick
Ano: 1973


Terrence Malick é um poeta antes de ser um realizador. E um poeta metódico, em oposição aos poetas espontâneos. Só assim se entende a sua longa carreira de quase quarenta anos de actividade, com apenas três filmes no currículo. Mas três filmes de culto!
Noivos Sangrentos foi o primeiro deles. Caiu como uma bomba em 1973, tornou-se num ícone de culto e transformou Quentin Tarantino, cuja influência é notória nos argumentos que escreveu para Assassinos Natos e True Romance.

O que aconteceria a James Dean, o rebelde sem causa, se lhe tivessem dado uma arma para as mãos? Terrence Malick explicou.
Noivos Sangrentos é a história de Kit Carruthers (Martin Sheen) e Holly Sargis (Sissy Spacek), dois adolescentes caídos em amor numa sociedade a contas com a recessão e o conservadorismo, o que é o mesmo que referir monotonia e depressão. Baseando-se numa dupla de serial killers adolescentes dos anos 50, Malick criou um anti-heróis psicopata apaixonado por uma imberbe ingénua, em que Stallone se inspirou para criar a sua Adriane em Rocky.

As semelhanças com outros road movies de assassinos são por demais evidentes (alguém falou de Assassinos Natos ou Bonnie E Clyde?), mas as semelhanças ficam por aí. Porque se nestes o amor era incondicional e motivação para a depravação imoral, aqui é como uma perdição, qual Adão e Eva.
Numa metáfora circular, Malick mostra-nos um homem rejeitado pela sociedade que encontra no amor a aceitação. Os assassínios tornam-se o seu escape e há medida que o a sua popularidade vai aumentando, o amor de Holly vai desvanecendo-se, até se esgotar.

Terrence Malick encontra no road movie o melhor veículo para expressar a sua obra, com uma macrofotografia e um enquadramento cénico inesquecível, que também usou em Barreira Invisível para retratar o desmoronar da alma humana. E depois utiliza a banda-sonora de forma abismal, sempre no registo clássico, transformando o tema Gassenhauer no hino dos noivos, perpetuado pelos anúncios do whisky JB.

Noivos Sangrentos é um filme de culto, deonde Tarantino espremeu muito do sumo dos seus filmes. Além disso, é um dos mais introspectivos road movies do cinema, assinado pelo mestre da filosofia humana. Aqui sai com um McBacon, mas decerto que me vou arrepender e ficar com fome no final.

Posted by: dermot @ 2:36 da tarde
|  





COTAÇÃO:
10 - Royale With Cheese
9 - Le Big Mac
8 - McRoyal Deluxe
7 - McBacon
6 - McChicken
5 - Double Cheeseburger
4 - Cheeseburger
3 - Caixinha de 500 paus (Happy Meal)
2 - Hamburga de Choco
1 - Pão com Manteiga

TAKE:
Take - cinema magazine | take.com.pt


ARE YOU TALKING TO ME:
DUELO AO SOL
CLARENCE HAD A LITTLE LAMB
GONN1000
BITAITES
ANTESTREIA
CINEBLOG
CINEMA NOTEBOOK
CONTRA CAMPO
ZONA NEGRA
O MELHOR BLOG DO UNIVERSO
A CAUSA DAS COISAS
O MEU PIU PIU
AMARCORD
LAURO ANTÓNIO APRESENTA
SARICES ARTÍSTICAS
A RAZÃO TEM SEMPRE CLIENTE
MIL E UM FILMES
AS IMAGENS PRIMEIRO
A DUPLA PERSONALIDADE
TRASH CINEMA TRASH
SUNSET BOULEVARD
CINEMA XUNGA


ARE YOU TALKIN' TO ME?
cinephilus@mail.pt


CRÍTICAS:
- A Armadilha
- A Arte De Pensar Negativamente
- A Árvore Da Vida
- A Balada de Jack And Rose
- A Bela E O Paparazzo
- A Boda
- À Boleia Pela Galáxia
- A Cabana Do Medo
- A Cela
- A Canção De Lisboa
- A Cara Que Mereces
- A Casa Dos 1000 Cadáveres
- A Casa Maldita
- A Cidade Dos Malditos
- A Ciência Dos Sonhos
- A Comunidade
- A Cor Do Dinheiro
- A Costa Dos Murmúrios
- A Criança
- A Dália Negra
- A Dama De Honor
- A Descida
- A Duquesa
- À Dúzia É Mais Barato
- A Encruzilhada
- A Estrada
- A Estranha Em Mim
- A Frieza Da Luz
- A Fúria Do Dragão
- A História De Uma Abelha
- A Honra Da Família
- A Janela (Maryalva Mix)
- A Lagoa Azul
- A Lenda Da Floresta
- A Liga Dos Cavalheiros Extraordinários
- A Lista De Schindler
- A Lojinha Dos Horrores
- A Mais Louca Odisseia No Espaço
- A Maldição Da Flor Dourada
- A Mansão
- A Maravilhosa Aventura De Charlie
- A Marcha Dos Pinguins
- A Máscara
- A Máscara De Cristal
- A Menina Jagoda No Supermercado
- A Minha Bela Lavandaria
- A Minha Vida Sem Mim
- A Morte Do Senhor Lazarescu
- A Mosca
- A Mulher Do Astronauta
- A Mulher Que Viveu Duas Vezes
- A Múmia
- A Noiva Cadáver
- A Noiva Estava De Luto
- A Origem
- A Outra Margem
- A Paixão De Cristo
- A Pele Onde Eu Vivo
- A Pequena Loja Dos Horrores
- A Prairie Home Companion - Bastidores Da Rádio
- A Presa
- À Procura Da Terra Do Nunca
- A Promessa
- À Prova De Morte
- A Rainha
- A Rai­nha Africana
- A Raiz Do Medo
- A Rapariga Santa
- A Rede Social
- A Religiosa Portuguesa
- A Ressaca
- A Residencial Espanhola
- A Sangue Frio
- A Secretária
- A Semente Do Diabo
- A Senhora Da Água
- A Severa
- A Sombra Do Caçador
- A Sombra Do Samurai
- A Tempestade No Meu Coração
- A Tempo E Horas
- A Torre Do Inferno
- A Turma
- A Última Famel
- A Última Tentação De Cristo
- A Valsa Com Bashir
- A Verdadeira História De Jack, O Estripador
- A Viagem De Chihiro
- A Viagem De Iszka
- A Vida De Brian
- A Vida É Um Jogo
- A Vida É Um Milagre
- A Vida Em Directo
- A Vida Secreta Das Palavras
- A Vila
- A Vítima Do Medo
- A Vizinha Do Lado
- A Volta Ao Mundo Em 80 Dias
- Aberto Até De Madrugada
- Abraços Desfeitos
- Acção Total
- Aconteceu No Oeste
- Across The Universe
- Actividade Paranormal
- Acusado
- Adam Renascido
- Admitido
- Adriana
- Aelita
- Ágora
- Água Aos Elefantes
- Air Guitar Nation
- Albert, O Gordo
- Aldeia Da Roupa Branca
- Alice
- Alice In Acidland
- Alice No País Das Maravilhas
- Alien - O Oitavo Passageiro
- Aliens - O Reencontro Final
- Alien - A Desforra
- Alien - O Regresso
- Alien Vs. Predador
- Alien Autopsy
- Alma Em Paz
- Almoço De 15 De Agosto
- Alphaville
- Alta Fidelidade
- Alta Golpada
- Alta Tensão
- Alucinação
- Amália
- Amarcord
- American Movie
- American Splendor
- Amor À Queima-Roupa
- Amor De Verão
- Amor E Corridas
- Amor E Vacas
- Amor Em Las Vegas
- Amor Ou Consequência
- And Soon The Darkness
- Angel-A
- Animal
- Annie Hall
- Anónimo
- Antes Do Anoitecer
- Antes Que O Diabo Saiba Que Morreste
- Anticristo
- Anvil! The True Story of Anvil
- Anytinhig Else - A Vida E Tudo Mais
- Appaloosa
- Apocalypto
- Aquele Querido Mês De Agosto
- Aracnofobia
- Aragami
- Arizona Dream
- Armin
- Arséne Lupin - O Ladrão Sedutor
- As Asas Do Desejo
- As Aventuras De Jack Burton Nas Garras Do Mandarim
- As Aventuras De Tintim - O Segredo Do Licorne
- As Aventuras Do Príncipe Achmed
- As Bandeiras Dos Nossos Pais
- As Bonecas Russas
- As Canções De Amor
- As Crónicas De Narnia - O Leão, A Feiticeira E O Guarda-Roupa
- As Diabólicas
- As Ervas Daninhas
- As Invasões Bárbaras
- As Lágrimas Do Tigre Negro
- As Leis Da Atracção
- As Noites Loucas Do Dr. Jerryll
- As Penas Do Desejo
- As Tartarugas Também Voam
- As Vidas Dos Outros
- Aberto Até De Madrugada
- Assalto À Esquadra 13 (1976)
- Assalto À Esquadra 13 (2005)
- Assalto Ao Santa Maria
- Assassinos Natos
- Ata-me
- Até Ao Inferno
- Até Ao Limite Do Terror
- Atraídos Pelo Crime
- Através Da Noite
- Attack Of The 50 Foot Woman
- Aurora
- Austrália
- Autocarro 174
- Avatar
- Aviva, Meu Amor
- Aztec Rex
- Azul Metálico

- Babel
- Backbeat, Geração Inquieta
- Balas E Bolinhos - O Regresso
- Balbúrdia No Oeste
- Bando À Parte
- Baraka
- Barbarella
- Barreira Invisí­vel
- Batman
- Batman Regressa
- Batman - O Início
- Be Cool
- Beijing Bastards
- Belleville Rendez-Vouz
- Bem-vindo À Zombieland
- Bem-vindo Ao Norte
- Berlin 36
- Birth - O Mistério
- Biutiful
- Black Sheep
- Black Snake Moan - A Redenção
- Blade Runner - Perigo Iminente
- Blueberry
- Boa Noite E Boa Sorte
- Bobby Darin - O Amor É Eterno
- Body Rice
- Bombom
- Bom Dia Noite
- Bom Dia Vietnam
- Bonnie E Clyde
- Boogie Nights
- Borat
- Brasil - O Outro Lado Do Sonho
- Breakfast On Pluto
- Brincadeiras Perigosas (2007)
- Brisa De Mudança
- Bronson
- Bruce, O Todo-poderoso
- Bruiser - O Rosto Da Vingança
- Bruno
- Buffalo 66
- Bubba Ho-Tep
- Bullit
- Bunker Palace Hotel
- Buried
- Busca Implacável
- Bz, Viagem Alucinante

- Cadillac Records
- Cães Danados
- Cães De Palha
- Café E Cigarros
- Call Girl
- Camino
- Capitão Alatriste
- Capitão América - O Primeiro Vingador
- Capote
- Carrie
- Cartas Ao Padre Jacob
- Cartas De Iwo Jima
- Casa De Loucos
- Casablanca
- Casino Royale
- Catwoman
- Cavalo De Guerra
- Cemitério Vivo
- Censurado
- Centurion
- Charlie E A Fábrica De Chocolate
- Che - Guerrilha
- Che - O Argentino
- Chemical Wedding
- Chéri
- Chinatown
- Chocolate
- Choke - Asfixia
- Chovem Almôndegas
- Christine - O Carro Assassino
- Cidade Fria
- Cinco Dias, Cinco Noites
- Cinema Paraíso
- Cinerama
- Cisne Negro
- Clube De Combate
- Coco Avant Chanel
- Coisa Ruim
- Cold Mountain
- Cold Weather
- Colete De Forças
- Colisão
- Com Outra? Nem Morta!
- Comboios Rigorosamente Vigiados
- Comer Orar Amar
- Complexo - Universo Paralelo
- Conan, O Bárbaro
- Contrato
- Control
- Controle
- Coração De Cavaleiro
- Coração De Gelo
- Coração Selvagem
- Corações De Aço
- Coragem De Mãe: Confrontando O Autismo
- Corre Lola Corre
- Correio De Risco
- Correio De Risco 3
- Corrida Contra O Futuro
- Corrupção
- Cozinhando A História
- Crank - Veneno No Sangue
- Crank - Alta Voltagem
- Cremaster
- Crime Ferpeito
- Crippled Masters
- Cristóvão Colombo - O Enigma
- Crónica Dos Bons Malandros
- Crueldade Intolerável
- Cubo
- Culture Boy
- Cypher
- Cyrano de Bergerac (1950)

- Daisy Town
- Dallas
- Danny The Dog - Força Destruidora
- Daqui P'ra Frente
- Dark City - Cidade Misteriosa
- De Cabeça Para Baixo
- De Homem Para Homem
- De Olhos Abertos
- De Olhos Bem Fechados
- De Sepultura Em Sepultura
- De Tanto Bater O Meu Coração Parou
- De-Lovely
- Delhi Belly
- Dead Snow
- Death Race 2000
- Deixa-me Entrar
- Delicatessen
- Demolidor - O Homem Sem Medo
- Dentro Da Garganta Funda
- Depois Do Casamento
- Destruir Depois De Ler
- Diamante De Sangue
- Diário Dos Mortos
- Diários De Che Guevara
- Dias De Futebol
- Dick E Jane - Ladrões Sem Jeito
- Dictado
- Die Hard 4.0 - Viver Ou Morrer
- Die You Zombie Bastards!
- Dogma
- Domino
- Don Juan DeMarco
- Donnie Brasco
- Doom - Sobrevivência
- Doomsday - Juízo Final
- Dorian Gray
- Dot.Com
- Dr. Estranhoamor
- Drácula 2001
- Drácula De Bram Stoker
- Drive - Risco Duplo
- Dreamgirls
- Duas Mulheres

- É Na Terra Não É Na Lua
- Easy A
- Easy Rider
- Eduardo Mãos De Tesoura
- Efeito Borboleta
- El Mariachi
- El Topo
- Ela Odeia-me
- Eles
- Eles Vivem
- Elvis
- Em Bruges
- Em Busca Da Felicidade
- Em Carne Viva
- Em Liberdade
- Em Nome De Caim
- Em Nome De Deus
- Em Paris
- Em Privado
- Embargo
- Encarnação Do Demónio
- Encontros Em Nova Iorque
- Encrenca Dupla
- Encurralada
- Ensaio Sobre A Cegueira
- Enterrado Na Areia
- Entre Os Dedos
- Entrevista
- Equilibrium
- Era Uma Vez No México
- Eraserhead - No Céu Tudo É Perfeito
- Escola De Criminosos
- Escolha Mortal
- Esporas De Aço
- Estado De Guerra
- Estamos Vivos
- Este É O Meu Lugar
- Este País Não É Para Velhos
- Estômago
- Estrada Perdida
- Estranhos
- Estrellita
- Eu Amo-te Phillip Morris
- Eu, Peter Sellers
- Eu Sou A Lenda
- Eu Sou Evadido
- Eu, Tu E Todos Os Que Conhecemos
- Everything Must Go
- Evil Dead - A Noite Dos Mortos-Vivos
- Evil Dead 2 - A Morte Chega De Madrugada
- Evil Dead 3 - O Exército Das Trevas
- Ex-Drummer
- Exterminador Implacável 1
- Exterminador Implacável 2 - O Dia Do Julgamento Final
- Exterminador Implacável 3 - Ascensão Das Máquinas
- Exterminador Implacável 4 - A Salvação

- Factory Girl - Quando Edie Conheceu Warhol
- Factotum
- Fados
- Fahrenheit 9/11
- Falso Alarme
- Fando E Lis
- Fantasmas De Marte
- Fargo
- Faster, Pussycat! Kill! Kill!
- Fausto 5.0
- Favores Em Cadeia
- Felicidade
- Feliz Natal
- Férias No Harém
- Festival Rocky De Terror
- Ficheiros Secretos: Quero Acreditar
- Fim De Ano Em Split
- Fim-De-Semana Alucinante
- Final Cut - A Última Memória
- Fish Tank
- Florbela
- Flores Partidas
- Fome
- Footloose - A Música Está Do Teu Lado
- Força Delta
- Forrest Gump
- Freddy Vs. Jason
- Frenético
- Frida
- Frost/Nixon
- Fruto Proibido
- Fuga De Los Angeles
- Fuga Para A Vitória
- Fur - Um Retrato Imaginário De Diane Arbus
- Fúria Cega
- Fúria De Viver
- Fúria Silenciosa

- Gabrielle
- Gainsbourg - Vida Heróica
- Gang Dos Tubarões
- Gangs de Nova Iorque
- Garden State
- Génova
- GI Joe - O Ataque Dos Cobra
- Godzilla
- Goodbye Lenine!
- Gosford Park
- Gothika
- Gran Torino
- Grande Mundo Do Som
- Gremlins
- Grizzly Man
- Gru - O Maldisposto
- Guerra Dos Mundos (2005)
- Guerra Dos Mundos (1953)

- Há Lodo No Cais
- Hairspray
- Half Nelson - Encurralados
- Hard Candy
- Harley Davidson E O Cowboy Do Asfalto
- Harold E Maude
- Harry Brown
- Haverá Sangue
- Hawai Azul
- He-Man - Mestres Do Universo
- Head On - A Esposa Turca
- Heartbreak Hotel
- Hell Ride
- Hellboy
- Hellboy 2: O Exército Dourado
- Helter Skelter - O Caso De Sharon Tate
- Henry E June
- Hereafter - Outra Vida
- Hiena
- História De Duas Irmãs
- História De Um Fotógrafo
- Hobo With A Shotgunbr> - Hollywood Ending
- Homem Aranha
- Homem Aranha 2
- Homem Aranha 3
- Homem De Ferro
- Homem Demolidor
- Homem Em Fúria
- Homens De Negro
- Homens De Negro 2
- Homens Que Matam Cabras Só Com O Olhar
- Hostel
- Hostel 2
- Hot Fuzz - Esquadrão De Província
- Howl - Grito
- Hugo

- I Am Sam - A Força Do Amor
- I Spit On Your Grave
- I'll See You In My Dreams
- Iluminados Pelo Fogo
- I'm Still Here
- I Wanna Hold Your Hand
- Imitação Da Vida
- Imortal
- In Search Of A Midnight Kiss
- Indiana Jones E O Reino Da Caveira De Cristal
- Indomável
- Infiltrado
- Inimigos Públicos
- INLAND EMPIRE
- Inquietos
- Insidioso
- Insónia
- Intervenção Divina
- Intriga Internacional
- Invictus
- Irmão, Onde Estás?
- It
- It Might Get Loud
- Italian Spiderman

- Jack Ketchum's The Girl Next Door
- Jackass 2
- Jackass 3D
- Jackie Brown
- Jacuzzi - O Desastre Do Tempo
- James Bond - Agente Secreto
- James Bond - Casino Royale
- James Bond - Quantum Of Solace
- Janela Indiscreta (1954)
- Janela Indiscreta (1998)
- Janela Secreta
- JCVD
- Joga Como Beckham
- John Rambo
- Jonestown - The Life And Death Of Peoples Temple
- Jovens Rebeldes - A Verdadeira História
- Julgamento
- Julie E Julia
- Juno
- Juventude Em Marcha
- Juventude Tardia

- Kalifórnia
- Kandahar
- Karate Kid
- Katyn
- Kenny
- Kick Ass - O Novo Super-herói
- Kids - Miúdos
- Kill Bill vol.2
- King Kong (2005)
- Kiss Kiss Bang Bang
- Kiss Me
- Klimt
- Kopps
- Kung-Fu-Zão
- Kung Pow - Punhos Loucos

- La Jetée
- La Vie En Rose
- Ladrões
- Lady Snowblood
- Laranja Mecânica
- Last Days - Os Últimos Dias
- Lavado Em Lágrimas
- Lemmy
- Léon, O Profissional
- Lichter
- Lindas Encrencas As Garotas
- Lobos
- Longe Da Terra Queimada
- Lost In Translation - O Amor É Um Lugar Estranho
- Lua De Mel, Lua De Fel
- Lucifer Rising
- Lucky Luke
- Lucky Number Slevin - Há Dias De Azar

- M - Matou!
- Má Educação
- Machete
- Madrigal
- Maldito United
- Mamma Mia
- Manhattan
- Manô
- Mamonas Pra Sempre
- Mar Adentro
- Maria E As Outras
- Marie Antoinette
- Marjoe
- Marte Ataca!
- Matança De Natal
- Match Point
- Matou A Família E Foi Ao Cinem
- McQuade, O Lobo Solitário
- Meia-Noite Em Paris
- Meio Metro De Pedra
- Melancolia
- Melinda E Melinda
- Menina
- Mephisto
- Metrópolis
- Meu Nome É Bruce
- Miami Vice
- Milhões
- Milk
- Millenium 1. Os Homens Que Odeiam As Mulheres
- Million Dollar Baby - Sonhos Vencidos
- Minha Mãe
- Minha Terra
- Misery - Capí­tulo Final
- Missão A Marte
- Missão Impossí­vel 3
- Missão Impossível - Missão Fantasma
- Missão Solar
- Mistérios De Lisboa
- Momentos Agradáveis
- Moneyball - Jogada De Risco
- Monsters - Zona Interdita
- Monstro
- Monty Phyton E O Cálice Sagradi
- Morte Cerebral
- Morte De Um Presidente
- Movimentos Perpétuos
- Mr. E Mrs. Smith
- Mrs. Henderson Presents
- Muito Bem, Obrigado
- Mulholland Drive
- Mundo Fantasma
- Mundos Separados
- Munique
- Murderball - Espírito De Combate
- Murish
- Mutilados
- Mysterious Skin

- Na Cama
- Nacho Libre
- Não Estou Aí
- Napoleon Dynamite
- Nas Costas Do Diabo
- Nas Nuvens
- Needle
- Nico: À Margem Da Lei
- Ninguém Sabe
- Nixon
- No Limite Do Amor
- No Vale De Elah
- Noite De Agosto
- Noite Escura
- Noivos Sangrentos
- Nome De Código: Cloverfield
- Northfork
- Nosferatu, O Vampiro
- Nothing
- Nova Iorque 1997
- Nove Raínhas
- Nunca Digas Sim

- O Acontecimento
- O Agente Da Broadway
- O Lugar Do Morto
- O Americano
- O Amor Acontece
- O Anjo Exterminador
- O Anti-Pai Natal
- O Artista
- O Assassínio De Jesse James Pelo Cobarde Robert Ford
- O Assassí­nio De Richard Nixon
- O Batedor
- O Bom Alemão
- O Bom, O Mau E O Vilão
- O Cabo Do Medo
- O Caminho De São Diego
- O Cão, O General E Os Pássaros
- O Capacete Dourado
- O Castelo Andante
- O Castor
- O Cavaleiro Das Trevas
- O China
- O Cobrador
- O Código Da Vinci
- O Comboio Dos Mortos
- O Comboio Mistério
- O Condenado
- O Couraçado Potemkin
- O Cowboy Da Meia-Noite
- O Crepúsculo Dos Deuses
- O Dedo De Deus
- O Delator!
- O Demónio
- O Despertar Da Besta
- O Despertar Da Mente
- O Deus Da Carnificina
- O Deus Elefante
- O Dia Em Que A Terra Parou (1951)
- O Dia Em Que A Terra Parou (2008)
- O Dia Da Besta
- O Discurso Do Rei
- O Enigma Do Espaço
- O Estranho Caso De Benjamin Button
- O Estranho Mundo De Jack
- O Evangelho Segundo São Mateus
- O Exorcista
- O Fatalista
- O Feiticeiro De Oz
- O Feitiço Do Tempo
- O Fiél Jardineiro
- O Gabinete Das Figuras De Cera
- O Gabinete Do Dr. Caligari
- O Gato Das Botas
- O Génio Do Mal (1976)
- O Grande Peixe
- O Grande Ditador
- O Guerreiro
- O Homem Duplo
- O Homem Que Copiava
- O Homem Que Sabia Demasiado
- O Homem Que Veio Do Futuro
- O Idealista
- O Jogo
- O Júri
- O Imperador Da Califórnia
- O Inquilino
- O Justiceiro Da Noite
- O Labirinto Do Fauno
- O Laço Branco
- O Lado Selvagem
- O Lago Perfeito
- O Leopardo
- O Livro Negro
- O Lobo Do Mar
- O Macaco De Ferro
- O Maquinista
- O Marinheiro De Água Doce
- O Menino De Ouro
- O Meu Tio
- O Milagre De Berna
- O Milagre Segundo Salomé
- O Mistério Galindez
- O Monstro Da Lagoa Negra
- O Mundo A Seus Pés
- O Nevoeiro (1980)
- O Ofício De Matar
- O Olho
- O Orfanato
- O Paciente Inglês
- O Padrinho - Parte I
- O Padrinho - Parte II
- O Padrinho - Parte III
- O Panda Do Kung Fu
- O Panda Do Kung Fu 2
- O Pesadelo De Darwin
- O Pistoleiro Do Diabo
- O Planeta Selvagem
- O Pó Dos Tempos
- O Portador Da Espada
- O Presidiário
- O Prisioneiro Do Rock
- O Protegido
- O Próximo A Abater
- O Quinto Elemento
- O Quinto Império
- O Regresso
- O Rei Dos Gazeteiros
- O Reino Proibido
- O Ritual
- O Ritual Dos Sádicos
- O Sabor Do Amor
- O Sargento Da Força Um
- O Segredo A Brokeback Mountain
- O Segredo De Um Cuscuz
- O Segredo Dos Punhais Voadores
- O Selvagem
- O Sentido Da Vida
- O Sétimo Selo
- O Sítio Das Coisas Selvagens
- O Sonho Comanda A Vida
- O Sonho De Cassandra
- O Sorriso De Mona Lisa
- O Tempo Do Lobo
- O Tesouro Da Sierra Madre
- O Tigre E A Neve
- O Tio Boonmee Que Se Lembra Das Suas Vidas Anteriores
- O Triunfo Da Vontade
- O Turista
- O Último Airbender
- O Último Grande Herói
- O Último Rei Da Escócia
- O Último Tango Em Paris
- O Último Voo Do Flamingo
- O Vingador Tóxico
- O Wrestler
- Ocean's Eleven - Façam As Vossas Apostas
- Odete
- Oldboy - Velho Amigo
- Olho Mágico
- Oliver Twist
- Ônibus 174
- Orca
- Órfã
- Os Amantes Regulares
- Os Amigos De Alex
- Os Bons E Os Maus
- Os Caça-Fantasmas
- Os Cavaleiros Do Asfalto
- Os Chapéus De Chuva De Cherburgo
- Os Cinco Venenos
- Os Clãs Da Intriga
- Os Condenados De Shawshank
- Os Descendentes
- Os Edukadores
- Os Famosos E Os Duendes Da Morte
- Os Filhos Do Homem
- Os Friedmans
- Os Guardiões Da Noite
- Os Homens Preferem As Loiras
- Os Imortais
- Os Inadaptados
- Os Índios Apache
- Os Invisíveis
- Os Irmãos Grimm
- Os Limites Do Controlo
- Os Marginais
- Os Mercenários
- Os Miúdos Estão Bem
- Os Novos Dez Mandamentos
- Os Olhos Da Serpente
- Os Olhos Sem Rosto
- Os Onze De Oceano
- Os Optimistas
- Os Pássaros
- Os Produtores (2005)
- Os Psico-Detectives
- Os Rapazes Da Noite
- Os Rapazes Não Choram
- Os Renegados Do Diabo
- Os Rutles - All You Need Is Cash
- Os Selvagens Da Noite
- Os Simpsons - O Filme
- Os Sonhadores
- Os Sorrisos Do Destino
- Os Super-Heróis
- Os Supeitos Do Costume
- Os Três Enterros De Um Homem
-Os Visistantes Da Idade Média
- Os 300 Espartanos

- Pagafantas
- Palpitações
- Papillon
- Para Onde O Vento Sopra
- Parada De Monstros
- Paraíso, Inferno... Terra
- Paranoid Park
- Paris Je T'Aime
- Party Monster
- Pecados Íntimos
- Pele
- Pequenas Mentiras Entre Amigos
- Performance
- Perigo Na Noite
- Perto Demais
- Pesadelo Em Elm Street
- Pink Floyd The Wall
- Piranha 3D
- Piratas Das Caraíbas - O Mistério do Pérola Negra
- Piratas Das Caraí­bas - O Cofre Do Homem Morto
- Piratas Das Caraíbas - Nos Confins Do Mundo
- Planeta Dos Macacos
- Planeta Dos Macacos: A Origem
- Planeta Terror
- Plano 9 Dos Vampiros Zombies
- Polaróides Urbanas
- Polí­cia Sem Lei (1992)
- Polícia Sem Lei (2009)
- Poltergeist, O Fenómeno
- Ponto De Mira
- Por Favor Rebobine
- Por Favor Não Me Morda O Pescoço
- Porcos & Selvagens
- Posto Fronteiriço
- Precious
- Predadores
- Presente De Morte
- Preto E Branco
- Primer
- Príncipe Da Pérsia - As Areias Do Tempo
- Procurado
- Profissão: Repórter
- Promessas Proibidas
- Proposta Indecente
- Proteger
- Psico
- Psicopata Americano
- Pulp Fiction
- Pulsação Zero
- Punch-Drunk Love - Embriagado De Amor
- Purana Mandir
- Purple Rain

- Quando Viste O Teu Pai Pela Última Vez
- Quarentena
- Quarteto Fantástico (1994)
- Quarteto Fantástico (2005)
- Quase Famosos
- Quatro Noites Com Anna
- Que Lugar Maravilhoso
- Que Se Mueran Los Feos
- Queijo E Marmelada
- Quem Quer Ser Bilionário
- Querida Famí­lia
- Querida Wendy

- R
- Rapariga Com Brinco De Pérola
- Rare Exports
- Ratatui
- Ratos Assassinos
- Ray
- [Rec]
- [REC]2
- Red Eye
- Relatório Kinsey
- Relatório Minoritário
- Religulous - Que O Céu Nos Ajude
- Relíquia Macabra
- Renascimento
- Resident Evil: Apocalypse
- Rio
- Rio Bravo
- Rock De Fogo
- Rock, Rock, Rock
- Rocknrolla - A Quadrilha
- Rocky Balboa
- Roger E Eu
- Roma
- Romance E Cigarros
- Roxanne
- RRRrrrr!!!
- Rubber - Pneu
- Ruídos Do Além
- Ruivas, Loiras E Morenas
- Rumo À Liberdade
- Ruptura Explosiva

- Sacanas Sem Lei
- Sala De Pânico
- Salazar - A Vida Privada
- Salto Mortal
- Samsara
- Sangue Do Meu Sangue
- Sangue Por Sangue
- Santa Sangre
- Sapatos Pretos
- Save The Green Planet!
- Saw - Enigma Mortal
- Saw II - A Experiência Do Medo
- Saw 3D - O Capítulo Final
- Scoop
- Scott Pilgrim Contra O Mundo
- Seconds Apart
- Seis Indomáveis Patifes
- Sem Ela
- Sem Limites
- Sem Rumo
- Sem Tempo
- Semi-Pro
- Ser E Ter
- Sereia
- Serpentes A Bordo
- Sete Anos No Tibete
- Sete Vidas
- Sexo E A Cidade
- Sgt. Pepper's Lonely Heart Club Band
- Shaolin Daredevils
- Shaolin Soccer - O Ás Da Bola
- Shaolin Vs. Evil Dead
- Shattered Glass - Verdade Ou Mentira
- Sherlock Holmes
- Sherlock Holmes - Jogo De Sombras
- Shining
- Shoot 'Em Up - Atirar A Matar
- Shortbus
- Shrek 2
- Shrek O Terceiro
- Shrek Para Sempre
- Sicko
- Sid And Nancy
- Sideways
- Simpatyhy For Mr. Vengeance
- Sin City - Cidade Do Pecado
- Sinais
- Sinais De Fogo
- Sinais Do Futuro
- Sinais Vermelhos
- Singularidades De Uma Rapariga Loira
- Sky Captain E O Mundo De Amanhã
- Slither - Os Invasores
- Soldados Da Fortuna
- Soldados Do Universo
- Sombras Da Escuridão
- Somewhere - Algures
- Sonho De Uma Noite De Inverno
- Sonny
- Sophie Scholl - Os Últimos Dias
- Soro Maléfico
- Sorte Nula
- Soul Kitchen
- Spartacus
- Spartan - O Rapto
- Splice
- Stacy - Attack Of The Schoolgirl Zombies
- Star Wars - A Ameaça Fantasma
- Star Wars - A Vingança Dos Sith
- Star Wars - O Ataque Dos Clones
- Stardust - O Mistério Da Estrela Cadente
- Stone - Ninguém É Inocente
- Stoned, Anos Loucos
- Submarino
- Super
- Super Baldas
- Super-Homem
- Super-Homem: O Regresso
- Super 8
- Superstar
- Suspeita
- Suspiria
- Sweeney Todd: O Terrível Barbeiro De Fleet Street
- Swimming Pool
- Sword Of Vengeance
- Sympathy For The Devil

- Taking Woodstock
- Tarnation
- Tarzan, O Homem Macaco (1981)
- Taxidermia
- Team America - Polí­cia Mundial
- Tebas
- Tecumseh
- Teeth
- Tempestade Tropical
- Tennessee
- Terra De Cegos
- Terminal De Aeroporto
- Terra Dos Mortos
- Terror Em Setembro
- Terror Na Auto-estrada
- Terror Nas Montanhas
- Tetro
- The Bloodstained Butterfly
- The Brown Bunny
- The Darjeeling Limited
- The Departed: Entre Inimigos
- The Devil And Daniel Johnston - Loucuras De Um Génio
- The Devil's Double
- The First Great Train Robbery
- The Fountain - O Último Capítulo
- The Grudge - A Maldição
- The Host - A Criatura
- The Impossible Kid
- The King Of Kong
- The Langoliers - Meia-Noite E Um
- The Last House On The Left
- The Machine Girl
- The Man From Earth
- The Marine
- The Million Dollar Hotel - O Hotel
- The Mindscape Of Alan Moore
- The Mist - Nevoeiro Misterioso
- The Others - Os Outros
- The Prestige - O Terceiro Passo
- The 50 Worst Movies Ever Made
- The Way
- The Woman
- Thirst - Este É O Meu Sangue
- This Is It
- This Is Spinal Tap
- Thor
- Thriller - A Cruel Picture
- THX 1138
- Tirar Vidas
- Titanic 2
- Tony
- Tournée - Em Digressão
- Toy Story 3
- Tragam-me A Cabeça De Alfredo Garcia
- Transamerica
- Tron
- Tron: O Legado
- Tropa De Elite
- Tropa De Elite 2 - O Inimigo Agora É Outro
- Tsotsi
- Tubarão
- Tubarão 2
- Tubarão 3
- Tubarão IV - A Vingança
- Tucker E Dale Contra O Mal
- Tudo Ficará Bem
- Tudo Pode Dar Certo
- Twisted - Homicídios Ocultos

- Ultra Secreto
- Um Amor De Perdição
- Um Azar Do Caraças
- Um Bater De Corações
- Um Belo Par... De Patins
- Um Cão Andaluz
- Um Dia A Casa Vai Abaixo
- Um Dia De Raiva
- Um Homem Singular
- Um Longo Domingo De Noivado
- Um Lugar Para Viver
- Um Padrasto Para Esquecer
- Um Profeta
- Um Tiro No Escuro
- Um Trabalho Em Itália
- Uma Aventura Na Casa Assombrada
- Uma Boa Mulher
- Uma Canção De Amor
- Uma Espécie De Cavalheiro
- Uma Famí­lia À Beira De Um Ataque De Nervos
- Uma História De Violência
- Uma Pequena Vingança
- Uma Rapariga Com Sorte
- Uma Segunda Juventude
- Uma Segunda Vida
- Undefeatable
- Unseen Evil 2 - Alien 3000
- Up - Altamente

- V De Vingança
- Vai E Vive
- Vais Conhecer O Homem Dos Teus Sonhos
- Valhalla Rising - Destino De Sangue
- Valquíria
- Vampiros de John Carpenter
- Van Helsing
- Vanilla Sky
- Vanitas
- Vasilhame
- Veio Do Outro Mundo
- Veludo Azul
- Velvet Goldmine
- Vencidos Pela Lei
- Vendendo A Pele
- Veneno Cura
- Vera Drake
- Versus - A Ressurreição
- Vestida Para Matar
- Vice
- Vício - Quando Nada É Suficiente
- Vicky Cristina Barcelona
- Vidas Sombrias
- Vigilância
- Vingança Redentora
- Virgem Aos 40 Anos
- Vitus
- Viúva Rica Solteira Não Fica
- Viver A Sua Vida
- Voando Sobre Um Ninho De Cucos
- Voltando Para Casa
- Voltar
- Vontade Indómita
- Voo 93

- Walk Hard - A História De Dewey Cox
- Walk The Line
- WALL-E
- Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme
- Wassup Rockers - Desafios De Rua
- Watchmen - Os Guardiões
- Welcome To The Rileys
- White Irish Drunkers
- Wild Zero
- Win Win
- Wolf Creek
- Wristcutters: A Love Story

- X-Men
- X-Men 2
- X-Men 3 - O Confronto Final
- X-Men: O Início
- X-Men Origens: Wolverine

- Zack E Miri Fazem Um Porno
- Zardoz
- Zatoichi
- Zombies Party - Uma Noite... De Morte
- Zombies Strippers
- Zozo

- 007 - Agente Secreto
- 007 - Casino Royale
- 007 - Quantum Of Solace
- 10 Coisas Que Odeio Em Ti
- 100 Volta
- 10.000 AC
- 12 Homens Em Fúria
- 12 Macacos
- 12:08 A Este De Bucareste
- 1984
- 2LDK
- 24 Hour Party People
- 28 Dias Depois
- 20,13 - Purgatório
- 2012
- 300
- 4 Copas
- 48
- 50/50
- 6=0 Homeostética
- 8 1/2
- 9 Canções
- 98 Octanas


ENTREVISTAS:
- Fernando Fragata
- Festróia - Mário Ventura
- Filipe Melo
- Good N Evil
- IMAGO - Sérgio Felizardo
- José Barahona
- Nuno Markl
- Paulo Furtado
- Rodrigo Areias
- Sara David Lopes
- Solveig Nordlund
- Fernando Alle


TOPES:
- Top 8 dos Melhores Filmes de 2011
- Top 5 dos Piores Filmes de 2011
- Top 10 dos Melhores Filmes de 2010
- Top 5 dos Piores Filmes de 2010
- Top 5 dos filmes de Leslie Nielsen
- Top 10 Dos Filmes Low Cost
- Top 5 das Melhores Cenas de Dança
- Top 8 dos Melhores Filmes de 2009
- Top 5 dos Piores Filmes de 2009
- Top 5 dos Filmes Que Tenho Vergonha De Dizer Que Gosto
- Top 5 das Melhores Músicas de Ennio Morricone
- Top 5 dos filmes com Patrick Swayze
- Top 5 dos Telediscos do Michael Jackson
- Top 5 dos Filmes com David Carradine
- Top 5 dos Filmes com Lutadores de Luta-Livre
- Top 10 Os Melhores Filmes de 2008
- Top 5 Os Piores Filmes de 2008
- Top 5 dos Piores Filmes de Natal
- Top 5 das Coisas que não Esperávamos Ver no Cinema
- Top 5 dos Melhores Filmes de Paul Newman
- Top 5 Personagens Com Palas Nos Olhos
- Top 10 Melhores Cartazes De Cinema
- Top 5 dos Filmes de Chuck Norris
- Top 5 dos Filmes de Patrick Swayze
- Top 10 Os Melhores/Piores Vestidos dos Oscares
- Top 5 As Mortes de Crianças Mais Gratuitas
- Top 10 Os Melhores de 2007
- Top 5 Os Piores de 2007
- Top 7 Adaptações ao Cinema de Livros de Stephen King
- Top 5 Filmes Pela Paz
- Top 5 Os Melhores Beijos
- Top 5 Grandes Arquitectos
- Top 10 Filmes Que Mudaram A Minha Vida
- Top 5 Mulheres de Cabeça Rapada
- Top 5 As Cenas Mais Excitantes
- Top 10 Os Melhores de 2006
- Top 5 Os Piores de 2006
- Top 3 Filmes de Robert Altman
- Top 5 Os Vilões do Cinema
- Top 5 Filmes Com Mick Jagger
- Top 5 Filmes Com Steve Buscemi
- Top 5 Dos Cães no Cinema
- Top 5 Dos Filmes do Indie06
- Top 5 Dos Filmes do Fantas06
- Top 5 dos Presidentes
- Top 10 Os Melhores de 2005
- Top 5 Os Piores de 2005
- Top 5 Filmes com Pat Morita
- Top 10 Os Melhores Filmes Independentes
- Top 5 Os Piores Filmes da Saga Bond
- Top 5 Filmes com Dolph Lundgren
- Top 5 Adaptações de BD Para Cinema
- Top 10 Cenas Mais Assustadoras de Sempre
- Top 5 Vencedores do Óscar
- Top 5 Bond Girls
- Top 5 Filmes Sobre Doenças
- Top 5 Filmes de Natal
- Top 5 Melhores Batalhas Corpo-A-Corpo
- Top 10 Melhores Canções do Cinema
- Top 10 Melhores Filmes de Sempre
- Top 5 Melhores Momentos Musicais
- Top 5 Grandes Duelos do Cinema
- Top 10 Maiores Personagens do Cinema
- Top 5 Piores Momentos da Ficção Cientí­fica
- Top 10 Melhores Momentos da Ficção Cientí­fica
- Top 5 Filmes Religiosos


BAÚ DO TRASH:
- Needle
- Que Se Mueran Los Feos
- Easy A
- Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme
- Saw 3D - O Capítulo Final
- And Soon The Darkness
- Os Imortais
- Purana Mandir
- Pagafantas
- The Bloodstained Butterfly
- Cisne Negro


ROYALE WITH CHEESE APRESENTA:
- A Tasca Da Cultura
- A Causa Das Coisas - parte I
- A Causa Das Coisas - parte II
- A Momentary Lapse Of Reason


FILMES A VER ANTES DE MORRER:
- #1 As Lágrimas Do Tigre Negro
- #2 Alucarda
- #3 Time Enough At Last
- #4 Armageddon
- #5 The Favour, The Watch And The Very Big Fish
- #6 Italian Spiderman
- #7 The Soldier And Death


UMA CURTA POR DIA NÃO SABE O BEM QUE LHE FAZIA:
- 1# Rabbit, de Run Wrake
- 2# Aligato, de Maka Sidibé
- 3# The Cat Concerto, de Joseph Barbera & William Hanna
- 4# A Curva, de David Rebordão
- 5# Batman: Dead End, de Sandy Callora
- 6# O Código Tarantino, de Selton Mello
- 7# Malus, de António Aleixo & Crosswalk, de Telmo Martins
- 8# Three Blind Mice, de George Dunning
- 9# Bedhead, de Robert Rodriguez
- 10# Key To Reserva, de Martin Scorcese
- 11# Bambi Meets Godzilla, de Marv Newland
- 12# The Horribly Slow Murderer with the Extremely Inefficient Weapon, de Richard Gale
- 13# Stolz Der Nation, de Eli Roth
- 14# Papá Wrestling, de Fernando Alle
- 15# Glas, de Bert Haanstra
- 16# Fotoromanza, de Michelangelo Antonioni
- 17# Quem É Ricardo?, de José Barahona
- 17# Terra Incognita, de Peter Volkart


AS MELHORES PIORES CENAS DE SEMPRE:
- A Pior Luta
- A Cena Mais Metida A Martelo
- O Ataque Animal Mais Brutal
- A Perseguição Mais Alucinante
- O Duelo Mais Improvável


CLUBE DE CINEMA DE SETÚBAL:
- Janeiro
- Fevereiro
- Março
- Abril
- Maio
- Setembro
- Novembro


FESTIVAIS:
- 20º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9
- 21º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 22º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10
- 23º Festróia
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10
- 24º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 26º Festróia
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- 12º Caminhos Do Cinema Português
Dia 0 | 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8
- Imago 2006
Dia 1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8

;

Photo Sharing and Video Hosting at Photobucket



BLOCKBUSTERS:

04/01/2004 - 05/01/2004

05/01/2004 - 06/01/2004

06/01/2004 - 07/01/2004

07/01/2004 - 08/01/2004

08/01/2004 - 09/01/2004

09/01/2004 - 10/01/2004

10/01/2004 - 11/01/2004

11/01/2004 - 12/01/2004

12/01/2004 - 01/01/2005

01/01/2005 - 02/01/2005

02/01/2005 - 03/01/2005

03/01/2005 - 04/01/2005

04/01/2005 - 05/01/2005

05/01/2005 - 06/01/2005

06/01/2005 - 07/01/2005

07/01/2005 - 08/01/2005

08/01/2005 - 09/01/2005

09/01/2005 - 10/01/2005

10/01/2005 - 11/01/2005

11/01/2005 - 12/01/2005

12/01/2005 - 01/01/2006

01/01/2006 - 02/01/2006

02/01/2006 - 03/01/2006

03/01/2006 - 04/01/2006

04/01/2006 - 05/01/2006

05/01/2006 - 06/01/2006

06/01/2006 - 07/01/2006

07/01/2006 - 08/01/2006

08/01/2006 - 09/01/2006

09/01/2006 - 10/01/2006

10/01/2006 - 11/01/2006

11/01/2006 - 12/01/2006

12/01/2006 - 01/01/2007

01/01/2007 - 02/01/2007

02/01/2007 - 03/01/2007

03/01/2007 - 04/01/2007

04/01/2007 - 05/01/2007

05/01/2007 - 06/01/2007

06/01/2007 - 07/01/2007

07/01/2007 - 08/01/2007

08/01/2007 - 09/01/2007

09/01/2007 - 10/01/2007

10/01/2007 - 11/01/2007

11/01/2007 - 12/01/2007

12/01/2007 - 01/01/2008

01/01/2008 - 02/01/2008

02/01/2008 - 03/01/2008

03/01/2008 - 04/01/2008

04/01/2008 - 05/01/2008

05/01/2008 - 06/01/2008

06/01/2008 - 07/01/2008

07/01/2008 - 08/01/2008

08/01/2008 - 09/01/2008

09/01/2008 - 10/01/2008

10/01/2008 - 11/01/2008

11/01/2008 - 12/01/2008

12/01/2008 - 01/01/2009

01/01/2009 - 02/01/2009

02/01/2009 - 03/01/2009

03/01/2009 - 04/01/2009

04/01/2009 - 05/01/2009

05/01/2009 - 06/01/2009

06/01/2009 - 07/01/2009

07/01/2009 - 08/01/2009

08/01/2009 - 09/01/2009

09/01/2009 - 10/01/2009

10/01/2009 - 11/01/2009

11/01/2009 - 12/01/2009

12/01/2009 - 01/01/2010

01/01/2010 - 02/01/2010

02/01/2010 - 03/01/2010

03/01/2010 - 04/01/2010

04/01/2010 - 05/01/2010

05/01/2010 - 06/01/2010

06/01/2010 - 07/01/2010

07/01/2010 - 08/01/2010

08/01/2010 - 09/01/2010

09/01/2010 - 10/01/2010

10/01/2010 - 11/01/2010

11/01/2010 - 12/01/2010

12/01/2010 - 01/01/2011

01/01/2011 - 02/01/2011

02/01/2011 - 03/01/2011

03/01/2011 - 04/01/2011

04/01/2011 - 05/01/2011

05/01/2011 - 06/01/2011

06/01/2011 - 07/01/2011

07/01/2011 - 08/01/2011

08/01/2011 - 09/01/2011

09/01/2011 - 10/01/2011

10/01/2011 - 11/01/2011

11/01/2011 - 12/01/2011

12/01/2011 - 01/01/2012

01/01/2012 - 02/01/2012

02/01/2012 - 03/01/2012

03/01/2012 - 04/01/2012

04/01/2012 - 05/01/2012

05/01/2012 - 06/01/2012

06/01/2012 - 07/01/2012

07/01/2012 - 08/01/2012

08/01/2012 - 09/01/2012

09/01/2012 - 10/01/2012

10/01/2012 - 11/01/2012

11/01/2012 - 12/01/2012

12/01/2012 - 01/01/2013

01/01/2013 - 02/01/2013

02/01/2013 - 03/01/2013

03/01/2013 - 04/01/2013

04/01/2013 - 05/01/2013

05/01/2013 - 06/01/2013

06/01/2013 - 07/01/2013

07/01/2013 - 08/01/2013

08/01/2013 - 09/01/2013

09/01/2013 - 10/01/2013

10/01/2013 - 11/01/2013

10/01/2013 - 11/01/2013

11/01/2013 - 12/01/2013

12/01/2013 - 01/01/2014

01/01/2014 - 02/01/2014

02/01/2014 - 03/01/2014

03/01/2014 - 04/01/2014

04/01/2014 - 05/01/2014

05/01/2014 - 06/01/2014

06/01/2014 - 07/01/2014

07/01/2014 - 08/01/2014

08/01/2014 - 09/01/2014